Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11695
Tipo do documento: Dissertação
Título: Algumas considerações sobre sintoma e linguagem na psicanálise
Título(s) alternativo(s): Algumas considerações sobre sintoma e linguagem na psicanálise
Autor: Pelenz, Maria Lúcia Fank
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5215845445687363
Primeiro orientador: Burgarelli, Cristóvão Giovani
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/7094012821984177
Primeiro membro da banca: Burgarelli, Cristóvão Giovani
Segundo membro da banca: Santos, Altair José dos
Terceiro membro da banca: Machado, Alan Oliveira
Resumo: Este trabalho pretende delinear algumas articulações entre o sintoma e a linguagem, conforme o referencial psicanalítico. Primeiramente, com Freud, tomaremos o sintoma como uma formação do inconsciente que está sob efeito do afeto da angústia e que tem seu sentido pareado ao desejo e ao modo como o indivíduo se singulariza. Depois, veremos, mais precisamente, como Lacan retoma esse enlace entre sintoma e desejo utilizando-se da estrutura da linguagem, mais especificamente, das leis da metáfora e da metonímia, cujo funcionamento é homólogo ao que Freud, em sua leitura literal da estrutura dos sonhos, denominou de condensação e deslocamento. Por fim, buscaremos discutir que, para além dessa estrutura significante, a articulação entre as repetições sintomáticas e a inscrição de um significante privilegiado somente adquire seu valor quando pensada em sua dimensão de gozo. Em síntese, ao revisitarmos os fundamentos da psicanálise tomando como questão principal o sintoma, pretendemos lançar luzes à teoria e à prática psicanalítica na atualidade.
Abstract: This work intends to delineate some articulations between the symptom and the language, according to the psychoanalytical framework. First, with Freud, we will take the symptom as a formation of the unconscious that is under the effect of the affect of anxiety and which has its meaning paired with desire and with the way the individual singularizes itself. Later, we will see, more precisely, how Lacan resumes this link between symptom and desire using the structure of language, more specifically, the laws of metaphor and metonymy, whose operation is homologous to what Freud, in his literal reading of the structure of dreams, called condensation and displacement. Finally, we will try to discuss that, beyond this signifying structure, the articulation between symptomatic repetitions and the inscription of a privileged signifier only acquires its value when considered in its jouissance dimension. In summary, by revisiting the foundations of psychoanalysis taking the symptom as the main issue, we intend to shed light on psychoanalytic theory and practice today.
Palavras-chave: Psicanálise
Sintoma
Desejo
Linguagem
Psychoanalysis
Symptom
Desire
Language
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia (FE)
Citação: PELENZ, M. L. F. Algumas considerações sobre sintoma e linguagem na psicanálise. 2021. 77 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11695
Data de defesa: 1-Set-2021
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Maria Lúcia Fank Pelenz - 2021.pdf635,82 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons