Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/12187
Tipo do documento: Dissertação
Título: A expansão da fronteira agrícola para o município de Correntina (BA): as (re)existências nas comunidades de Fecho de Pasto
Título(s) alternativo(s): The expansion of the agricultural frontier to the municipality of Correntina (BA): the (re)existences in the communities of Pasture Closing
Autor: Machado, Juliano Alfredo Crisóstomo
Currículo Lattes do Autor: p://lattes.cnpq.br/0491462121066101
Primeiro orientador: Oliveira, Adriano Rodrigues de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1909084450648691
Primeiro membro da banca: Oliveira, Adriano Rodrigues de
Segundo membro da banca: Mendonça, Marcelo Rodrigues
Terceiro membro da banca: Ferreira, Lara Cristine Gomes
Resumo: A partir das inovações provocadas pela Revolução Verde, de maneira geral, a região Oeste da Bahia começou a ser inserida na lógica de produção global e o município de Correntina apresenta especificidades no conjunto de transformações provocadas pela expansão capitalista no espaço agrário. Essas transformações são repercutidas por diversos atores territoriais. A dissertação apresentada, tem por finalidade analisar a produção do espaço agrário identificando os atores responsáveis pelas diferentes formas de apropriação desse espaço. Nesse sentido o objetivo principal é evidenciar a posição dos atores territoriais na apropriação do espaço agrário de Correntina (BA). Para isso, iremos caracterizar e compreender a atuação dos atores territoriais no contexto regional (Oeste Baiano); entender as diferentes perspectivas capitalistas e tradicionais presentes no município evidenciando as estratégias de (re)existência das comunidades tradicionais de fecho de pasto. O aporte teórico utilizado se deu a partir de revisão bibliográfica em livros, teses, dissertações, monografias e textos publicados em periódicos; levantamento de dados secundários para coleta de informações sobre o tema junto à órgãos e instituições. Além dos trabalhos de campos, dificultados pela pandemia de COVID-19, foi feita a análise de participações e publicações de sujeitos ligados às comunidades de fecho de pasto. A partir dessas estratégias metodológicas, o que se pode perceber é que atuações do Estado e do Capital, em Correntina (BA) provocam a expropriação ou ameaçam as comunidades tradicionais de fecho de pasto. A principal estratégia é a grilagem – que se renova com o tempo – tendo a violência como condutora. Além da flexibilização de legislações, o Estado, por meio dos órgãos responsáveis pela titulação dos territórios tradicionais, arrasta e dificulta o processo, dando tempo e recursos para a efetiva apropriação pelos representantes do capital. Contudo, os sujeitos das comunidades encontram novas estratégias para permanecerem na terra, se adaptando e assim construindo uma (Re)existência. Para que os conflitos cessem, os territórios do Fechos de Pasto de Correntina (BA) devem ser titulados e as empresas responsáveis direta ou indiretamente devem ser punidas e fiscalizadas
Abstract: From the innovations caused by the Green Revolution, in general, the West region of Bahia began to be inserted in the logic of global production and the municipality of Correntina presents specificities in the set of transformations caused by capitalist expansion in the agrarian space. These transformations are reflected by different territorial actors. The dissertation presented here aims to analyze the production of agrarian space, identifying the actors responsible for the different forms of appropriation of this space. In this sense, the main objective is to highlight the position of territorial actors in the board of the agrarian space in Correntina (BA). For this, we will characterize and understand the performance of territorial actors in the regional context (West Bahia); understand the different capitalist and traditional perspectives present in the municipality, highlighting the (re)existence strategies of traditional pasture closing/Fundo e Fecho de Pasto communities. The theoric contribution used was based on a bibliographic review in books, theses, dissertations, monographs and texts published in journals; survey of secondary data to collect information on the subject from renowned agencies and institutions. In addition to the field work, made difficult by the COVID-19 pandemic, an analysis was carried out of the participation and publications of subjects linked to the pasture closure communities. From these methodological strategies, what can be seen is that actions of the State and Capital, in Correntina (BA), provoke the expropriation or threaten the traditional communities of pasture closing, the main strategy is the /grilagem land grabbing – which is renewed with the time – having violence as a conductor. And beyond that to making legislation more flexible, the State, through the responsible agencies for the titling of traditional territories, drags and hampers the process, wasting time and resources for the effective appropriation by the capital's representatives. However, the subjects of the communities find new strategies to remain on the land, adapting and thus building a (Re)existence. To avoid the conflicts, the territories of Fechos de Pasto de Correntina (BA) must be titled and the companies directly or indirectly responsible must be punished and inspected.
Palavras-chave: Conflitos no campo
Oeste baiano
Grilagem
Comunidades tradicionais
Geraizeiros
Field Conflicts
West Bahia
Traditional communities
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA::GEOGRAFIA HUMANA::GEOGRAFIA URBANA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA)
Citação: MACHADO , J. A. C. A expansão da fronteira agrícola para o município de Correntina (BA): as (re)existências nas comunidades de Fecho de Pasto. 2022. 126 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2022.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/12187
Data de defesa: 14-Fev-2022
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Juliano Alfredo Crisóstomo Machado - 2022.pdf4,58 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons