Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/557
Tipo do documento: Dissertação
Título: O projeto a escola vai ao bosque Auguste Saint-Hilaire: atividades lúdicas em um espaço de educação não formal
Título(s) alternativo(s): The project a escola vai ao bosque Auguste Saint-Hilaire: ludic ativity in a non formal space
Autor: FARIA, Rafaella Librelon de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4748737056739943
Primeiro orientador: SHUVARTZ, Marilda
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/7325765815766484
Resumo: O presente estudo tem como objetivo analisar as atividades propostas pelo projeto A Escola vai ao Bosque Auguste Saint-Hilaire além de refletir sobre a importância de espaços não formais e do lúdico para o Ensino de Ciências. O projeto vem sendo desenvolvido desde o ano de 1999, em um espaço de educação não formal localizado na Universidade Federal de Goiás, cidade de Goiânia-GO. Nessa pesquisa optamos pelo método de Estudo de Caso, por se tratar de uma realidade situada que pretendemos descrever, compreender e interpretar as situações ali estabelecidas. As técnicas de levantamento de dados e de evidências utilizadas foram a pesquisa documental e a análise de conteúdo. Nossas análises se voltaram para a compreensão da organização do projeto e das atividades por ele propostas, descritas no Caderno Atividade do Bosque . Foram identificados nas atividades os objetivos, a metodologia e os recursos utilizados. Diante disso, nos deparamos com dois conjuntos de categorias: as que emergiram das atividades e aquelas que surgiram por meio do referencial teórico. O primeiro tipo diz respeito a atividades de Sensibilização ou Experimentação. No segundo, baseado no referencial teórico sobre atividades lúdicas como Brougère (1998;2008), Dohme (2003), Soares (2008), Oliveira (2009), apresentamos as categorias jogos, dramatizações ou atividades de experimentação investigativa lúdica. A análise também propiciou o entendimento de que o Bosque Auguste Saint-Hilaire, enquanto cenário para o desenvolvimento do projeto, pode ser compreendido como sendo um brinquedo. Percebemos que as atividades propostas para esse espaço de ensino apresentam características lúdicas que podem ser compreendidas como um importante aliado para despertar nos alunos interesse e motivação para aspectos de aprendizagem significativa referente ao Ensino de Ciências.
Abstract: The aim of this syudy was to analyze the activities proposed by the project named "A Escola vai ao Bosque Auguste Saint-Hilaire" besides to reflecting how the non formal spaces and the ludic activity could be relevant to the Science Educacation. The project has been developed since the year 1999 in a non formal education space situated on the Universidade Federal de Goiás, Goiânia-GO. In this research we choose the Case Study method, the project describes a located reality that we want to report, understand and interpret the conditions set forth therein. The techniques for data and evidence collection used was document research and content analysis. Our analysis tried to understanding how the project was structured as well as the activities proposed by it, described in "Caderno de Atividades do Bosque". We identified in the activities its objectives, methodology and the recourse used. Given this, we encounter two sets of categories: one that emerged from the activities and other that emerging through the theoretical concepts. The first type concerns the activities of Awareness or Experimentation. In the second, based on the ludic activities theoretical concepts stated by Brougère (1998, 2008), Dohme (2003), Smith (2008), Oliveira (2009), we present the categories Games, Drama or Activities of Investigative Playful Experimentation. The analysis also provided to understanding that the Forest Auguste Saint-Hilaire, as a place to development the project, can also be understood as a plaything. We realize that the activities proposed for this type of education space have ludic peculiarity that can be understood as an important ally to arouse interest and motivation in students to the aspects of meaningful learning for the Science Education.
Palavras-chave: Ensino de Ciências
Espaço não formal
Atividade lúdica
Science Education
non formal space
ludic activity
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Ciências Exatas e da Terra
Programa: Mestrado em Educação em Ciências e Matemática
Citação: FARIA, Rafaella Librelon de. The project a escola vai ao bosque Auguste Saint-Hilaire: ludic ativity in a non formal space. 2011. 145 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/557
Data de defesa: 4-Out-2011
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação em Ciências e Matemática (PRPG)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao rafaella l de faria parte 1.pdf550,77 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.