Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11489
Tipo do documento: Dissertação
Título: Repertórios discursivos de gênero nas eleições presidenciais brasileiras de 2018
Título(s) alternativo(s): Discoursive repertoires of gender in the brazilian presidential elections of 2018
Autor: Freitas, Lídia dos Santos Ferreira de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5355994520958991
Primeiro orientador: Gonçalves, Eliane
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/7413052054334814
Primeiro membro da banca: Gonçalves, Eliane
Segundo membro da banca: Amaral, Marcela Carvalho Martins
Terceiro membro da banca: Tokarski, Flávia Millena Biroli
Resumo: Essa pesquisa de mestrado debruçou-se sobre as treze propostas de governoregistradas oficialmente pelos candidados à presidência da república nas eleições de 2018, com o intuito de observar os discursos de gênero que ali emergiram, a partir das lentes da teoria social feminista. A partir da análise, as propostas foram classificadas em três repertórios discursivos principais. O primeiro repertório foi observado nas propostas de governo de seis candidatos que abraçaram a perspectiva de gênero como categoria de análise do mundo e de ação política, inclusive assumindo um vocabulário típico dosfeminismos. Uma noção construcionista sobre as relações de gênero prevaleceu nesse primeiro caso. O segundo repertório reuniu quatro propostas de governo, que variam entre o ocultamento de gênero e discretos acenos a mulheres, negros e LGBTs a partir de um alinhamento político neoliberal. Já o terceiro e último repertório engloba três propostas de governo, incluindo a do presidente eleito, e se vincula auma perspectiva essencialista, familista e conservadora, mobilizando a categoria discursiva “ideologia” para se referir a gênero. A partir da análise dos três repertórios e de suas inter-relações foi possível concluir que o debate em torno da categoria gênero nas eleições de 2018 coloca-a em evidência e afirma seu potencial transformador e desestabilizador da ordem. A disputa em torno dos sentidos de gênero assumiu papel central na arena política brasileira, servindo como vocabulário canalizador para uma série de conflitos estabelecidos nos últimos anos.
Abstract: This masters reseach adressed the thirteen government proposalsofficialy registered by the candidates to the presidency of the republic in the 2018 elections, aiming at the analysis of the gender discourses which emerged there, from the lens of social feminist theory. The analysis resulted in the classification of the proposals in three main discoursive repertoires. The first repertoire was observed in the proposals of six candidates which embraced the gender perspective as a category of world analysis and political action, even assuming a vocabulary typical of feminisms. A constructionist notion on gender relations prevailed in this first case. The second repertoire gathered four government proposals, which varied among the concealment of gender to discrete concessions to women, black people and LGBT people from a neoliberal political alignment.The third and last repertoire includes three government proposals, including the elected president´s one, and is tied to an essencialist, familist and conservative perspective, mobilizing the discourse category “ideology” to refer to gender.After the analysis of the three repertoires and its inter-relations it was possible to conclude that the debate around the category of gender in the 2018 elections has put it in evidence and afirmed its transforming and order destabilizing potencial. The dispute around the meanings of gender has taken a central role in the Brazilian political arena, serving as a canalizing vocabulary to a series of stablished conflits in the past years.
Palavras-chave: Gênero
Eleições presidenciais
Brasil
Repertórios discursivos
Feminismos
Gender
Presidential elections
Brazil
Discoursive repertoires
Feminisms
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::SOCIOLOGIA DO CONHECIMENTO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS)
Citação: FREITAS, L. S. F. Repertórios discursivos de gênero nas eleições presidenciais brasileiras de 2018. 2019. 111 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11489
Data de defesa: 8-Abr-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Lídia dos Santos Ferreira de Freitas - 2019.pdf1,96 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons