Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11242
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo sobre o Inventário de Percepção de Suporte Familiar (IPSF) em adolescentes grávidas
Título(s) alternativo(s): Study on the Family Support Perception Inventory (IPSF) in pregnant adolescents
Autor: Carvalho, Ana Claudia Barbosa de Araújo
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5768452514724699
Primeiro orientador: Tavares, Naraiana de Oliveira
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8113112565220386
Primeiro membro da banca: Tavares, Naraiana de Oliveira
Segundo membro da banca: Lima, Priscilla Melo Ribeiro de
Terceiro membro da banca: Andrade, Celana Cardoso
Quarto membro da banca: Brito, Hérica Landi de
Resumo: A gravidez na adolescência pode acarretar profundas mudanças na vida das adolescentes e de suas famílias. O suporte familiar adequado representa um fator de proteção aos adolescentes, ao facilitar o estabelecimento do novo papel de mãe e oferecer esteio emocional para a gestante. Assim, o objetivo geral desta pesquisa consiste em identificar os aspectos psicossociais da gravidez na adolescência e os específicos buscam caracterizar o perfil psicossocial das adolescentes grávidas pesquisadas e investigar a percepção de suporte familiar das participantes. Trata-se de um estudo de caráter descritivo e inferencial, com metodologia quantitativa e qualitativa, com uma amostra de conveniência composta por 13 adolescentes grávidas atendidas por um projeto social da cidade de Goiânia/GO. Foram utilizadas entrevistas semiestruturadas e o Inventário de Percepção de Suporte Familiar – IPSF com o intuito de avaliar a percepção das participantes a respeito do suporte familiar, a partir de três fatores: afetivo-consistente, adaptação familiar e autonomia. Foi realizada a análise estatística descritiva e inferencial para a caracterização dos dados obtidos. Observou-se que a média de idade das participantes foi de 19 anos, a maioria declarou vivenciar uma gestação não planejada (84,6%) e com reincidência gestacional (53,8%). Verificou-se que no que concerne à transgeracionalidade, 84,6% afirmaram que as mães também ficaram gestantes na adolescência. A prevalência de escore baixo do IPSF nos três fatores avaliados aponta para baixa percepção de suporte familiar. Encontrou-se correlação positiva entre as variáveis planejamento familiar e o fator autonomia do IPSF, portanto, pode-se afirmar que quanto menor for o planejamento da gravidez, menor o nível de autonomia. Os resultados encontrados corroboram para a compreensão da importância do suporte familiar nos novos papéis assumidos pela adolescente grávida, a fim de promover condições favoráveis para o desenvolvimento da criança e para o bem-estar materno.
Abstract: Teenage pregnancy can have profound changes in the lives of adolescents and their families. Adequate family support represents a protective factor for adolescents, as it facilitates the establishment of the new role of mother and provides emotional support for pregnant women. Thus, the general objective of this research is to identify the psychosocial aspects of teenage pregnancy and the specific ones seek to characterize the psychosocial profile of the pregnant adolescents surveyed and to investigate the participants' perception of family support. It is a descriptive study with quantitative and qualitative methodology, with a convenience sample composed of 13 pregnant teenagers attended by a social project in the city of Goiânia/GO. Semi-structured interviews and the Family Support Inventory - IPSF were used in order to assess the participants' perception of family support, based on three factors: affective-consistent, family adaptation and autonomy. Descriptive and inferential statistical analysis was performed to characterize the obtained data. It was observed that the average age of the participants was 19 years old, most of them declared having been experiencing an unplanned pregnancy (84.6%) and with gestational recurrence (53.8%). It was found that with regard to transgenerationality, 84.6% stated that their mothers had also become pregnant during adolescence. The prevalence of low IPSF scores in the three factors points to a low perception of family support. A positive correlation was found between family planning variables and the IPSF autonomy factor, therefore, it can be said that the lower the pregnancy planning, the lower the level of autonomy. The results found corroborate the understanding of the importance of family support in the new roles assumed by the pregnant adolescent, in order to promote favorable conditions for the child's development and maternal wellness.
Palavras-chave: Gravidez na adolescência
Psicossocial
Adolescentes
Suporte familiar
Teenage pregnancy
Psychosocial
Adolescents
Family support
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia (FE)
Citação: CARVALHO, A. C. B. A. Estudo sobre o Inventário de Percepção de Suporte Familiar (IPSF) em adolescentes grávidas. 2020. 97 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11242
Data de defesa: 21-Dez-2020
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Ana Claudia Barbosa de Araújo Carvalho - 2020.pdf1,28 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons