Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11137
Tipo do documento: Dissertação
Título: O significado do sertanejo universitário: música sertaneja, capitalismo e valores
Título(s) alternativo(s): The meaning of the academic rural: rural music, capitalism and values
Autor: Sena, Ana Maria Ferreira Tavares
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/1557412856390004
Primeiro orientador: Viana, Nildo Silva
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3744231559402924
Primeiro membro da banca: Viana, Nildo Silva
Segundo membro da banca: Souza, Erisvaldo Pereira de
Terceiro membro da banca: Marques, Edmilson
Quarto membro da banca: Junqueira, Ivanilda Aparecida Andrade
Resumo: Nesta pesquisa analisamos o sertanejo universitário, como fenômeno musical, a partir de uma perspectiva crítica em que se buscou analisar sua relação com os valores e com a sociedade capitalista. A música sertaneja é um gênero musical brasileiro que surgiu no interior paulista. Ela surge no momento em que se inicia o processo de adaptação das músicas caipiras para atender as exigências do capital fonográfico. Desta forma, a música sertaneja surge com a desvinculação da música caipira típica e rural através do seu processo de mercantilização, burocratização e urbanização. Ela alcança grande sucesso na contemporaneidade a partir de sua inserção nestas condições de produção. Nesse contexto, levantamos o seguinte problema de pesquisa: "qual o significado do sertanejo universitário?". Para respondermos a este problema, trabalhamos com os conceitos de capital comunicacional e regime de acumulação desenvolvidos a partir da teoria do modo de produção capitalista, visando compreender os caminhos da música sertaneja desde o rompimento com a música caipira até o contexto histórico em que emerge o sertanejo universitário. Desta forma, nos aprouve explanar sobre a sociologia da cultura e da música, capital comunicacional, sobre o modo de vida, valores e a questão do gosto musical na sociedade capitalista. O tratamento teórico da pesquisa materializada nesta dissertação vincula-se ao materialismo histórico-dialético, assim, o referencial teórico principal baseou-se nos seguintes autores: Karl Marx e Nildo Viana, e, no que se refere às especificidades da análise acerca da música sertaneja destacam-se Caldas e Ferrete. A metodologia utilizada consistiu em uma investigação bibliográfica baseada principalmente nos autores mencionados, além de recorrermos a investigação documental por meio de material informativo: letras de músicas, entrevistas, matérias jornalísticas, etc. Considerando esses elementos, chegamos ao resultado de que o sertanejo universitário está intrinsecamente ligado ao capitalismo e a intensificação da mercantilização agravada com o regime de acumulação integral e isso explica o seu conteúdo, permeado por valores dominantes.
Abstract: In this research we analyze the rural academic music from a critical perspective in which it sought to analyze its relationship with values and capitalist society. Rural music is a Brazilian genre that emerged in the interior of São Paulo. It comes as the process of adapting hick music begins to meet the demands of phonographic capital. Thus, rural music arises with the decoupling of typical and hick music through its process of mercantilization, bureaucratization and urbanization. It achieves great success in contemporary times from its insertion in these conditions of production. In this context, we raise the following research problem: "what is the meaning of the rural academic music?". To answer this problem, we work with the concepts of communicational capital and accumulation regime developed from the theory of the capitalist mode of production, aiming to understand the paths of rural music from the break with hick music to the historical context in which it emerges “academic rural”. Thus, we were pleased to explain about the sociology of culture and music, communicational capital, about the way of life, values and the issue of musical taste in capitalist society. The theoretical treatment of the research materialized in this dissertation is linked to the historical-dialectical materialism, thus, the main theoretical referential was based on the following authors: Karl Marx and Nildo Viana, and, regarding the specificities of the analysis about rural music stand out Caldas and Ferrete. The methodology used consisted of a bibliographic investigation based mainly on the mentioned authors, besides resorting to documentary research through informative material: lyrics, interviews, journalistic articles, etc. Considering these elements, we arrive at the result that the “academic rural” is intrinsically linked to capitalism and the intensification of commodification aggravated by the regime of integral accumulation and this explains its content, permeated by dominant values.
Palavras-chave: Sertanejo universitário
Música sertaneja
Regime de acumulação integral
Capital comunicacional
Valores
Rural academic music
Rural music
Communicational capital
Integral accumulation regime
Values
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS)
Citação: SENA, A. M. F. T. O significado do sertanejo universitário: música sertaneja, capitalismo e valores. 2019. 107 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11137
Data de defesa: 14-Nov-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Ana Maria Ferreira Tavares Sena - 2019.pdf933,43 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons