Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11032
Tipo do documento: Tese
Título: Dialogia e ambientes virtuais: empoderamento e cidadania nos processos de letramentos na UFG.
Título(s) alternativo(s): Dialogic and virtual environments: empowerment and citizenship in the UFG’s literacy processes
Autor: Silva, Rosângela Costa da
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2041434029674996
Primeiro orientador: Sousa Filho, Sinval Martins de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/5359385370592200
Primeiro membro da banca: Sousa Filho, Sinval Martins de
Segundo membro da banca: Lima, Angelita Pereira de
Terceiro membro da banca: Silva, Kleber Aparecido da
Quarto membro da banca: Dias, Luciana Campos
Quinto membro da banca: Silva, Raynice Geraldine Pereira da
Resumo: Nesta pesquisa, verificamos como a apropriação da tecnologia da informação repercute no processo de ensino-aprendizagem de leitura e de escrita dos sujeitos participantes do Projeto Educação Digital: políticas, leitura, produção textual, identidade e letramento digital com trabalhadoras/es terceirizadas/os da UFG. Partimos da tese de que as interações do letramento crítico do Projeto Educação Digital, que é realizado a partir das TICs e mediado pela dialogia interdisciplinar, contribuem para o processo de empoderamento e para a autonomia dos sujeitos do Projeto, principalmente monitores e estudantes trabalhadores terceirizados. Identificamos que as práticas de letramento são ressignificadas por meio dos eventos e ações do Projeto e isso reverbera na sala de aula do curso. Buscamos suporte metodológico na abordagem qualitativa de vertente etnográfica, selecionamos alguns instrumentos, que complementam a análise dialógica, para descrever e analisar os dados, de modo a compreender as vozes, os múltiplos olhares e o reflexo do projeto nas relações entre as pessoas e suas práticas sociais. Para tanto, recorremos às teorias de Bakhtin/Volochínov ([1929] 2006) e Bakhtin ([1950] 2011), por considerarem a linguagem como fenômeno social e por acreditarem que a língua é coletiva, dialógica e evolui historicamente por meio da comunicação verbal, que se materializa na diversidade de gêneros discursivos. Também consideramos os estudos de Brait (2004, 2006, 2012), Rojo (2013), Geraldi (1996, 2010, 2011), Freire, (2011, 1996), Soares (2010), entre outros, como necessários para analisarmos o fenômeno crescente da interação por meio dos ambientes virtuais. Com esta pesquisa, esperamos contribuir com a prática docente, ao refletir (descrever e analisar) sobre atividades que visam o desenvolvimento das habilidades de leitura e de escrita voltadas para a inserção efetiva dos alunos no universo virtual e o exercício da cidadania.
Abstract: In this research, we verify how the appropriation of information technology reverberates in the teaching-learning process for reading and writing of the subjects participating in the Projeto Educação Digital: políticas, leitura, produção textual, identidade e letramento digital com trabalhadoras/es terceirizadas/os da UFG. We start from the premise that the interactions between the critical literacy of the Projeto Educação Digital, which is carried out based on ICTs and mediated by interdisciplinary dialogue, contribute to the process of empowerment and the autonomy of the Project's subjects, mainly monitors and student workers. We identified that literacy practices are re-signified through the events and actions of the Project and this reverberates in the classroom of the course. We seek methodological support in the qualitative approach of an ethnographic aspect, we select some instruments, which complement the dialogical analysis, to describe and analyze the data, in order to understand the voices, the multiple views and the reflection of the project in the relationships between people and their practices social. To do so, we resort to the theories of Bakhtin/Volochínov ([1929] 2006), and Bakhtin ([1950] 2011), for considering language as a social phenomenon and for believing that language is collective, dialogical, and evolves historically through verbal communication, which materializes in the diversity of discursive genres. We also consider the studies by Brait (2004, 2006, 2012), Rojo (2013), Geraldi (1996, 2010, 2011), Freire, (2011, 1996), Soares (2010), among others, as necessary to analyze the phenomenon increasing interaction through virtual environments. With this research, we hope to contribute to teaching practice, by reflecting (describing and analyzing) on activities aimed at developing reading and writing skills aimed at the effective insertion of students in the virtual universe and the exercise of citizenship.
Palavras-chave: Dialogismo
Escrita
Leitura
Gêneros discursivos
Letramento digital
Dialogic
Writing
Discursive genres
Digital literacy
Reading
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: SILVA, R. C. Dialogia e ambientes virtuais: empoderamento e cidadania nos processos de letramentos na UFG. 2020. 199 f. Tese (Doutorado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11032
Data de defesa: 10-Dez-2020
Aparece nas coleções:Doutorado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Rosângela Costa da Silva - 2020.pdf6,31 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons