Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/12428
Tipo do documento: Dissertação
Título: Construir para integrar, sanear para construir: a edificação da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré e o sanitarismo na fronteira noroeste do Brasil (1903-1913)
Autor: Nascimento, Thais Teixeira do
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4016554218394394
Primeiro orientador: Langaro, Jiani Fernando
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9918372985460845
Primeiro membro da banca: Langaro, Jiani Fernando
Segundo membro da banca: Queiroz, Paulo Roberto Cimó
Terceiro membro da banca: Magalhães, Sônia Maria de
Quarto membro da banca: Garcia, Ana Karine Martins
Resumo: A construção da ferrovia Madeira-Mamoré (1907-1912) foi um empreendimento concebido pelo governo boliviano ainda no século XIX. Entre os anos de 1878 e 1879, houve uma primeira tentativa de edificação – em parceria com o governo imperial brasileiro – em que foram construídos os primeiros sete quilômetros da linha férrea. O projeto, no entanto, não foi concluído devido ao constante adoecimento e morte de trabalhadores durante a realização das obras. Após essa tentativa frustrada, o empreendimento foi abandonado, sendo retomado novamente 28 anos depois, como uma das indenizações do Brasil à Bolívia, pela cessão do Acre, conforme acordado no Tratado de Petrópolis (1903). Esta dissertação de mestrado, por seu turno, tem como objetivo problematizar as formas como o empreendimento se consolidou em meio a conflitos políticos e a graves problemas sanitários. Após toda a análise realizada ao longo da dissertação, foi possível perceber que a carência de políticas públicas e obras eficazes para o saneamento do local foi responsável pela potencialização dos óbitos ocorridos durante a construção da EFMM, sendo esse um dos motivos da criação de alcunhas como “Ferrovia da Morte” ou “Ferrovia do Diabo” para o empreendimento
Abstract: The construction of the Madeira-Mamoré railway (1907-1912) was an undertaking conceived by the Bolivian government in the 19th century. Between 1878 and 1879, there was the first attempt at construction – in partnership with the Brazilian imperial government – ​​in which the first seven kilometers of the railway line were built. The project, however, was not completed due to the constant illness and death of workers during the work. After this failed attempt, the enterprise was abandoned, being resumed again 28 years later as one of the indemnities from Brazil to Bolivia, for the cession of Acre, as agreed in the Treaty of Petrópolis (1903). This master's thesis, in turn, aims to problematize how the enterprise was consolidated during political conflicts and serious health problems. After all the analysis carried out throughout the dissertation, it was possible to perceive that the lack of public policies and effective works for the sanitation of the place was responsible for the potentiation of the deaths that occurred during the construction of the EFMM, being this one of the reasons for the creation of nicknames such as “Ferrovia da Morte” or “Ferrovia do Diabo” for the enterprise.
Palavras-chave: Ferrovia
Fronteira
Madeira-Mamoré
Oswaldo Cruz
Malária
Border
Madeira-Mamoré
Oswaldo Cruz
Malaria
Railroad
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em História (FH)
Citação: NASCIMENTO, T. T. Construir para integrar, sanear para construir: a edificação da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré e o sanitarismo na fronteira noroeste do Brasil (1903-1913). 2022. 173 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de História) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2022.
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/12428
Data de defesa: 29-Ago-2022
Aparece nas coleções:Mestrado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Thais Teixeira do Nascimento - 2022.pdf3,02 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons