Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10772
Tipo do documento: Tese
Título: Influência do ambiente na qualidade de oócitos, produção in vitro de embriões e na taxa de prenhez em taurinos, zebuínos e adaptados
Título(s) alternativo(s): Influence of environment on the quality of oocytes, in vitro production of embryos and pregnancy rate in taurines, zebus and adapted
Autor: Naves, André Coelho
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3080508663328471
Primeiro orientador: Gambarini, Maria Lucia
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4440003524956701
Primeiro coorientador: Oliveira Filho, Benedito Dias de
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/6171669841505540
Primeiro membro da banca: Gambarini, Maria Lucia
Segundo membro da banca: Pôrto, Regiani Nascimento Gagno
Terceiro membro da banca: Noronha Filho, Antônio Dionísio Feitosa
Quarto membro da banca: Lopes, Dyomar Toledo
Quinto membro da banca: Souza, Guilherme Rocha Lino de
Resumo: Esse estudo longitudinal observacional foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a influência da temperatura, umidade e do estresse térmico, sobre a quantidade e qualidade dos oócitos, embriões e a sua relação com a taxa de concepção em diferentes raças das espécies Bos taurus e Bos indicus e seus compostos adaptados ao clima tropical. Para o estudo da influência do ambiente foi utilizado o índice de temperatura e umidade (ITU). Utilizou-se um banco de dados, constando de 10.489 aspirações foliculares com produção de 210.120 estruturas sendo 168.203 viáveis e 41.917 inviáveis, totalizando a produção de 62.467 embriões e 52.852 estruturas transferidas, 37,14% e 31,43% respectivamente em relação ao total de estruturas viáveis. Para a fertilização in vitro dos oócitos aspirados, foram utilizados o sêmen de um total de 641 touros no período compreendido de janeiro de 2006 a dezembro de 2016 analisando as estações de seca e chuva no estado de Goiás. Os resultados apresentaram diferenças (P<0,05) nas características avaliadas com taxa de concepção superior na estação chuvosa 37,6±0,4 versus seca 32,4±05. Com relação a produção de oócitos os zebuínos apresentaram superioridade (6,6±0,1) aos taurinos (3,6±0,4) nas estações estudadas, com os adaptados sendo intermediários (5,5±0,2) entre taurinos e zebuínos. Os resultados das taxas de concepção mostraram uma influência do ambiente na qualidade das receptoras, 37,2±0,5 para os zebuínos, 48,1±3,0 para os taurinos e 37,8±1,2 para os adaptados. A produção de embriões foi superior no período chuvoso em relação ao período da seca (P<0,05). Vacas Bos indicus mostraram melhor resposta tanto na relação na quantidade e qualidade de oócitos obtidos quanto na produção de embriões após fertilização in vitro, mostrando também a importância da seleção de receptoras para obtenção de melhores resultados quando se utilizar embriões oriundos de animais Bos taurus.
Abstract: This longitudinal observational study was developed with the objective of evaluating the influence of temperature, humidity and thermal stress, on the quantity and quality of oocytes, embryos and their relationship with the conception rate in different breeds of Bos taurus and Bos indicus species and its compounds adapted to the tropical climate. The temperature and humidity index (THI) was used to study the influence of the environment. A database was used, consisting of 10,489 follicular aspirations with production of 210,120 structures, 168,203 of which are viable and 41,917 not viable, totaling the production of 62,467 (37.14%) embryos and 52,852 (31.43%) transferred structures. For in vitro fertilization of aspirated oocytes, a total of 641 bulls were used in the period from January 2006 to December 2016, analyzing the dry and rainy seasons in the state of Goiás. The results showed differences (P <0.05) in the evaluated characteristics with superior conception rate in the rainy season 37.6 ± 0.4 versus drought 32.4 ± 05. Regarding the production of oocytes, the Zebu cattle showed superiority (6.6 ± 0.1) to the taurino (3.6 ± 0.4) in the studied stations, with the adapted intermediate ones (5.5 ± 0.2). The results of the conception rates showed an influence of the environment on the quality of the recipients, 37.2 ± 0.5 for the Zebu, 48.1 ± 3.0 for the taurino and 37.8 ± 1.2 for the adapted ones. Embryo production was higher in the rainy period than in the drought period (P <0.05). Bos indicus cows showed better response both in relation to the quantity and quality of oocytes obtained and in the production of embryos after in vitro fertilization, also showing the importance of selecting recipients to obtain better results when using embryos from Bos taurus animals.
Palavras-chave: FIV
Conforto térmico
Bovinos
IVF
Thermal comfort
Cattle
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Zootecnia (EVZ)
Citação: NAVES, A. C. Influência do ambiente na qualidade de oócitos, produção in vitro de embriões e na taxa de prenhez em taurinos, zebuínos e adaptados. 2020. 39 f. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/10772
Data de defesa: 4-Mar-2020
Aparece nas coleções:Doutorado em Zootecnia (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - André Coelho Naves - 2020.pdf594,71 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons