Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3118
Tipo do documento: Tese
Título: Perfil bioquímico sérico e do fluido folicular e qualidade ovocitária em vacas leiteiras durante o pós-parto no verão e inverno
Título(s) alternativo(s): Biochemical profile of serum and follicular fluid and oocyte quality of dairy cows during postpartum on summer and winter
Autor: Alves, Bênner Geraldo
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2502439704413583
Primeiro orientador: Gambarini, Maria Lúcia
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4440003524956701
Primeiro coorientador: Filho, Benedito Dias de Oliveira
Segundo Coorientador: Jacomini, José Octavio
Primeiro membro da banca: Meirinhos, Maria Lúcia Gambarini
Segundo membro da banca: Lopes, Dyomar Toledo
Terceiro membro da banca: Santos, Klayto José Gonçalves dos
Quarto membro da banca: Viu, Marco Antônio de Oliveira
Quinto membro da banca: Dias Filho, Francisco de Carvalho
Resumo: Considerável número de publicações têm reportado o declínio da eficiência reprodutiva em vacas leiteiras e existem evidências de associação entre alta produção de leite com distúrbios reprodutivos, predisposição para o balanço energético negativo (BEN) e qualidade inferior do ovócito. Outro fator que contribui para a baixa fertilidade é o estresse térmico (ET), que associado à elevada produção de calor metabólico, torna a vaca lactante mais susceptível aos seus efeitos. No Brasil, a raça Girolando evoluiu zootecnicamente nas últimas décadas e sua maior capacidade de adaptação às condições ambientais, tem se mostrado uma alternativa interessante para a produção de leite nos trópicos. No entanto, até o momento nenhum estudo abordou os efeitos do BEN e do ET sobre o perfil metabólico e do fluido folicular de folículos dominantes, a dinâmica folicular e a qualidade dos ovócitos durante a lactação em diferentes estações do ano, logo o entendimento destes parâmetros torna-se de fundamental importância para avaliação do potencial produtivo da raça. Os resultados deste estudo demonstram que os desafios BEN e ET no início da lactação diminuem o escore de condição corporal e alteram as concentrações séricas e foliculares de diversos metabólitos, indicando que tais mudanças são refletidas no ambiente folicular de folículos dominantes podendo comprometer a qualidade do ovócito e das células da granulosa. Além disso, os dados revelam que variáveis clínicas e meteorológicas podem influenciar a foliculogênese, a dominância folicular e a qualidade ovocitária. Dessa forma, esses resultados são importantes para o entendimento da patogênese da subfertilidade que acomete bovinos leiteiros durante o pós-parto e sob condições ambientais desfavoráveis.
Abstract: Considerável número de publicações têm reportado o declínio da eficiência reprodutiva em vacas leiteiras e existem evidências de associação entre alta produção de leite com distúrbios reprodutivos, predisposição para o balanço energético negativo (BEN) e qualidade inferior do ovócito. Outro fator que contribui para a baixa fertilidade é o estresse térmico (ET), que associado à elevada produção de calor metabólico, torna a vaca lactante mais susceptível aos seus efeitos. No Brasil, a raça Girolando evoluiu zootecnicamente nas últimas décadas e sua maior capacidade de adaptação às condições ambientais, tem se mostrado uma alternativa interessante para a produção de leite nos trópicos. No entanto, até o momento nenhum estudo abordou os efeitos do BEN e do ET sobre o perfil metabólico e do fluido folicular de folículos dominantes, a dinâmica folicular e a qualidade dos ovócitos durante a lactação em diferentes estações do ano, logo o entendimento destes parâmetros torna-se de fundamental importância para avaliação do potencial produtivo da raça. Os resultados deste estudo demonstram que os desafios BEN e ET no início da lactação diminuem o escore de condição corporal e alteram as concentrações séricas e foliculares de diversos metabólitos, indicando que tais mudanças são refletidas no ambiente folicular de folículos dominantes podendo comprometer a qualidade do ovócito e das células da granulosa. Além disso, os dados revelam que variáveis clínicas e meteorológicas podem influenciar a foliculogênese, a dominância folicular e a qualidade ovocitária. Dessa forma, esses resultados são importantes para o entendimento da patogênese da subfertilidade que acomete bovinos leiteiros durante o pós-parto e sob condições ambientais desfavoráveis.
Palavras-chave: balanço energético
estresse térmico
fluido folicular ovócito
vaca leiteira
energy balance
electrolytes
heat stress
follicular fluid
oocyte
dairy cattle
Área(s) do CNPq: ANATOMIA::ANATOMIA ANIMAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ)
Citação: ALVES, Bênner Geraldo. Perfil bioquímico sérico e do fluido folicular e qualidade ovocitária em vacas leiteiras durante o pós-parto no verão e inverno. 2013. 115 f. Tese (Doutorado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3118
Data de defesa: 24-Jan-2013
Aparece nas coleções:Doutorado em Ciência Animal (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese Benner Geraldo Alves.pdftese1,81 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons