Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11496
Tipo do documento: Tese
Título: A aprendizagem colaborativa de inglês instrumental por alunos surdos: um estudo com alunos do curso de Letras: Libras da UFG
Título(s) alternativo(s): The collaborative learning of english for specific purposes by deaf students: a study with students majoring in Libras at UFG
Autor: Silva, Claudney Maria de Oliveira e
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7800054245868186
Primeiro orientador: Figueiredo, Francisco José Quaresma de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1701940743664871
Primeiro membro da banca: Figueiredo, Francisco José Quaresma de
Segundo membro da banca: Faria, Sandra Patrícia do Nascimento de
Terceiro membro da banca: Chaveiro, Neuma
Quarto membro da banca: Figueredo, Carla Janaina
Quinto membro da banca: Regino, Sueli Maria de Oliveira
Resumo: Esta pesquisa tem como foco a aprendizagem colaborativa de inglês instrumental por dez alunos surdos do curso de Letras: Libras da Universidade Federal de Goiás, durante um semestre letivo de 2014. Busca também investigar se a colaboração pode favorecê-los na aprendizagem dessa língua e quais as estratégias utilizadas pela professora e pelos alunos para esse fim, além de registrar as percepções da professora sobre o processo de aprendizagem de língua inglesa pelo surdo em uma sala de aula inclusiva e as percepções dos alunos surdos sobre a aprendizagem colaborativa. Trata-se de um estudo de caso qualitativo com princípios etnográficos em que os dados foram coletados por meio de gravação em vídeo e áudio, notas de campo, diário da professora, notas explicativas da professora e entrevistas e foram analisados segundo os pressupostos da teoria sociocultural e da aprendizagem colaborativa. Os resultados apontam para o fato de que o ensino de inglês instrumental, numa perspectiva inclusiva em que, numa mesma turma, há alunos surdos e ouvintes, faz com que algumas estratégias de ensino que são muito eficientes para alunos ouvintes não se mostrem tão eficazes para alunos surdos e, da mesma forma, estratégias eficazes para alunos surdos se mostrem desnecessárias para alunos ouvintes. Os resultados também mostram que as oportunidades de interação dos alunos surdos com os alunos ouvintes são restritas, visto que a maioria dos ouvintes não sabe língua de sinais. Entre os surdos, porém, a interação foi intensa, propiciando o uso de estratégias para transpor, de forma colaborativa e por meio de andaimes, as dificuldades encontradas no processo de aprendizagem do inglês instrumental. Com este estudo, pretendo suscitar reflexões sobre a aprendizagem de Inglês Instrumental por alunos surdos, bem como trazer algumas orientações para futuros professores de línguas que venham a ter de ensinar inglês em contextos semelhantes.
Abstract: This study focuses on the collaborative learning of English for Specific Purposes (ESP) by ten deaf students who took Libras as a major at Universidade Federal de Goiás. It also aims to investigate if collaboration can help them learn this language and what strategies were taken by the teacher and the students to reach this goal. It also investigates the perceptions of the teacher about the learning of ESP by the deaf in an inclusive classroom and the perceptions of the deaf students about the collaborative learning process. It is a qualitative case study with ethnographic principles whose data were collected through video and audio recording, field notes, teacher's diary, teacher's explanatory notes and interviews and were analyzed according to the tenets of sociocultural theory and collaborative learning. Data analysis shows that some teaching strategies that are very effective for hearing students prove to be not so efficient for the deaf students and, likewise, effective strategies for deaf students are unnecessary for hearing students. The results also show that deaf students have very little interaction with hearing students since most listeners do not know libras. Among the deaf, however, the interaction was intense and provided them with strategies to overcome, in a collaborative way and through the use of scaffoldings, the difficulties they faced in the process of learning ESP. This study aims to raise reflections on the learning of ESP by deaf students, as well as to bring some orientations for future language teachers who may have to teach English in similar contexts.
Palavras-chave: Aprendizagem colaborativa
Alunos surdos
Libras
Inglês instrumental
Multilinguismo
Collaborative learning
Deaf students
Libras
English for specific purposes
Multilingualism
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: OLIVEIRA-SILVA, C. M. A aprendizagem colaborativa de inglês instrumental por alunos surdos: um estudo com alunos do curso de Letras: Libras da UFG. 2017. 262 f. Tese (Doutorado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11496
Data de defesa: 30-Mar-2017
Aparece nas coleções:Doutorado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Claudney Maria de Oliveira e Silva - 2017.pdf5,04 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons