Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11056
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ensino e aprendizagem da escrita em sala de aula: práticas interativas e dialógicas na produção de artigo de opinião e notícia
Título(s) alternativo(s): Teaching and learning of writing in the classroom: interactive and dialogic practices in the production of opinion and news article
Autor: Ferreira, Taith Braz Teles
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0718452078464086
Primeiro orientador: Silva, Luzia Rodrigues da
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/5405539256059570
Primeiro membro da banca: Silva, Luzia Rodrigues da
Segundo membro da banca: Oliveira, Ilse Leone Borges Chaves de
Terceiro membro da banca: Araújo, Denise Silva
Quarto membro da banca: Vieira, Ilma Socorro Gonçalves
Quinto membro da banca: Silva, Leosmar Aparecido da
Resumo: Resumo: O ensino da produção de texto em língua portuguesa, conforme ressaltam Antunes (2003), Passarelli (2012) e Geraldi (2013,2015), em muitos contextos de ensino da educação básica, ainda se fundamenta em propostas abstratas, inexpressivas e desvinculadas das práticas sociais dos alunos. Ao contrário dessa concepção, defendemos a ideia de que, para o ensino da produção textual, precisamos compreender que os textos têm autoria, preveem interlocutores, têm um propósito comunicativo definido e fazem parte de alguma situação social. À vista disso, com a elaboração de duas sequências didáticas, objetivamos criar situações interativas e dialógicas na sala de aula a fim de subsidiar a produção de texto dos educandos para assim podermos analisar como tal prática pode contribuir para o aprendizado da modalidade escrita da língua portuguesa. Para tanto, desenvolvemos ações de linguagem cuja concepção remete à visão da escrita como atividade dialógica, interacional e social. Para percorrermos esse caminho, embasamo-nos nos postulados teóricos de Bakhtin e Volochínov (2014) no que diz respeito à natureza dialógica e ideológica da linguagem; em Bakhtin (2018) e Marcuschi (2008), acerca das práticas de ensino de línguas via gêneros discursivos; e em Antunes (2003, 2009, 2010, 2017), Geraldi (1996, 2011, 2013, 2015), Koch e Elias (2018) e Passarelli (2012), sobre o trabalho com o texto em sala de aula a partir da concepção sociointeracionista. O estudo recorre também às postulações de Dolz, Noverraz e Schneuwly (2010) em relação ao trabalho com gêneros discursivos via sequência didática; de Koch (2012), Fiorin (2018) e Casseb-Galvão e Duarte (2018) em relação à construção argumentativa dos textos. A abordagem qualitativa e a pesquisa-ação são os norteadores metodológicos desta pesquisa, pois, conforme Bortoni-Ricardo (2008), a pesquisa-ação procura entender e interpretar fenômenos sociais inseridos em um contexto. O estudo foi realizado em uma escola pública da cidade de Goiânia (GO), em duas turmas de trinta alunos do ensino médio do período noturno. Como corpus, utilizamos as produções textuais dos educandos e as anotações do diário de campo. Para a análise das produções textuais, embasamo-nos na proposta de Antunes (2010), trazendo para este estudo a compreensão de que a escrita é uma atividade dialógica e cooperativa. Esperamos contribuir para o processo de aprendizagem da modalidade escrita da língua portuguesa, propiciando aos estudantes a vivência direta com a linguagem como fenômeno em uso. Para isso, criamos, como produtos educacionais, duas sequências didáticas, com foco no trabalho com os gêneros discursivos artigo de opinião e notícia, e um site em forma de minijornal online intitulado Gazeta do Estudante, que é destinado à postagem das produções textuais elaboradas pelos educandos durante a aplicação das sequências didáticas. A criação do site foi a maneira que encontramos de trabalhar a língua como prática social bem como para valorizar a escrita discente.
Abstract: Resumo em língua estrangeira: The teaching of text production in Portuguese, as highlighted by Antunes (2003), Passarelli (2012) and Geraldi (2013,2015), in many contexts of basic education teaching, is still based on abstract, meaningless proposals and disconnected from students' social practices skills. Contrary to this conception, we defend the idea that, for the teaching of textual production, we need to understand that texts have authorship, interlocutors are provided, have a definite communicative purpose and are part of some social situation. In view of this, two didactic sequences were elaborated aiming to create interactive and dialogical situations in the classroom in order to subsidize the students' text production so that we can analyze how such practice can contribute to the writing learning of the Portuguese language. Therefore, we develop language actions whose conception refers to the view of writing as a dialogical, interactional and social activity. To follow this path, we base ourselves on the theoretical postulates of Bakhtin and Volochínov (2014) with regard to the dialogical and ideological nature of language; in Bakhtin (2018) and Marcuschi (2008), for language teaching practices via discursive genres; and in Antunes (2003, 2009, 2010, 2017), Geraldi (1996, 2011, 2013, 2015), Koch and Elias (2018) and Passarelli (2012), theories about working with the text in the classroom from the sociointeractionist conception. The study also uses the postulations of Dolz, Noverraz and Schneuwly (2010) in relation to working with discourse genres via didactic sequences; Koch (2012), Fiorin (2018) and Casseb-Galvão and Duarte (2018) in relation to the argumentative construction of texts. The qualitative approach and action research are the methodological guidelines of this research, because, according to Bortoni-Ricardo (2008), action research seeks to understand and interpret social phenomena inserted in a context. The study was carried out in a public school in the city of Goiânia (GO), in two classes of thirty high school students at night. As a corpus, we used the students' textual productions and the notes in the field diary. For the analysis of textual productions, we based ourselves on the proposal of Antunes (2010), bringing to this study the understanding that writing is a dialogical and cooperative activity. We hope to contribute to the writing learning process of the Portuguese language, providing students with direct experience with language as a phenomenon in use. To this end, we created, as educational products, two didactic sequences, focusing on working with opinion and news articles from the discourse genres and a website in the form of an online mini-newspaper entitled Gazeta do Estudante, where students were able to publish their textual productions during the application of didactic sequences. By creating the website we aimed to work the language as a social practice as well as to value students’ writing.
Palavras-chave: Ensino na educação básica
Gêneros discursivos
Produção textual
Sequência didática
Minijornal online
Teaching in basic education
Discursive genres
Text production
Didactic sequence
Online mini-newspaper
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação - CEPAE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ensino na Educação Básica (CEPAE)
Citação: TELES, T. B. Ensino e aprendizagem da escrita em sala de aula: práticas interativas e dialógicas na produção de artigo de opinião e notícia. 2020. 247 f. Dissertação (Mestrado em Ensino na Educação Básica) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11056
Data de defesa: 22-Set-2020
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Ensino na Educação Básica (CEPAE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Taith Braz Teles Ferreira - 2020.pdf7,29 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons