Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10271
Tipo do documento: Dissertação
Título: Anarquismo e renovação da cultura: Max Nettlau e o projeto emancipatório na La Revista Blanca
Título(s) alternativo(s): Anarchism and renovation of the culture: Max Nettlau and the emancipatory project in the La Revista Blanca
Autor: Alves, Ricardo Lenard
Currículo Lattes do Autor: lattes.cnpq.br/4538311385729032
Primeiro orientador: Silva, Luiz Sérgio Duarte da
Currículo Lattes do primeiro orientador: lattes.cnpq.br/4317054127961589
Primeiro membro da banca: Silva, Luiz Sérgio Duarte da
Segundo membro da banca: Rago, Luzia Margareth
Terceiro membro da banca: Oliveira, Emerson Divino Ribeiro de
Quarto membro da banca: Penna, Mariana Affonso
Quinto membro da banca: Valle, Ulisses do
Resumo: Esta dissertação analisará o programa emancipatório do periódico espanhol La Revista Blanca (1898/1905 - 1924/1936). A investigação do programa emancipatório na La Revista Blanca (LRB) se realizará na sua positividade, pelas "práticas de liberação e liberdade" (FOUCAULT), com o auxílio do método arqueológico. A ênfase da análise será as publicações de Max Nettlau na LRB. A dissertação se dividirá em três capítulos: 1 - exposição da história do anarquismo de Nettlau; 2 - uma breve análise de cada prática de liberdade e liberação que a LRB apresenta; 3 - análise da prática de liberdade e liberação de Nettlau. Concluiu-se que Nettlau produziu uma prática de liberdade e liberação que ele mesmo chamou de eugenia anarquista, destinava-se a conjurar qualquer manifestação autoritária no campo libertário. A eugenia anarquista se dividiria em dois níveis: 1 - crítica dos obstáculos para a liberdade e; 2 - crítica do anarquismo.
Abstract: This dissertation will analyze the emancipatory program of the Spanish periodical La Revista Blanca (1898/1905 – 1924/1936). The investigation of the emancipatory program in La Revista Blanca (LRB) will be realized by positivity by the “pratices of liberation and freedom” (FOUCAULT), with the aid of the archeological method. The emphasis of the analysis will be on Max Nettlau publication in LRB. The dissertation will be divided into three chapters: 1 – exposition of the history of anarchism of Nettlau; 2 – a brief analysis of each freedom and liberation practice presented by LRB; 3 – analysis of Nettlau practice of freedom and liberation. It was concluded that Nettlau produced a practice of freedom and liberation that he himself called anarchist eugenics, intended to conjure up any authoritarian manifestation in the liberation camp. Anarchist eugenics would be divided into two levels: 1 – criticism of the obstacles to freedom and; 2 – criticism of anarchism.
Palavras-chave: Max Nettlau
La Revista Blanca
Anarquismo
Método arqueológico
Cultura Max Nettlau
La Revista Blanca
Anarchism
Archeological method
Culture
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em História (FH)
Citação: LENARD, R. Anarquismo e renovação da cultura: Max Nettlau e o projeto emancipatório na La Revista Blanca. 2019. 296 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10271
Data de defesa: 3-Out-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Ricardo Lenard Alves - 2019.pdf2,37 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons