Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10618
Tipo do documento: Dissertação
Título: Narrativas diversas, memórias em disputa: as instituições (Funleide, Suleide e Cara) criadas pelo governo do estado de Goiás após o acidente com o césio-137 (1988-2011)
Título(s) alternativo(s): Different narratives, contested memories: the institutions (Funleide, Suleide and Cara) created by state of Goias government after the accident with cesium-137 (1988-2011)
Autor: Cabral, Larissa Mendanha
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3905822423875174
Primeiro orientador: Langaro, Jiani Fernando
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9918372985460845
Primeiro membro da banca: Langaro, Jiani Fernando
Segundo membro da banca: Gomide, Cristina Helou
Terceiro membro da banca: Souza, Rildo Bento de
Quarto membro da banca: Magalhães, Sônia Maria de
Resumo: Este trabalho analisa as relações entre história e memória presentes nos desdobramentos do acidente com o elemento radioativo Césio-137, ocorrido na cidade de Goiânia, em setembro de 1987. Trata do tema sob novo prisma, com foco no período posterior à tragédia e nas memórias que cercam as instituições criadas pelo governo de Goiás para servir de apoio às vítimas do acidente (Funleide, Suleide e CARA). O objetivo é discutir as memórias engendradas por diferentes agentes e grupos sociais, produzidas em suas relações com essas instituições estaduais. A problemática central desta dissertação indaga como diferentes memórias narram a atuação das instituições estaduais goianas e quais relações de poder e/ou lutas por direitos expressam e ajudam a constituir. Para cumprir com o proposto, recorreu-se a diferentes tipologias de fontes documentais, entre elas a imprensa escrita – jornais e revistas foram de suma importância para a concretização da pesquisa –, documentos oficiais do governo estadual (e das instituições por ele criadas) e outros documentos não-oficiais, como os dossiês elaborados por uma das associações de vítimas do acidente. A reflexão está organizada em três momentos, cada qual orientado por perguntas centrais. No primeiro momento, realiza-se um balanço historiográfico em busca de respostas ao questionamento sobre se ainda cabem pesquisas acadêmicas acerca do tema do acidente com o elemento Césio-137 em Goiânia. Em um segundo momento, indagou-se quais eram os propósitos do governo goiano ao criar a Funleide e como diferentes memórias (oficiais e não-oficiais) narram essa criação e as transformações sofridas pela entidade, assim como os sucessos e insucessos institucionais no alcance das metas inicialmente estipuladas. Em um terceiro momento, questiona-se como as memórias produzidas por associações de vítimas do acidente tratam o atendimento prestado a eles e as lutas por reconhecimento, na justiça, de quem inicialmente não foi considerado “radioacidentado”. Também se reflete sobre um livro de memórias, que traz as narrativas de profissionais que trabalharam nas instituições em tela e que também possuem narrativas críticas a elas. Constatou-se, ao longo da pesquisa, que o período posterior ao acidente é repleto de embates que, muitas vezes, não são reconhecidos pelo Estado. Logo, as divergentes memórias construídas sobre as instituições estudadas situam-se em um campo de disputas, em que se almeja, dentre outras coisas, legitimar políticas públicas ou lutar por direitos.
Abstract: This essay analyzes the relationship between history and memory in the unfolding of the accident with the radioactive element Cesium-137, occurred in the city of Goiania, in September of 1987. It brings to the topic a new vision, putting focus in the time after to the tragedy and in the study of the memories created around the institutions founded by the government of Goias to provide support to the victims of the accident (Funleide, Suleide and CARA). The objective is discussing the memories produced by different agents and social groups, in their relationships with these state institutions. The central problem inquires how different memories remember the operation of those state institutions and what power relationships and/or struggles for rights these reminiscences express and collaborate to build. To achieve the objectives, it uses different kinds of evidences, as such as the written press – newspapers and reviews were especially important to this research –, official documents produced by the state government (or by the institutions founded by it) and others unofficial documents, as such as the dossiers made by one of the accident's victims associations. The reflections are organized in three moments, each one answering specific questions. In the first moment, an historiographic analysis searches answers for a question: is there still space for new academic research about the accident with the element Cesium-137 in Goiania? At a second moment, the question refers to the reasons for Goias government to have founded Funleide and how different memories (official and unofficial) remember the creation, the changes, the successes, and the failures of the entity to reaching its initially goals. In a third moment, the central question revolves around how the memories produced by the associations of victims of the accident treat the care received by them. Also inquires how these remembrances reveal the struggles by recognition, in the justice, by whom initially was not considered “radio injured person”. Finally, it analyzes a memories book, revealing the critic narratives of professionals that worked in the state institutions too. It became clear, with this research, that the time after the accident is full of conflicts that, frequently, are not recognized by the State. On this way, the divergent memories built about the studied institutions are in a space of contest, in which pursue, among other things, to legitimize public policies or to struggle for rights.
Palavras-chave: História e memória
História e cidade
História
Saúde e doença
Radioacidentados
Governo de Goiás
History and memory
History and city
History
Health and sickness
Radio injured person
Government of Goias
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA MODERNA E CONTEMPORANEA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em História (FH)
Citação: CABRAL, L. M. Narrativas diversas, memórias em disputa: as instituições (Funleide, Suleide e Cara) criadas pelo governo do estado de Goiás após o acidente com o césio-137 (1988-2011). 2020. 185 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10618
Data de defesa: 23-Jul-2020
Aparece nas coleções:Mestrado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Larissa Mendanha Cabral - 2020.pdf2,57 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons