Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10386
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMartins, Carlos Henrique-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7564192867031425eng
dc.contributor.advisor1Temer, Ana Carolina Rocha Pessôa-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2424054335258827eng
dc.contributor.referee1Temer, Ana Carolina Rocha Pessôa-
dc.contributor.referee2Santos, Marli dos-
dc.contributor.referee3Braga, Claudomilson Fernandes-
dc.date.accessioned2020-03-02T13:37:56Z-
dc.date.issued2020-02-20-
dc.identifier.citationMARTINS, C. H. A cidadania no quadro “O Brasil que eu quero”: análise crítica do discurso sobre telejornalismo e conteúdos colaborativos. 2020. 122 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.eng
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10386-
dc.description.resumoA presente dissertação discute comunicação, telejornalismo e conteúdos colaborativos para subsidiar e ancorar a leitura crítica do quadro “O Brasil que eu quero”, da Rede Globo de Televisão (RGT), lançado em março de 2018 e exibido até setembro de 2018. O projeto da RGT é construído a partir da seguinte pergunta: Qual Brasil você quer para o futuro?”, e surge dentro do telejornalismo da emissora com a promessa de ouvir e veicular (1) um vídeo de cada município brasileiro. A partir dessa proposta, cria-se um hanking das principais necessidades dos brasileiros. Assim, por meio da constatação das inúmeras deficiências no processo de construção da cidadania no Brasil, evidenciada pela própria população ao longo dos vídeos, inicia-se um processo de construção deste trabalho com foco em investigar qual seria o discurso sobre cidadania inserido dentro destes vídeos, com um recorte amostral para apenas os vídeos em que as palavras cidadania ou cidadão aparecem no discurso do falante. Metodologicamente, o trabalho se sustentou na Análise Crítica do Discurso, a partir dos escritos de Fairclough, usando a Análise Tridimensional como suporte para a compreensão dos aspectos qualitativos e subjetivos dos vídeos. A pergunta- problema que norteia esse trabalho é: Qual a construção discursiva do significado de "cidadania e cidadãos" nos vídeos do “O Brasil que eu quero”. Especificamente foram analisados os vídeos em que essas palavras e seus derivativos foram mencionados, sendo que os resultados apontaram um déficit do tema e de seu significado nos vídeos analisados. O termo cidadãos aparece para dar nome ao coletivo, tornando-se sinônimo de conjunto de pessoas. Fica ainda evidente que não há uma consciência sobre o real significado de cidadania, tendo como principais correlações assuntos ligados à política, direito e deveres. O cidadão surge como adjetivo para classificar aquele que está apto a repensar suas atitudes e contribuir para a melhoria do pais a partir de suas próprias ações. Há um silenciamento da região norte, não tendo sido encontrada nenhuma palavra cidadania ou derivativos nos vídeos analisados. O acesso democratizado ao meio de comunicação é possibilidade pela RGT, mas estruturado a partir de normas e critérios da própria emissora, que seleciona os vídeos que serão veiculados.eng
dc.description.abstractThis dissertation discusses communication, television news and collaborative content to support and anchor the critical reading of the painting “O Brasil que eu quero”, by Rede Globo de Televisão (RGT), launched in March 2018 and shown until September 2018. The project of RGT is built from the following question: Which Brazil do you want for the future? ”, and appears within the television news program with the promise of listening and broadcasting (1) a video from each Brazilian municipality. From this proposal, a hanking of the main needs of Brazilians is created. Thus, through the verification of the numerous deficiencies in the process of building citizenship in Brazil, evidenced by the population itself throughout the videos, a process of building this work begins, with a focus on investigating what would be the discourse on citizenship inserted within these videos. , with a sample cut for only the videos in which the words citizenship or citizen appear in the speaker's speech. Methodologically, the work was based on Critical Discourse Analysis, based on Fairclough's writings, using Three-Dimensional Analysis as a support for understanding the qualitative and subjective aspects of the videos. The question-problem that guides this work is: What is the discursive construction of the meaning of "citizenship and citizens" in the videos of "The Brazil I want". Specifically, the videos in which these words and their derivatives were mentioned were analyzed, and the results showed a deficit in the theme and its meaning in the analyzed videos. The term citizens appears to name the collective, becoming synonymous with a group of people. It is also evident that there is no awareness of the real meaning of citizenship, having as main correlations issues related to politics, law and duties. The citizen appears as an adjective to classify those who are able to rethink their attitudes and contribute to the improvement of the country based on their own actions. There is a silence in the northern region, with no word citizenship or derivatives found in the analyzed videos. Democratized access to the means of communication is a possibility for RGT, but structured based on rules and criteria of the broadcaster itself, which selects the videos to be aired.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Franciele Moreira (francielemoreyra@gmail.com) on 2020-02-28T19:14:13Z No. of bitstreams: 2 Dissertaçao - Carlos Henrique Martins - 2020.pdf: 27635759 bytes, checksum: c36977edcae1eafaf5edfc9438a7177c (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2020-03-02T13:37:56Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Dissertaçao - Carlos Henrique Martins - 2020.pdf: 27635759 bytes, checksum: c36977edcae1eafaf5edfc9438a7177c (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2020-03-02T13:37:56Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertaçao - Carlos Henrique Martins - 2020.pdf: 27635759 bytes, checksum: c36977edcae1eafaf5edfc9438a7177c (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2020-02-20eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPqeng
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporeng
dc.publisherUniversidade Federal de Goiáseng
dc.publisher.departmentFaculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)eng
dc.publisher.countryBrasileng
dc.publisher.initialsUFGeng
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Comunicação (FIC)eng
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/-
dc.subjectComunicaçãopor
dc.subjectCidadaniapor
dc.subjectConteúdos colaborativospor
dc.subjectTelejornalismopor
dc.subjectCommunicationeng
dc.subjectCitizenshipeng
dc.subjectCollaborative contenteng
dc.subjectTelejournalismeng
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAOeng
dc.titleA cidadania no quadro “O Brasil que eu quero”: análise crítica do discurso sobre telejornalismo e conteúdos colaborativoseng
dc.title.alternativeCitizenship in the “Tthe Brazil i want” program: critical analysis of the discourse on telejornalism and collaborative contenteng
dc.typeDissertaçãoeng
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertaçao - Carlos Henrique Martins - 2020.pdf26,99 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons