Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10354
Tipo do documento: Dissertação
Título: Álbum de família nos perfis criados para filhos(as) no instagram: uma encenação em três atos (2018-2019)
Título(s) alternativo(s): Family album in profiles created for children on instagram: a staging in three acts (2018-2019)
Autor: Alves, Rafael Delfino Rodrigues
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4812932173078683
Primeiro orientador: Fernandes, Ana Rita Vidica
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9011537191118959
Primeiro membro da banca: Fernandes, Ana Rita Vidica
Segundo membro da banca: Borges, Maria Elizia
Terceiro membro da banca: Silva, Ademir Luiz da
Resumo: Esta pesquisa tem o objetivo de colocar o álbum de família em discussão pela perspectiva da encenação. O Instagram é a mídia escolhida para materializar esse estudo, a partir de perfis de bebês criados por suas mães e seus pais nesta rede social. Primeiramente, o trabalho se dedica a apresentar como o álbum de família se constitui na sua forma impressa, posteriormente digital e atualmente como digital on-line. Teoricamente é apresentada a relação entre mídia, comunicação e cultura, para discutir: os processos comunicacionais da fotografia, especificamente do retrato familiar; as diferentes mídias que envolvem a produção e veiculação de uma fotografia (primárias, secundárias e terciárias) e; os hábitos culturais associados à encenação fotográfica (apresentados em três atos – corpo, fotografia e Instagram). Para aplicar essa teoria, um universo de vinte perfis do Instagram, álbuns digitais on-line de bebês, são selecionados, observados e têm suas imagens cruzadas para uma primeira compreensão desse fenômeno nos anos de 2018 e 2019. Em uma segunda etapa, seis perfis destes vinte são selecionados para que seus gestores fossem entrevistados em profundidade para compreender os atos de se encenar em três atos: primeiro ato (mídia primária) a encenação do corpo; segundo ato (mídia secundária) a encenação na fotografia; terceiro ato (mídia terciária) a encenação do Instagram e; o ato extra (particularidades) de cada perfil. Assim, as imagens não são analisadas só nelas mesmas, pois são associados textos e falas de seus próprios criadores. Como orientação conclusiva, espera-se compreender como a encenação fotográfica sobrevive e cria novas camadas de significação para o retrato familiar, dando espessura a uma cultura da imagem que é realizada em três atos no Instagram.
Abstract: This research aims to put the family album under discussion from the perspective of staging. Instagram is the media chosen to materialize this study, based on profiles of babies created by their mothers and fathers in this social media. First, the job is dedicated to presenting how the family album is constituted in its printed form, later on digitally and now as digital online. Theoretically, the relationship between media, communication and culture is presented, to discuss: the communicational processes of photography, specifically the family portrait; the different media that involve the production and placement of a photograph (primary, secondary and tertiary) and; the cultural habits associated with photographic staging (presented in three acts - body, photography and Instagram). To apply this theory, a universe of twenty Instagram profiles, online digital albums of babies, are selected, observed and cross-linked for a first understanding of this phenomenon in the years 2018 and 2019. In a second stage, six profiles of these twenty are selected so that their managers could be interviewed in depth to understand the acts of staging themselves in three acts: first act (primary media) staging the body; second act (secondary media) staging in photography; third act (tertiary media) the staging of Instagram and; the extra act (particularities) of each profile. Thus, the images are not analyzed only in themselves, since texts and speeches of their own creators are associated. As a conclusive guideline, it is expected to understand how the photographic staging survives and creates new layers of meaning for the family portrait, adding thickness to a culture of the image that is carried out in three acts on Instagram.
Palavras-chave: Comunicação
Cultura visual
Retrato fotográfico
Encenação
Mídia
Álbum de família
Instagram
Communication
Visual culture
Photographic portrait.
Acting
Media
Family album
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC)
Citação: ALVES, Rafael Delfino Rodrigues. Álbum de família nos perfis criados para filhos(as) no instagram: uma encenação em três atos (2018-2019). 2019. 241 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10354
Data de defesa: 20-Jan-2020
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Rafael Delfino Rodrigues Alves - 2019.pdf8,41 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons