Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3367
Tipo do documento: Dissertação
Título: A tradução do conhecimento nas práticas de Promoção da Saúde
Título(s) alternativo(s): Knowledge translation in health promotion practice
Autor: Arantes, Bárbara Morais
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/9007495561793892
Primeiro orientador: Marcelo, Vânia Cristina
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6650368201862218
Primeiro membro da banca: Marcelo, Vânia Cristina
Segundo membro da banca: Costa, Luciane Ribeiro Rezende Sucasas da
Terceiro membro da banca: Nunes, Maria de Fátima
Resumo: Muito conhecimento tem sido produzido na área de Promoção da Saúde (PS), porém essas informações nem sempre são traduzidas de forma que possam ser incorporadas na prática cotidiana de gestores e profissionais de saúde no nível local. A tradução do conhecimento pode contribuir para processos mais efetivos em saúde. O objetivo deste estudo foi analisar a efetividade da tradução do conhecimento (TC) no contexto da promoção da saúde por gestores e profissionais em saúde pública. As estratégias utilizadas foram levantamento bibliográfico, entrevistas narrativas semi-estruturadas com gestores e profissionais de um município de grande porte e análise documental com resgate de documentos sobre Promoção de Saúde. A análise de conteúdo foi aplicada para o estabelecimento das categorias analíticas. Sobre os conceitos de PS notou-se que há grande confusão com outros conceitos; as ações de PS relatadas originam-se de programas e publicações oficiais e os entrevistados demonstraram considerar quaisquer ações não clínicas como sendo de PS; as fontes de conhecimento sobre PS foram mais associadas a documentos oficiais que a artigos científicos, sendo estes referidos quando da realização de cursos de pós-graduação; pouco se conhece a respeito de tradução do conhecimento; os principais desafios foram relativos a acesso e linguagem científica, sendo que o acesso a publicações de caráter científico tem se tornado maior pela disponibilização on-line; entre as sugestões destaca-se a demanda de educação permanente por gestores e profissionais. Conclui-se que a tradução do conhecimento no contexto da Promoção da Saúde se dá de forma mais efetiva pelos profissionais da atenção básica, que pelos gestores; ainda há confusão de conteúdos e conceitos de Promoção da Saúde com forte vinculação à prevenção e à educação em saúde; as práticas de Promoção são associadas àquelas induzidas pelas políticas públicas e pelos programas oficiais predominantemente originários de documentos e manuais do Ministério da Saúde, principal fonte utilizada por gestores e profissionais; o acesso aos novos conhecimentos foi associado ao mundo acadêmico por meio de internet, bem como às fontes oficiais por meio dos documentos e manuais, sobre os processos de tradução do conhecimento destacaram-se as atividades coletivas como oficinas e leitura em grupo; entre os desafios citados destacam-se a dificuldade de acesso a sítios restritos e/ou pagos na internet, constituição de espaços de discussões e trocas de experiências.
Abstract: Much knowledge has been produced in the area of Health Promotion (HP), but this information is not always translated so that it can be incorporated into everyday practice of health managers and professionals at the local level. The knowledge translation (KT) can contribute to more effective processes in health. The aim of this study was to analyze the effectiveness of KT in the context of health promotion for managers and professionals in public health. The strategies used were literature survey, semi-structured narrative interviews with managers and professionals of a large municipality and documentary analysis of Health Promotion. Content analysis was applied to establish the analytical categories. About the concepts of HP, it was noted that there is still a great confusion with other concepts; the HP actions reported arouse from programs and official publications and the respondents considered any action which was not clinical as being HP; knowledge sources of HP were associated with official documents more than with scientific papers, which were referred only when postgraduate courses were taken; little is known about knowledge translation; the main challenges were related to access and to scientific language, the access to publications of scientific papers has become more available online; among the challenges it is highlighted the great demand for permanent education for managers and professionals. We conclude that the knowledge translation in the context of health promotion takes place most effectively by the primary care team, which by managers; there is still confusion of content and concepts of health promotion with strong linkages to prevention and education health; promotion practices are associated to those induced by public policies and programs predominantly from official documents and manuals from the Ministry of Health, principal source used by managers and professionals, access to new knowledge was associated with the academic world by internet, official sources by the documents and manuals, on the processes of knowledge translation most important were collective activities such as workshops and reading group, among these challenges include the difficulty of access to restricted sites and / or paid on the Internet, setting up spaces for discussion and exchange of experiences.
Palavras-chave: Promoção da saúde
Gestão do conhecimento para a pesquisa em saúde
Tradução do conhecimento
Comunicação e divulgação científica
Health promotion
Knowledge management for health research
Knowledge translation
Scientific communication and diffusion
Área(s) do CNPq: ODONTOLOGIA::CLINICA ODONTOLOGICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Odontologia - FO (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Odontologia (FO)
Citação: ARANTES, Bárbara Morais. A tradução do conhecimento nas práticas de Promoção da Saúde. 2014. 82 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3367
Data de defesa: 5-Fev-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Odontologia (FO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Bárbara Morais Arantes - 2014.pdf750,11 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons