Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10125
Tipo do documento: Dissertação
Título: O programa “escola sem partido” em Goiânia: implicações e consequências para a educação pública
Autor: Camelo, Edgar Antônio Nery Alves
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/1137402795778131
Primeiro orientador: Martins, Lucineia Scremin
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6636418419069593
Primeiro membro da banca: Martins, Lucineia Scremin
Segundo membro da banca: Sousa, Regina Sueli de
Terceiro membro da banca: Santos, Cleito Pereira dos
Resumo: Essa dissertação tem como objetivo central analisar o “Programa Escola sem Partido” em Goiânia, capital do Estado de Goiás, com o intuito de desvelar como os sujeitos envolvidos tanto na propositura quanto na negação desse projeto, percebem as possíveis implicações e/ou consequências para a sociabilidade goiana. A metodologia priorizou a abordagem qualitativa com o propósito de captar as subjetividades e compreender as implicações e consequências do “Programa Escola sem Partido” em Goiânia. As técnicas metodológicas utilizadas foram questionários aplicados aos educadores da Rede Municipal de Goiânia, bem como, entrevistas semiestruturadas com representante do Movimento Social Direita Goiás, do Movimento Negro Unificado e com o vereador que propôs o “Programa Escola sem Partido” na Câmara Municipal de Goiânia. Utilizamos uma análise conceitual relacionando a categoria de gênero (SAFIOTTI, 2001; 2015) a atual conjuntura brasileira, com suas reformas no âmbito das políticas públicas e discutindo também as consequências do patriarcalismo para os estudos de gênero. O trabalho está dividido em três capítulos. O Capítulo I apresenta uma característica descritiva do Escola Sem Partido (ESP) e tratamos de sua gênese a partir da contribuição de pesquisadores como Penna (2016; 2017) e Frigotto (2016; 2017). Ainda nesse capítulo apresentamos os conteúdos do projeto ESP e um mapa do Coletivo de Professores contra o “Escola se Partido” para ilustrar a dimensão do desenvolvimento desse debate em âmbito nacional. No Capítulo II realiza-se uma análise conceitual voltada aos estudos de gênero (SAFIOTTI, 2001; 2015), bem como intenta refletir também sobre a categoria da ideologia (MARX; ENGELS 2007). O Capítulo III apresenta os resultados das vozes dos nossos entrevistados, as quais analisamos a partir das considerações de Safiotti (2001; 2015) sobre gênero, relacionando-o a atual conjuntura política brasileira, que encontra na “Escola sem Partido” contribuições para uma possível reforma empresarial na educação brasileira (FREITAS, 2018). Nas considerações finais, observou-se a presença de um jogo enunciativo das narrativas que forçosamente complicam a compreensão, não só do projeto em si, mas relacionado à categoria de gênero, o que confunde e afasta qualquer compreensão deste conceito na atual conjuntura. O projeto do ESP utilizou estratégias discursivas como o silogismo, para convencer que a educação pública brasileira possui um problema. E, as implicações deste projeto acarretam na desqualificação da educação pública, da vida humana, o que oportuniza as reformas no âmbito das políticas públicas educacionais, o que acredita-se estar relacionado à tendência da reforma empresarial da educação.
Abstract: This dissertation has as its main aim to analyze the Brazilian Educational Program Escola sem partido – School with no Political Party, in Goiânia, capital of Goiás State, in Brazil, in order to unveil how the individuals involved in both proposing and denying this project, realize the possible implications and/or consequences for Goiás sociability. The methodology prioritized the qualitative approach with the purpose of capturing subjectivities and understanding the implications and consequences of the School with no Political Party Program in Goiânia. The methodological techniques used were questionnaires applied to the educators of the Rede Municipal de Goiânia – Schools maintained by the Goiânia City Hall , as well as semi-structured interviews with representatives of the Movimento Social Direita Goiás – a Right-winged Social Movement, of the Unified Black Movement and with the city councilor who proposed the “School with no Political Party Program” in the Goiânia City Council. We used a conceptual analysis relating the gender category (SAFIOTTI, 2001; 2015) to the current Brazilian conjuncture, with its reforms in public policy; and also discussed the consequences of patriarchalism for gender studies. The work is divided into three chapters. Chapter I presents a descriptive feature of the School with no Political Party (EWNPP) and we deal with its genesis from the contribution of researchers such as Penna (2016; 2017) and Frigotto (2016; 2017). Also, in this chapter we present the contents of the EWNPP project and a map of the Teachers' Collective against the School with no Political Party to illustrate the nationwide extent of the development of this debate. Chapter II presents a conceptual analysis focused on gender studies (SAFIOTTI, 2001; 2015), as well as it intends to reflect on the ideology category (MARX; ENGELS 2007). Chapter III presents the results of the voices of our interviewees, which we analyze from Safiotti's (2001; 2015) considerations on gender, relating them to the current Brazilian political conjuncture, which finds in the School with no Political Party contributions to a possible business reform in Brazilian education (FREITAS, 2018). In the final considerations, it was observed the presence of an enunciative game of narratives that necessarily complicate the understanding, not only of the project itself, but related to the gender category, which confuses and removes any understanding of this concept in the current conjuncture. The EWNPP project used discursive strategies such as syllogism to convince that Brazilian public education has a problem. And, the implications of this project lead to the disqualification of public education and also of human life, which provides the opportunity for reforms in the scope of educational public policies, which is believed to be related to the trend of business education reform.
Palavras-chave: Escola sem partido
Sociologia da educação
Gênero
Ideologia
Reforma empresarial da educação
School with no political party
Gender
Ideology
Business reform of education
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS)
Citação: CAMELO, Edgar Antônio Nery Alves. O programa “escola sem partido” em Goiânia: implicações e consequências para a educação pública. 2019. 135 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10125
Data de defesa: 25-Set-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Edgar Antoônio Nery Alves Camelo - 2019.pdf2,12 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons