Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11535
Tipo do documento: Dissertação
Título: O rastro no poema: a poesia de Darcy França Denófrio e Pio Vargas
Título(s) alternativo(s): The trail in the poem: the poetry of Darcy França Denófrio and Pio Vargas
Autor: Rabelo, Mariana Castelo Branco
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5811968503695686
Primeiro orientador: Camargo, Goiandira de Fátima Ortiz de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3029764057965151
Primeiro membro da banca: Camargo, Goiandira de Fátima Ortiz de
Segundo membro da banca: Souza, Jamesson Buarque de
Terceiro membro da banca: Coutinho, Fernanda Maria Abreu
Resumo: O rastro no poema: a poesia de Darcy França Denófrio e Pio Vargas. Neste trabalho, desenvolvemos uma discussão pontual da produção poética goiana, através do estudo de dois poetas, Darcy França Denófrio e Pio Vargas - contemporâneos na autoria, mas representantes de espaços e poéticas distintas na lógica de disputas que conforma o campo literário. Nesse sentido, nosso estudo é um recorte no qual buscamos discutir a agência dos dois escritores e a subjetividade lírica na poesia de cada um como assinatura poética. No percurso, como requisito para o avanço da discussão proposta, resgatamos e organizamos informações sobre o cenário literário goiano, anterior e concomitante ao período de suas produções, situando nossos autores. As questões centrais do trabalho são: a verificação da atuação de ambos enquanto agentes, sob a perspectiva do campo literário, cada qual dispondo de seu capital específico; e a subjetividade lírica “feminina” em Darcy Denófrio e do “anônimo urbano” em Pio Vargas, na relação de afirmação dos autores como poetas. Compõem o corpus da pesquisa: Janelas do Espontâneo (1983), Anatomia do Gesto (1989) e Os Novelos do Acaso (e o ofício de afagar efêmeros) (1991) de Pio Vargas, e Voo Cego (1980), Amaro mar (1988) e Ínvio Lado (2000) de Darcy França Denófrio. Quanto à metodologia, realizamos um levantamento não exaustivo recorrendo a fontes diversas, bibliográficas, eletrônicas e documentais; expomos os resultados remontando o ambiente literário dos autores a partir dos fragmentos obtidos; tecemos considerações e análises sobre a agência dos poetas e, por fim, fazemos a leitura, análise e crítica de uma seleção de poemas dentro do corpus literário. A fundamentação teórica central sustenta-se em Pierre Bourdieu (1996, 1989). Recorremos também a Gilberto Mendonça Teles (1983) e outros autores que versam sobre a literatura/poesia goiana. Para a leitura dos poemas, teórica e criticamente, apoiamo-nos em HEGEL (2004), Michel Collot (2013, 2015), Dominique Combe (2009-2010), Octavio Paz (1984, 1993, 2012), Michael Hamburger (2007), Pierre Bourdieu (2002), Tereza Cabañas (2009), Wilberth Salgueiro (2013), Benedito Nunes (2009) e Afonso Romano de Sant’Anna (2014), dentre outros. Subsidiando nossos estudos comparativistas, nos guiamos nos textos organizados por Eduardo F. Coutinho e Tânia Franco Carvalhal (1994). Nossa pesquisa integra o projeto Apresentação da poesia goiana: de 1948 aos dias atuais da Rede Goiana de Pesquisa em Leitura e Ensino de Poesia, e esperamos conseguir contribuir com a discussão sobre a poesia em nosso estado, a fortuna crítica dos poetas estudados e os estudos sobre subjetividade lírica.
Abstract: The trail in the poem: the poetry of Darcy França Denófrio and Pio Vargas. In this work, we developed a discussion of poetic production in Goiás, through the study of two poets, Darcy França Denófrio and Pio Vargas - contemporaries in authorship, but representatives of different spaces and poetics in the logic of disputes that shapes the literary field. This study is an excerpt in which we seek to discuss the agency of the two writers and the lyrical subjectivity in each other's poetry as a poetic signature. Along the way, as a requirement for advancing the proposed discussion, we retrieved and organized information about the literary scene in Goiás, previous and concurrent to the period of his productions, placing our authors. The central questions of the work are the verification of the performance of both as agents, from the perspective of the literary field, each one having its specific capital; and the “feminine” lyrical subjectivity in Darcy Denófrio and the “urban anonymous” in Pio Vargas, in the relation of affirmation of the authors as poets. The research corpus comprises: Janelas do Espontâneo (1983), Anatomia do Gesto (1989), and Os Novelos do Acaso (e o ofício de afagar efêmeros) (1991) by Pio Vargas, and Voo Cego (1980), Amaro mar (1988), and Ínvio Lado (2000) by Darcy França Denófrio. As for the methodology, we carried out a non-exhaustive survey using different sources, bibliographic, electronic, and documentary; we expose the results by going back to the authors' literary environment based on the obtained fragments; we make considerations and analyzes about the agency of the poets and, finally, we read, analyze, and criticize a selection of poems within the literary corpus. The central theoretical foundation is supported by Pierre Bourdieu (1996, 1989). We also resort to Gilberto Mendonça Teles (1983) and other authors who deal with literature / poetry from Goiás. For the reading of the poems, theoretically and critically, we rely on HEGEL (2004), Michel Collot (2013, 2015), Dominique Combe (2009-2010), Octavio Paz (1984, 1993, 2012), Michael Hamburger (2007), Pierre Bourdieu (2002), Tereza Cabañas (2009), Wilberth Salgueiro (2013), Benedito Nunes (2009) and Afonso Romano de Sant'Anna (2014), among others. Subsidizing our comparative studies, we are guided by the texts organized by Eduardo F. Coutinho and Tânia Franco Carvalhal (1994). Our research is part of the project Presentation of the poetry of Goiás: from 1948 to the present days, by Rede Goiana de Leitura e Ensino de poesia, and we hope to be able to contribute to the discussion on poetry in our state, the critical fortune of the poets and the studies on lyrical subjectivity.
Palavras-chave: Campo literário
Poesia goiana
Subjetividade lírica
Darcy França Denófrio
Pio Vargas
Literary field
Poetry from Goiás
Lyrical subjectivity
Darcy França Denófrio
Pio Vargas
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: RABELO, M. C. B. O rastro no poema: a poesia de Darcy França Denófrio e Pio Vargas. 2021. 186 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11535
Data de defesa: 26-Mai-2021
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Mariana Castelo Branco Rabelo - 2021.pdf2,39 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons