Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3578
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise microscópica e da imunoexpressão dos marcadores de proliferação celular Ki-67 e Ciclina B1 no epitélio gengival de pacientes sob terapia com nifedipina
Autor: Castro, Luciano Alberto de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/1749024668988981
Primeiro orientador: Mendonca, Elismauro Francisco de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/2305019128015847
Primeiro coorientador: Batista, Aline Carvalho
Primeiro membro da banca: Mendonça, Elismauro Francisco de
Segundo membro da banca: Guimarães, Maria do Carmo Machado
Terceiro membro da banca: Guilherme, Adérico Santana
Resumo: O crescimento gengival induzido por drogas (CGID) é um efeito adverso associado ao uso crônico de três medicamentos principais: a fenitoína, um anticonvulsivante, a ciclosporina, uma droga imunossupressora e os agentes farmacológicos conhecidos como bloqueadores dos canais de cálcio (BCC). A nifedipina é um bloqueador dos canais de cálcio que, por sua potente ação vasodilatadora, tornou-se uma droga largamente utilizada em cardioterapia, especialmente, para controle da hipertensão arterial. O presente trabalho teve como objetivo avaliar as características microscópicas e o índice proliferativo epitelial do tecido gengival de pacientes sob terapia crônica com nifedipina. Para este fim, foram obtidas vinte amostras de tecido gengival de usuários crônicos de nifedipina, sendo que, a maioria dos pacientes não apresentava CG clinicamente detectável. Para fins comparativos, foram utilizadas nove amostras de tecido gengival de pacientes saudáveis e não usuários de drogas indutoras de CG (controle). As amostras foram avaliadas microscopicamente, por meio da coloração de hematoxilina-eosina, quanto ao tamanho das cristas epiteliais. Para a avaliação do índice proliferativo epitelial, foi realizada a identificação celular das proteínas Ki-67 e Ciclina B1 pela técnica da imunoistoquímica (streptavidina-biotina-peroxidase), bem como a quantificação das células positivas (células +) por mm2. Os resultados revelaram que os pacientes usuários de nifedipina exibiram um tecido epitelial com cristas significativamente mais longas do que os pacientes do grupo controle (Mann-Whitney, p=0,02). No entanto, quanto à atividade proliferativa dos queratinócitos, não pôde ser observada diferença significante entre os dois grupos (Mann-Whitney, p>0,05). Os achados revelaram que as alterações microscópicas observadas no epitélio de pacientes usuários de nifedipina não ocorreram por aumento da atividade mitótica dos queratinócitos, mas considerando dados da literatura, sugere-se que este aumento possa ocorrer devido a uma inibição da taxa de apoptose destas células.
Abstract: Drug induced gingival overgrowth (DIGO) is an adverse effect associated with the chronic use of three main drugs: phenytoin, an anticonvulsant, cyclosporin, an immunosuppressant drug and the pharmacological agents known as calcium channel blockers (CCB). Nifedipine is a calcium channel blocker, which because of its strong vessel dilating action has become widely used in cardiotherapy, in particular for the control of arterial hypertension. The aim of this study is to evaluate the microscopic characteristics and the epithelial proliferation index of gingival tissue in patients undergoing chronic treatment with nifedipine. To do so, twenty samples of gingival tissue of patients undergoing chronic treatment with nifedipine were obtained. The majority of these patients did not present clinically detectable gingival overgrowth. For comparative purposes, nine samples of gingival tissues of healthy patients who did not use drugs associated with gingival overgrowth (control) were used. The samples were microscopically analyzed using hematoxylin-eosin staining, to determine the size of the epithelial rete pegs. To carry out the epithelial proliferation index evaluation, a cellular identification of the Ki-67 and B1 Cyclin proteins was done using the immunohistochemical technique (streptavidin-biotin-peroxidase), as well as the quantification of positive cells (+cells) in mm².The results showed that the epithelial tissue of nifedipine users has considerably longer rete pegs that of the control group (Mann-Whitney, p=0.02). However, with regard to the proliferating activity of the keratinocytes, no significant difference was observed between the two groups (Mann-Whitney, p>0.05). The findings show that the microscopic alterations observed in the epithelium of nifedipine users are not caused by the mitotic activity of the keratinocytes but taking data from the literature into consideration, it is suggested that this increase might be caused by an inhibition of apoptosis rate of these same cells.
Palavras-chave: Efeitos adversos
Proliferação de células
Apoptose
Nifedipina
Adverse effect
Cell proliferation
Apoptosis
Nifedipine
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Odontologia - FO (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Odontologia (FO)
Citação: Castro, Luciano Alberto de. Análise microscópica e da imunoexpressão dos marcadores de proliferação celular Ki-67 e Ciclina B1 no epitélio gengival de pacientes sob terapia com nifedipina. 2006. 85 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3578
Data de defesa: 28-Fev-2006
Aparece nas coleções:Mestrado em Odontologia (FO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao - Luciano Alberto de Castro - 2006.pdf798,51 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons