Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3330
Tipo do documento: Dissertação
Título: Paideía filosófica:o sentido da formação n'a república de Platão
Título(s) alternativo(s): Philosophical paideía: the direction of human formation n'a Plato's republic
Autor: Bollis, Silvana
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7853128328185674
Primeiro orientador: Coêlho, Ildeu Moreira
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4116924347437078
Primeiro membro da banca: Coêlho, Ildeu Noreira
Segundo membro da banca: Fernandes, Marcos Aurélio
Terceiro membro da banca: Guimarães, Ged
Resumo: Esta dissertação insere-se na linha de pesquisa “Fundamentos dos processos educativos” e discute o sentido da paideía filosófica, a formação humana n’A República. De cunho bibliográfico e teórico no sentido grego do termo, este trabalho se constitui uma indagação pelo ser e pelo sentido da educação. Sentido esse, que hoje parece ter perdido de vista sua arkhé, princípio orientador da formação do homem, na perspectiva do ideal da paideía. Nessa época em que o discurso e a prática pedagógica se restringem à compreensão limitada e pobre da educação, confundida com a escola, como se esses termos fossem sinônimos, a filosofia grega ensina que o télos, fim da educação é a conversão da alma ao Bem. Sócrates provoca o educador da atualidade a gestar as ideias e os conceitos, pensar o real por meio do lógos, questionando o saber instituído pelo exercício da maiêutica e dessa forma, a educação se realiza plenamente, como periagogé, movimento de girar o olhar, do plano sensível ao inteligível, elevando-se à perfeição, à areté, virtude, que torna possível a realização das potencialidades do homem na busca incansável pela eudaimonía, felicidade. Pensar com Platão os problemas da educação significa interrogar o sentido da vida coletiva, do éthos, do mundo da cultura, da criação instituinte e normativa, diz respeito ao âmbito da liberdade e da autonomia pensadas pela primeira vez na história, como forma grega de participação efetiva nas decisões dos rumos da pólis. A compreensão de que o presente tem suas bases fundadas na tradição, justifica o retorno à gênese da filosofia, caminho escolhido para pensar esta investigação. A teoria platônica das Formas, como matriz conceitual possibilita elevar-se da esfera da superficialidade, saindo do plano das sombras do real em busca do verdadeiro, daquilo que faz ser, é formativo ao constituir a humanidade do homem.
Abstract: This work is part of the research line "Fundamentals of educational processes" and discusses the meaning of philosophical paideía, the human n' The Republic. Of bibliographical and theoretical in the Greek sense of the term, this work is a quest for the meaning of being and education. This sense, we now seem to have lost sight of their arkhé, guiding principle of the formation of man, in view of the ideal of paideía. At that time the discourse and pedagogical practice restricted to limited understanding and poor education confused with the school as if these terms were synonymous, Greek philosophy teaches that the télos, the end of education is the conversion of the soul to the Well. Socrates leads the educator of today to gestate ideas and concepts thinking of the real through lógos, and questioning established knowledge by the exercise of maiêutica. Education is fully realized as periagogé, motion of rotating the look from the sensible to the intelligible plan, rising to perfection, the areté is the virtue which leads to overcoming limits and allows the realization of the potentialities of man in the tireless search for eudaimonía, happiness. To think with Plato the problems of education means to interrogate the sense of collective life, the éthos, the world of culture, creating and instituting rules, concerns the scope of the freedom and autonomy of thought for the first time in history, as the Greek form of participation effective decisions in the direction of the pólis. The realization that this has its foundations based on tradition, justifies the return to the genesis of philosophy, chosen path for thinking this investigation. The Platonic theory of Forms as conceptual matrix enables raising up the realm of superficiality, coming out of the plane of the shadows of the real in search for truth, what makes it is formation to be the humanity of man.
Palavras-chave: Paideía
Formação
Educação
Autonomia
Formation
Education
Autonomy
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Educação (FE)
Citação: BOLLIS, Silvana. Paideía filosófica:o sentido da formação n'a república de Platão. 2013. 102 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3330
Data de defesa: 27-Set-2013
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação- Silvana Bollis- 2013.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons