Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11773
Tipo do documento: Dissertação
Título: Um estudo sobre a trajetória teórico-política de Mário Pedrosa (1927 - 1966): o intelectual e as opções da revolução brasileira
Título(s) alternativo(s): A study on the theoretical-political trajectory of Mário Pedrosa (1927-1966): the intellectual and the options of the brazilian revolution
Autor: Bosco, Thiago Martins de Moura
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2129698038818360
Primeiro orientador: Pinto, João Alberto da Costa
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4246394797193440
Primeiro membro da banca: Pinto, João Alberto da Costa
Segundo membro da banca: Andrade, Everaldo de Oliveira
Terceiro membro da banca: Maciel, David
Resumo: Mário Pedrosa foi um grande intelectual da esquerda brasileira, participando ativamente de vários momentos importantes da militância marxista, tanto no Brasil como no mundo. Ao longo de sua trajetória política, que começa na década de 1920 e se prolonga até 1981, tendo a fundação do Partido dos Trabalhadores como seu último grande ato político, Pedrosa navegou entre diferentes correntes dentro do marxismo: filiou-se ao PCB em 1925; conheceu o trotskismo em uma viagem à Europa, em 1927, tornando-se um de seus maiores propagadores na América Latina e no Brasil; e, na década de 1940, Pedrosa tornou-se referência do luxemburguismo no Brasil, influenciando toda uma geração de intelectuais e militantes. Trabalharemos, nesta pesquisa, com as inflexões políticas e intelectuais de Mário Pedrosa, do comunismo do PCB ao trotskismo, depois ao luxemburguismo, até a publicação dos livros A opção imperialista e A opção brasileira, em 1966, marcando as contradições que viveu no tempo histórico e o contexto que permeou as inflexões de seu pensamento.
Abstract: Mário Pedrosa was a great intellectual of the brazilian left, actively participating in several importante moments of Marxist militancy, both in Brazil and in the world. Throughout his political trajectory, which begins in the 1920s and continues until 1981, with the founding of the Workers' Party as his last major political act, Pedrosa transitioned between different Marxism approaches: he joined the PCB in 1925; discovered Trotskyism on a trip to Europe in 1927, becoming one of its greatest propagators in Latin America and Brazil; and, in the 1940s, Pedrosa became a reference in luxembourgism in Brazil, influencing a whole generation of intellectuals and activists. We will work, in this research, with the political and intellectual inflections of Mário Pedrosa, from PCB communism to Trotskyism, then to Luxembourgism, until the publication of the books “The imperialist option” and “The Brazilian option”, in 1966, marking the contradictions that he lived in historical time and the context that permeated the inflections of his thought.
Palavras-chave: Mário Pedrosa
Trotskismo
Luxemburguismo
PCB
Trajetória intelectual
Mário Pedrosa
Trotskyism
Luxembourgism
PCB
Intellectual trajectory
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em História (FH)
Citação: BOSCO, T. M. M. Um estudo sobre a trajetória teórico-política de Mário Pedrosa (1927 - 1966): o intelectual e as opções da revolução brasileira. 2021. 124 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11773
Data de defesa: 19-Out-2021
Aparece nas coleções:Mestrado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Thiago Martins de Moura Bosco - 2021.pdf1,54 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons