Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3419
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação ambiental das unidades da paisagem do Parque Municipal Serra da Areia e sua Zona de Amortecimento em Aparecida de Goiânia-GO
Título(s) alternativo(s): Environmental assessment of the landscape unit of the Parque Municipal Serra da Areia and its Buffer Zone in Aparecida de Goiânia - GO
Autor: Mendonça Neto, Wilson Lopes
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4690646667555153
Primeiro orientador: Campos, Alfredo Borges de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3249635044992714
Primeiro coorientador: Chaveiro, Eguimar Felício
Primeiro membro da banca: Souza, Lucas Barbosa e
Segundo membro da banca: Barreira, Celene Cunha Monteiro Antunes
Terceiro membro da banca: Chaveiro, Eguimar Felício
Quarto membro da banca: Campos, Alfredo Borges de
Resumo: No contexto de diversas aglomerações urbanas e, em específico da Região Metropolitana de Goiânia - RMG, um dos grandes desafios que se apresenta na atualidade diz respeito à disponibilidade de áreas de mananciais, a manutenção de suas qualidades e, ainda, a distribuição dos recursos hídricos por meio de sistemas públicos de abastecimento. Na RMG o abastecimento de água é realizado, principalmente, pela empresa de Saneamento de Goiás S/A – SANEAGO e, secundariamente, por sistemas independentes municipais. Goiânia (1.333.767 habitantes), Aparecida de Goiânia (500.619 habitantes) e Trindade (107.966 habitantes) são os municípios mais populosos e a soma de seus habitantes (1.915.952) corresponde a mais de 85% da população da RMG. Esses três municípios possuem em comum o fato de serem atendidos por um único sistema integrado de abastecimento de água que é formado por áreas de mananciais do Ribeirão João Leite, do Rio Meia Ponte, do Córrego Samambaia, do Córrego Arrozal e do Córrego Lajes. Este trabalho versou sobre uma das áreas de mananciais que compõem esse sistema integrado. A área corresponde a Unidade de Conservação, Parque Municipal Serra da Areia, que se localiza totalmente no município de Aparecida de Goiânia e, também, sua Zona de Amortecimento, que abrange áreas dos municípios de Aparecida de Goiânia, Goiânia, Hidrolândia, Aragoiânia e Abadia de Goiás. Teve-se como objetivo a realização de uma Avaliação Ambiental da área. Para tal, as observações e análises foram amparadas por concepções desenvolvidas no âmbito do Estudo das Paisagens em geografia física e na metodologia Pressão-Estado-Resposta desenvolvida para elaboração e análise de indicadores ambientais. Foram utilizadas ferramentas SIGs, a partir das quais foram elaborados recursos ilustrativos como mapas temáticos, infográficos, ilustrações esquemáticas, quadros e tabelas a fim de melhor representar os resultados consolidados e o processo de organização e execução da pesquisa. A área de estudo foi investigada por meio de quatro vias principais: o levantamento de fontes bibliográficas sobre a área de estudo; realização de entrevistas com diversos atores envolvidos com a gestão, o planejamento e a exploração dos recursos da área; aquisição, tratamento digital de imagens de satélite para extração e análise de dados e informações geográficas da área, o que envolveu, também, a realização de trabalhos de campo para verificação in loco dessas informações; obtenção, organização e análise de dados secundários disponibilizados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A partir dos procedimentos adotados realizou-se o mapeamento das Unidades da Paisagem da área de estudo, sobre as quais, foi realizada a avaliação ambiental. Os dados foram sintetizados em um índice de qualidade ambiental, expresso por um mapa de qualidade ambiental, a partir do qual foi possível identificar e avaliar diversos contextos ambientais. Os resultados demonstraram diferentes níveis de alteração das paisagens e, consequentemente, do quadro ambiental. A principal consequência relacionada ao cenário identificado é o risco de esgotamento e/ou contaminação dos recursos hídricos, dos quais dependem atualmente mais de 100.000 domicílios de Aparecida de Goiânia.
Abstract: In the context of various urban agglomerations, and in particular the Metropolitan Region of Goiania - RMG, a major challenge that presents today is the availability of water sources, its qualities and also the distribution of water resources for public water supplies. The water supply for RMG is primarily carried out by the company Sanitation Goiás S / A - Saneago and secondarily by independent municipal systems. Goiânia (1.333.767 inhabitants), Aparecida de Goiânia (500.619 inhabitants) and Trindade (107.966 inhabitants) are the most populous municipalities and the sum of its inhabitants (1.915.952) represents more than 85% of the population of RMG. These three municipalities have in common the fact that they are served by a single integrated system of water supply formed by watershed areas of Ribeirão João Leite, Meia Ponte River, Córrego Samambaia, Córrego do Arrozal and Córrego Lajes. This work focused about one of the watershed areas that make up this integrated system. The area corresponds to the Conservation Unit, Parque Municipal Serra da Areia, which is located entirely in the city of Aparecida de Goiânia and, too, its Buffer Zone, that covers areas of the municipalities of Aparecida de Goiania, Goiania, Hidrolandia, and Aragoiânia, and Abadia de Goiás. The aimed was conduct an Environmental Assessment. To this end, observations and analysis were supported by concepts developed within the Study of Landscapes in Physical Geography and methodology Pressure-State-Response utilized for preparation and analysis of environmental indicators. In order to support the organization, the analysis and synthesis of spatial data included in the survey GIS tools were used. From the application of these tools were prepared illustrative resources as thematic maps, infographics, schematic illustrations and tables in order to best represent the consolidated results and the process of organization and execution of the research were developed. The study area was investigated through four main channels: a survey of literature sources on the study area; interviews with various actors involved in the management, planning and the exploitation of resources of the area; acquisition, digital processing of satellite images for extraction and analysis of data and geographic information of the area, which also involved conducting fieldwork for spot verification of such information; obtaining, organizing and analyzing secondary data provided by the National Research by Household Sample, the Brazilian Institute of Geography and Statistics. From the adopted procedures were realized the mapping of landscape units of the study area, over which the environmental assessment was performed. Data were summarized in an index of environmental quality, expressed by a map of environmental quality, from which it was possible to identify and evaluate various environmental contexts. Results demonstrated different levels of changing landscapes and, consequently, the environmental framework. The main consequence related to the identified scenario is the risk of exhaustion and / or pollution of water resources on which they depend are currently more than 100,000 households in Aparecida de Goiânia.
Palavras-chave: Unidades de conservação
Avaliação ambiental
Unidades da paisagem
Áreas de mananciais
Conservation units
Environmental assessment
Landscape unit
Water source areas
Área(s) do CNPq: GEOGRAFIA REGIONAL::ANALISE REGIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA)
Citação: MENDONÇA NETO, Wilson Lopes. Avaliação ambiental das unidades da paisagem do Parque Municipal Serra da Areia e sua Zona de Amortecimento em Aparecida de Goiânia-GO. 2014. 117 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3419
Data de defesa: 25-Ago-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Wilson Lopes Mendonça Neto - 2014.pdf6,11 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons