Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11759
Tipo do documento: Dissertação
Título: Protagonismo feminino em terras de coronéis: mulheres em resistência
Título(s) alternativo(s): Female protagonism in colonel lands: women in resistance
Autor: Cunha, Geruza Tomás da
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/6076612683349496
Primeiro orientador: Rezende, Tânia Ferreira
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9438105037411040
Primeiro membro da banca: Rezende, Tânia Ferreira
Segundo membro da banca: Gomes, Marcilene Pelegrine
Terceiro membro da banca: Lopes, Cristiane Rosa
Resumo: O presente trabalho é a análise sobre a atuação de três mulheres que, por sua formação intelectual, ocuparam lugar de destaque no estado de Goiás no início do século XX. Tem lugar o pioneirismo de Eurídice Natal, a primeira mulher a presidir a Academia de Letras em Goiás, em 1904; Leodegária de Jesus, a primeira mulher e a primeira mulher negra a publicar um livro de poesias, Corôa de Lyrios, em 1906; e Rosa Santarém Godinho, pioneira no ensino superior, que pela primeira vez no estado obteve dois cursos de nível superior, e foi a primeira mulher a se formar na Academia de Direito em Goiás, em 1908. Essas mulheres merecem destaque, pois, embora estivessem inseridas numa sociedade marcada por uma matriz de poder masculino-cis-hetero-patriarcal-coronelista, conseguiram rasurar esse padrão e se destacar. O objetivo deste estudo é entender e discutir as estratégias sociodiscursivas pelas quais a Tríade Feminina da Cultura Goiana conseguiu quebrar paradigmas, se destacar, em Goiás, durante “a República dos coronéis” (CAMPOS, 2015). Com isso, a discussão desenvolvida, neste trabalho, poderá contribuir com o entendimento do feminismo em Goiás. A materialidade empírica evidenciadora das discussões são fontes documentais (documentos históricos) e fontes bibliográficas (publicações). O estudo dessas fontes foi orientado pelo Paradigma Indiciário Semiótico, de Carlo Ginzburg (1989), sob uma perspectiva interpretativa. A interpretação e discussão dos resultados tem como sustentação teórica os pressupostos de Fernando Báez (2010); Enrique Dussel (1993); Maurice Halbwachs (2011) e Moritz Lamberg (1896) para discorrer sobre o período histórico, que, por sua vez, dialoga com a história e coronelismo de Goiás com Luís Palacín (2001); Francisco Itami Campos (2015); Célia Coutinho Seixo de Brito (1974) e August Saint Hilaire (1937). Acerca do patriarcado e coronelismo, nos debruçamos em Gerda Lerner (2019) e Heleieth Iara Bongiovani Saffioti (1990). Sobre o feminismo, o estudo se ancora em bell Hooks (2019); Grada Kilomba (2019); Gayatri Spivak (1995); Maria Amélia de Almeida Teles (1993) e Maria Lugones (2020). Diante desses diálogos teóricos, portanto, espera-se entender de que modo as mulheres conseguiram criar fissuras no contexto opressor no qual viviam e mostraram caminhos para o pioneirismo feminino no estado de Goiás.
Abstract: The present work is the analysis of the performance of three women who, due to their intellectual formation, occupied a prominent place in the state of Goiás at the beginning of the 20th century. The pioneering work of Eurídice Natal, the first woman to preside at the Academia de Letras in Goiás, in 1904, takes place; Leodegária de Jesus, the first woman and the first black woman to publish a book of poetry, Corôa de Lyrios, in 1906; and Rosa Santarém Godinho, a pioneer in higher education, who for the first time in the state took two higher education courses, and was the first woman to graduate from the Law Academy in Goiás, in 1908. These women deserve to be highlighted, because, even though they were inserted in a society marked by a masculine-cis-hetero-patriarchal-coronelist power matrix, they managed to erase this pattern and stand out. The objective of this study is to understand and discuss the socio-discursive strategies by which the Triad Feminina da Cultura Goiana managed to break paradigms, stand out in Goiás, during “the Republic of the colonels” (CAMPOS, 2015). With that, the discussion developed in this work can contribute to the understanding of feminism in Goiás. The evidential empirical materiality of the discussions are documentary sources (historical documents) and bibliographic sources (publications). The study of these sources was guided by Carlo Ginzburg's Paradigm Indicative Semiotic (1989), under an interpretive perspective. The interpretation and discussion of the results has as theoretical support the assumptions of Fernando Báez (2010); Enrique Dussel (1993); Maurice Halbwachs (2011) and Moritz Lamberg (1896) to discuss the historical period, which, in turn, dialogues with the history and coronelismo of Goiás with Luís Palacín (2001); Francisco Itami Campos (2015); Célia Coutinho Seixo de Brito (1974) and August Saint Hilaire (1937). About patriarchy and coronelismo, we look at Gerda Lerner (2019) and Heleieth Iara Bongiovani Saffioti (1990). On feminism, the study is based on Bell Hooks (2019); Grada Kilomba (2019); Gayatri Spivak (1995); Maria Amélia de Almeida Teles (1993) and Maria Lugones (2020). Given these theoretical dialogues, therefore, it is expected to understand how women managed to create fissures in the oppressive context in which they lived and showed paths for pioneering women in the state of Goiás.
Palavras-chave: Protagonismo feminino
Historiografia goiana
Coronelismo
Goiás historiography
Female protagonism
Coronelismo
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: CUNHA, Geruza Tomás da. Protagonismo feminino em terras de coronéis: mulheres em resistência. 2021. 165 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11759
Data de defesa: 8-Set-2021
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Geruza Tomás da Cunha - 2021.pdf8,49 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons