Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10113
Tipo do documento: Dissertação
Título: Trauma e revolução: uma análise das obras de Jacques-Louis David (1784 a 1799)
Título(s) alternativo(s): Trauma and revolution: an analysis of Jacques-Louis David's works (1784–1799)
Autor: Corso, Sofia
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5155298987614721
Primeiro orientador: Vilela, Ana Lucia Oliveira
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8637723867327380
Primeiro membro da banca: Gomes, Ivan Lima
Segundo membro da banca: Noronha, Márcio Pizarro
Terceiro membro da banca: Fredrigo, Fabiana de Souza
Resumo: Este trabalho tem como objetivo a análise das obras de Jacques-Louis David, pintor referência do estilo Neoclássico, no período de 1784 a 1799. Pretende-se, através de uma leitura interdisciplinar – relacionando arte, história e psicanálise –, compreender as transformações estilísticas observada nas obras como expressão de uma mutação no vínculo entre virtude e terror. A hipótese é que a violência está intrinsicamente relacionada a essas mudanças, como também o trauma causado por ela. A partir do instrumental da psicanálise, conceitos como luto, perlaboração e trauma, serão utilizados para apreender o conflito existente entre as obras pré-revolucionárias de David e as modificações que ocorreram diante do trauma causado pelo Terror. Posteriormente, com a derrocada de Robespierre em 1794, a obra de David se altera novamente e a complexidade dos elementos simbólicos que compõe suas telas também. David é um raro caso de artista que se envolveu diretamente com a Revolução, não apenas para representá-la artisticamente, mas para vivenciá-la. Como sobrevivente do período revolucionário, ele viverá o bastante para reavaliar os acontecimentos. Em 1799, com a exposição da obra As Sabinas, podemos perceber uma significativa mudança na concepção do pintor quanto à função da arte e seu posicionamento quanto aos rumos tomados pela Revolução Francesa.
Abstract: This work aims to analyze the works of Jacques-Louis David, a reference painter of the Neoclassical style, from 1784 to 1799. It is intended, through an interdisciplinary reading - relating art, history and psychoanalysis - to understand the stylistic transformations observed in works as an expression of a mutation in the link between virtue and terror. The hypothesis is that violence is intrinsically related to these changes, as well as the trauma caused by it. From the instruments of psychoanalysis, concepts such as mourning, perlaboration and trauma, will be used to apprehend the conflict between David's pre-revolutionary works and the changes that occurred in the face of the trauma caused by Terror. Subsequently, with the overthrow of Robespierre in 1794, David's work again changes and the complexity of the symbolic elements that make up his paintings as well. David is a rare case of an artist who became directly involved with the Revolution, not only to represent it artistically, but to experience it. As a survivor of the revolutionary period, he will live long enough to reevaluate events. In 1799, with the exhibition of the work The Sabines, we can perceive a significant change in the painter's conception of the function of art and its positioning on the directions taken by the French Revolution.
Palavras-chave: Jacques-Louis David
Neoclassicismo
Trauma
Revolução francesa
Neoclassicism
Trauma
French revolution
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em História (FH)
Citação: CORSO, Sofia. Trauma e revolução: uma análise das obras de Jacques-Louis David (1784 a 1799). 2019. 124 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10113
Data de defesa: 5-Set-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Sofia Corso - 2019.pdf4,08 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons