Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3085
Tipo do documento: Dissertação
Título: Leitura em língua inglesa: a colaboração na compreensão de textos numa abordagem técnico-profissional
Título(s) alternativo(s): Reading in English: collaboration in understanding texts in a professional-technical approach
Autor: Carvalhaes, Lidia Nunes de Ávila
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4590690216413754
Primeiro orientador: Figueiredo, Francisco José Quaresma de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1701940743664871
Resumo: Esta dissertação tem por objetivo analisar e compreender como a colaboração em pares de alunos pode cooperar para a compreensão textual em língua inglesa, interpretando as estratégias de leitura e a comunicação utilizadas por eles para mediar a interação, numa abordagem de inglês para fins específicos. A pesquisa, fundamentada na teoria sociocultural de Vygotsky e de seus colaboradores, pretende demonstrar que, ao trabalharem em conjunto, os participantes têm a oportunidade de interagir e podem auxiliar uns aos outros no entendimento do texto, possibilitando o desenvolvimento cognitivo que, segundo este autor, ocorre primeiramente no plano interpsicológico e depois se internaliza. Os dez participantes deste estudo são alunos do curso Técnico em Informática do Instituto Federal Goiano, Câmpus Rio Verde, e a disciplina de Inglês Técnico faz parte da matriz curricular deste curso. Trata-se de uma investigação qualitativa em que os participantes revisam juntos a compreensão de textos e reconstroem a solução das questões propostas durante três tarefas de leitura. Ao final de cada tarefa colaborativa, entrevistas semiestruturadas foram realizadas com os alunos na intenção de conhecer as suas percepções sobre o trabalho desenvolvido em duplas. Os diálogos produzidos durante as interações dos participantes foram gravados em áudio e posteriormente transcritos e analisados. Com base nos resultados obtidos, pudemos observar que os alunos fizeram uso de atividades sociocognitivas e de estratégias para mediar a interação, atitudes que dão base ao processo cognitivo, permitindo o desenvolvimento de maior autonomia na realização da tarefa, e ajudam no seu cumprimento bem-sucedido, conforme apontam Brooks e Donato (1994) e Villamil e Guerrero (1996). Observamos também que os participantes sentiram-se mais interessados e estimulados a realizar as tarefas que envolveram conteúdos mais próximos da realidade acadêmica e profissional deles, corroborando os princípios da abordagem instrumental que recomendam aliar os conhecimentos da área específica com a língua-alvo para atender às necessidades dos alunos e de sua formação (CELANI, 2009; HUTCHINSON; WATERS, 1987). Podemos dizer, portanto, que, por meio da interação, os aprendizes vivenciaram situações concretas de prática linguística, percebendo que podem aprender uns com os outros e tomando ciência de seu papel ativo no processo de aprendizagem, o que favorece a aquisição da LE/L2. Dessa forma, a colaboração na aprendizagem de leitura em inglês, numa abordagem instrumental, constituise numa estratégia profícua e bastante interessante, pois esse conhecimento é co-construído, partilhado e adquirido, o que o torna legítimo, destacando a importância do social para o ensino e para a aprendizagem, não só de uma LE/L2, mas também como condição essencial para o desenvolvimento cognitivo do ser humano (VYGOTSKY, 1998).
Abstract: This thesis aims to analyze and understand how the collaboration of pairs of students can cooperate to textual comprehension in English, interpreting the reading strategies and communication used by them to mediate the interaction, in an approach of English for Specific Purposes. The research, based on Vygotsky‟s sociocultural theory and his collaborators, aims to demonstrate that, by working together, participants have the opportunity to interact and can assist each other in understanding the text, allowing the cognitive development that, according to the author, occurs primarily in the interpsychological plan and then is internalized. The ten participants are Técnico em Informática students of Instituto Federal Goiano, Rio Verde Campus, and the discipline of Inglês Técnico is part of this course curriculum. This is a qualitative investigation of three reading tasks in which participants revise together the comprehension of exercises and reconstruct the solution for the proposed questions. At the end of each collaborative task, semi-structured interviews were conducted with students in order to obtain their perceptions of the work developed in pairs. The dialogues produced during the participants‟ interactions were recorded in audio and later transcribed and analyzed. Based on the results, we observed that the students made use of strategies and sociocognitive activities to mediate the interaction. These attitudes underlie the cognitive process, allowing the development of greater autonomy in carrying out the task, and assist in its successful completion, as pointed by Donato and Brooks (1994) and Guerrero and Villamil (1996). We also observed that participants felt more interested and stimulated to perform tasks involving content closer to their academic and professional reality, supporting the principles of English for Specific Purposes that recommend combining the knowledge of the specific area with the target language to suit students‟ needs and also the needs of their education (CELANI, 2009; HUTCHINSON; WATERS, 1987). We can therefore say that, through interaction, learners experienced concrete situations of linguistic practice, realizing that they can learn from each other and becoming aware of their active role in the learning process, which favors the acquisition of FL/L2. Thus, collaboration in learning to read in English, in an English for Specific Purposes approach, constitutes a very fruitful and interesting strategy, because this knowledge is co-constructed, acquired and shared, making it legitimate, highlighting the importance of the social component to teaching and learning, not just of a FL/L2, but also as an essential condition for human cognitive development (VYGOTSKY, 1998).
Palavras-chave: Aprendizagem colaborativa
Inglês para fins específicos
Interação
Leitura
Collaborative learning
English for specific purposes
Interaction
Reading
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: CARVALHAES, Lidia Nunes de Ávila. Leitura em língua inglesa: a colaboração na compreensão de textos numa abordagem técnico-profissional. 2013. 141 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3085
Data de defesa: 10-Mai-2013
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao Lidia N de A Carvalhaes.pdfDissertação - PPGLLIN/RG - Lidia Nunes de Avila Carvalhaes4,66 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons