Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11729
Tipo do documento: Dissertação
Título: Racismo e psicanálise: a voz da mulher negra na literatura
Título(s) alternativo(s): Racism and psychoanalysis: the voice of black women in literature
Autor: Almeida, Natália de Sousa
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4403961456899871
Primeiro orientador: Marques, Rodrigo Vieira
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3984221131754417
Primeiro membro da banca: Marques, Rodrigo Vieira
Segundo membro da banca: Manzi Filho, Ronaldo
Terceiro membro da banca: Lima, Priscilla Melo Ribeiro
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo investigar, por meio de uma análise psicanalítica, as vozes de mulheres negras ressonantes nas obras literárias A Cor Púrpura de Alice Walker e Quarto de Despejo de Carolina Maria de Jesus. Para isso, fizemos um resgate histórico, político e social sobre o racismo, dando destaque à questão racial como intensificadora do sofrimento de mulheres negras. Dessa forma, utilizamos vertentes do feminismo que se apropriam de uma política decolonial para elaborar discussões a respeito da condição dupla de opressão em ser mulher e negra. Trouxemos alguns questionamentos que localizam a psicanálise como norteadora para as discussões de raça. Utilizamos os estudos do psicanalista martiniquense, Frantz Fanon, e da psicanalista brasileira, Neusa Santos Souza, para colaborar para a compreensão de como é ser uma pessoa negra. A partir desses estudos, fizemos uma análise comparativa entre as duas obras literárias, centrando-nos nas semelhanças entre as escritas de Alice Walker e de Carolina Maria de Jesus sobre a condição da mulher negra.
Abstract: This research aims to investigate, through a psychoanalytic analysis, the voices of black women resonating in the literary works The Color Purple by Alice Walker and Quarto de Despejo [Eviction room] by Carolina Maria de Jesus. For this, we made a historical, political and social rescue about racism, highlighting the racial issue as intensifier of the suffering of black women. Thus, we used strands of feminism that appropriate a decolonial politics to develop discussions about the double condition of oppression in being a woman and black. We brought some questions that locate psychoanalysis as a guide for the discussions of race. We used the studies of the Martiniquian psychoanalyst Frantz Fanon and the Brazilian psychoanalyst Neusa Sousa Santos to collaborate in the understanding of what it is like to be a black person. Based on these studies, we made a comparative analysis between the two literary works, focusing on the similarities between Alice Walker's and Carolina Maria de Jesus' writings about the condition of black women.
Palavras-chave: Racismo
Mulher negra
Psicanálise
Literatura
Escritas femininas
Racism
Black woman
Psychoanalysis
Literature
Women’s writing
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia (FE)
Citação: ALMEIDA, N. S. Racismo e psicanálise: a voz da mulher negra na literatura. 2021.121 f. (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11729
Data de defesa: 3-Set-2021
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Natália de Sousa Almeida - 2021.pdf877,12 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons