Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11942
Tipo do documento: Dissertação
Título: As vias e o vão: formação territorial e dinâmicas da rede urbana na microrregião Vão do Paranã (GO)
Título(s) alternativo(s): The roads and the van: territorial formation and dynamics of the urban network in the Vão do Paranã microregion (GO)
Autor: Marinho, Rômulo Hemilton Rocha
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5363203632136180
Primeiro orientador: Castilho, Dênis
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4271473426990028
Primeiro membro da banca: Castilho, Dênis
Segundo membro da banca: Bessa, Kelly Cristine Fernandes de Oliveira
Terceiro membro da banca: Barreira, Celene Cunha Monteiro Antunes
Resumo: Entre os caminhos do gado e do garimpo no século XVIII surgiram as primeiras povoações na área fisiográfica do Vão do Paranã (GO). Próximo à fronteira entre Goiás e Bahia, a formação regional do Vão do Paranã reflete os processos históricos de articulação e uso do território brasileiro ao longo do tempo. Neste trabalho, buscou-se analisar o processo de formação dessa região em diferentes contextos e escalas, desde à colonização, passando pelas transformações impulsionadas através da modernização territorial e sua inserção produtiva na economia globalizada do neoliberalismo. Os procedimentos metodológicos basearam-se em pesquisa bibliográfica, levantamento de dados primários e secundários, mapeamento e realização de visitas de campo in loco nos locais investigados. As análises indicam que, em um primeiro momento, a região figurou-se com uma espécie de extensão dos currais baianos e pouco interagiu com as dinâmicas que ocorriam em outras partes de Goiás. Somente no século XX, com o avanço dos projetos de modernização territorial do país, que se configurou um novo arranjo socioespacial por meio da BR 020 que posicionou o Vão do Paranã na rota entre o Nordeste brasileiro e o ascendente Centro-Goiano. Já no alvorecer do século XXI, o adensamento das políticas neoliberais afetou radicalmente a cadeia produtiva da agropecuária no país e trouxe importantes mutações na estrutura territorial dessa região. No interior do vale, notou-se uma significativa ascensão da cadeia produtiva da bovinocultura com um aumento do rebanho, a implementação de confinamentos, abertura de lojas de insumos agropecuários e de frigoríficos. Por outro lado, no limite com os chapadões que formam o Rio São Francisco, a expansão da fronteira agrícola integrou-se à rede urbana regional para formar rotas de escoamento, capitalizar a força de trabalho e acessar os serviços urbanos de alguns municípios situados no Vão do Paranã.
Abstract: Between the cattle and mining paths in the 18th century, the first settlements emerged in the physiographic area of Vão do Paranã (GO). Close to the border between Goiás and Bahia, the regional formation of the Vão do Paranã reflects the historical processes of articulation and use of the Brazilian territory over time. In this work, we sought to analyze the process of formation of this region in different contexts and scales, from colonization, through the transformations driven by territorial modernization and its productive insertion in the globalized economy of neoliberalism. The methodological procedures were based on bibliographic research, collection of primary and secondary data, mapping and on-site field visits to the investigated locations. The analyzes indicate that, at first, the region figured as a kind of extension of the Bahian corrals and little interacted with the dynamics that occurred in other parts of Goiás. Of the country, that a new socio-spatial arrangement was configured through the BR 020 that positioned the Vão do Paranã on the route between the Brazilian Northeast and the ascendant Centro-Goiano. At the dawn of the 21st century, the consolidation of neoliberal policies radically affected the agricultural production chain in the country and brought important changes in the territorial structure of this region. In the interior of the valley, there was a significant rise in the cattle production chain with an increase in the herd, the implementation of confinements, the opening of stores for agricultural inputs and slaughterhouses. On the other hand, at the limit with the plateaus that form the São Francisco River, the expansion of the agricultural frontier was integrated into the regional urban network to form flow routes, capitalize the workforce and access the urban services of some municipalities located in the Vão do Paranã.
Palavras-chave: Formação regional
Modernização territorial
Rede urbana
Microrregião Vão do Paranã (GO)
Regional formation
Territorial modernization
Urban network
Microregion Vão do Paranã (GO)
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA::GEOGRAFIA REGIONAL::REGIONALIZACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA)
Citação: MARINHO, Rômulo Hemilton Rocha. As vias e o vão: formação territorial e dinâmicas da rede urbana na microrregião vão do Paranã (GO). 2021. 112 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2022.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/11942
Data de defesa: 25-Jan-2022
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Rômulo Hemilton Rocha Marinho - 2021.pdf5,05 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons