Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3593
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorLima, Liwcy Keller de Oliveira Lopes-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2111980443193547por
dc.contributor.advisor1Tipple, Anaclara Ferreira Veiga-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4288704233343920por
dc.contributor.referee1Tipple, Anaclara Ferreira Veiga-
dc.contributor.referee2Rapparini, Cristiane-
dc.contributor.referee3Paiva, Enilza Maria Mendonça-
dc.contributor.referee4Pereira, Milca Severino-
dc.contributor.referee5Teles, Sheila Araújo-
dc.date.accessioned2014-11-10T20:09:55Z-
dc.date.issued2012-05-07-
dc.identifier.citationLIMA, Liwcy Keller de Oliveira Lopes. Registros de Acidentes com Material Biológico na Prática Odontológica no Estado de Goiás, 1996-2010. 2012. 138 F. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2012.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3593-
dc.description.resumoA prática odontológica é caracterizada pela constante possibilidade de exposição tanto da equipe quanto dos pacientes a material biológico (MB) potencialmente contaminados com diversos agentes infecciosos, sendo necessário o conhecimento da epidemiologia dessas exposições para o desenvolvimento de medidas de gerenciamento de risco. O presente estudo teve como objetivo geral analisar a epidemiologia dos acidentes ocupacionais com exposição a MB entre profissionais e estudantes de odontologia em Goiás e como específicos verificar a frequência e o perfil dos acidentes com MB em estudantes e profissionais de odontologia atendidos em um serviço de referência para atendimento à exposição ocupacional com MB, caracterizar as condutas pré e pós-exposição e de acompanhamento recomendadas para essa população e analisar os fatores sociodemográficos e laborais associados à ocorrência de acidentes com MB por exposição percutânea entre profissionais e estudantes de odontologia atendidos em um serviço de referência. Trata-se de um estudo epidemiológico, retrospectivo e analítico desenvolvido em um hospital de referência para o atendimento de acidentes ocupacionais com exposição a MB do Estado de Goiás. Foram analisadas todas as fichas de registro de acidente com MB entre profissionais e estudantes de odontologia atendidos nessa instituição até dezembro de 2010. Os dados foram coletados por meio do preenchimento de um formulário padronizado contendo informações pessoais, descrição do acidente, tempo decorrido entre o acidente e o primeiro atendimento, condutas pós-exposição e medidas profiláticas. Os dados foram analisados pelo SPSS 15.0 e pelo OpenEpi 2.3.1., foi realizada análise estatística descritiva pelas medidas de frequência e análise univariada por meio de testes qui-quadrado e exato de Fisher. Foram notificados 628 acidentes entre profissionais e estudantes de odontologia no período de 1996, ano do primeiro registro, a 2010, sendo que 77,1% eram do sexo feminino. Alguns indivíduos relataram mais de um acidente, totalizando assim 701 acidentes com exposição a MB que compõem a população do estudo. No ano de 2008 houve a maior frequência de registros de acidentes (97; 13,8%) e desses 18,6% eram CD. Em 92,2% dos casos, a situação vacinal contra hepatite B dos acidentados foi descrita, sendo que desses 70,8% receberam as três doses. Em 84,9% dos casos não havia registro da realização do anti-HBs pelas vítimas. Os acidentes foram predominantemente (658; 93,9%) percutâneos, sendo a agulha o instrumento causador da lesão em 49,7%. Durante a realização de algum procedimento odontológico, foi a circunstância em que os acidentes mais ocorreram (388; 55,4%), e o dedo da mão a área corporal mais atingida (493; 70,3%). Destacou-se a ausência de informações em diversos casos, principalmente em relação ao MB envolvido no acidente, uso de equipamento de proteção individuaI no momento do acidente, instituições onde as vítimas exerciam suas atividades no momento do acidente e/ou eram vinculadas e o preenchimento da Comunicação de Acidente de Trabalho. Quanto às condutas pós-exposição, na maioria (635; 90,6%) dos acidentes, o atendimento na instituição ocorreu em até 72 horas, entretanto apenas 44,9% foram nas primeiras duas horas. Foi recomendado o uso de quimioprofilaxia e profilaxia da hepatite B em 14,8% e 12,8% dos casos, respectivamente. Em 82,6% dos acidentes, os pacientes-fonte eram passíveis de identificação, sendo a condição dos mesmos, quanto à infecção pelo HIV, HBV e HCV, ignorada em 93,6% dos registros. Entre os acidentes em que a vítima deveria retornar ao ambulatório para a realização do acompanhamento pós-exposição (264; 37,7%), apenas 20,8% retornaram e 3,8% receberam alta. Os acidentes por exposições percutâneas apresentaram alta prevalência para todas as variáveis analisadas. Observou-se que quanto maior a procura pelo atendimento, menor a chance do indivíduo ter sofrido uma exposição percutânea (p=0,000). A ocorrência de acidentes entre auxiliares de saúde bucal foi significativa (p=0,016) comparada às CD. A ausência de dados nos registros da instituição revela a necessidade de maior divulgação dos protocolos ministeriais para o atendimento às vítimas de acidentes ocupacionais por MB entre os profissionais responsáveis por esse atendimento. A inserção de conteúdos como prevenção e controle de infecção na prática odontológica e medidas pré e pósacidentes com MB, nos cursos de graduação, aperfeiçoamento e pós-graduação têm o potencial de resultar em mudanças efetivas nas condutas.por
dc.description.abstractThe dental care practice is characterized by the constant possibility of the staff and patients exposure to biological material (BM) potentially contaminated with infectious various agents, and requiring the epidemiology expertise of these exposures in order to develop the risk management procedures. The present study aimed to analyze the epidemiology of occupational accidents with exposure to BM among dental professionals and students in the State of Goias, and as specific goals, to ferify the frequency and profile of the accidents with biological material exposure among the dental care students and professionals enrolled in a reference hospital with service in compliance with occupational exposure to BM, to characterize the pre-and postexposure behavior and monitoring program recommended for this population and to analyze the socio-demographic and labor factors related to the accidents with BM by percutaneous exposure between dental care professionals and students assisted in a reference service. This is an epidemiological, retrospective and analytical study developed in a referral hospital for the treatment of occupational accidents with exposure to BM of the State of Goiás. All records of the accidents with BM between dental care professionals and students attended in this institution by December 2010 were analysed. Data were collected by completing a standardized form containing personal information, description of the accident, time elapsed between the accident and the first service, and post-exposure and prophylaxis procedures. The data were analyzed by SPSS 15.0 and the OpenEpi 2.3.1., Statistical analysis was performed by descriptive frequency measures and univariate analysis using qui-square and Fisher exact test. 628 accidents were recorded between dental care professionals and students from 1996, the year of first registration, to 2010, in which 77.1% were women. Some individuals reported more than one accident, totalling 701 accidents with exposure to BM that comprise the study population. Among the accidents, the majority (97, 13.8%) occurred in 2008 and 48.6% between dentists. In 92.2% of cases, hepatitis B vaccination status of the victims was described, and out of these, 70.8% received all three doses. In 84.9% of cases there was no record of the completion of anti-HBs by the victims. The accidents were predominantly (658, 93.9%) percutaneous, being the needle the instrument that caused the injury in 49.7%. Performing any dental care procedure was the most comum circumstance in which the accidents occurred most frequently (388, 55.4%), and the finger, the body area most affected (493, 70.3%). We highlight the lack of information in many cases, especially in relation to BM involved in the accident, the use of personal protective equipment at the time of the accident, where the victims performed their activities at the time of the accident and / or were linked and fullfilling of Work Accident Communication form. With the post-exposure procedures, the majority (635, 90.6%) of the institution accidents enrollments occurred within 72 hours, however only 44.9% were in the first two hours. The use of chemoprophylaxis and prophylaxis of hepatitis B in 14.8% and 12.8% of the cases, respectively were recommended. In 82.6% of the accidents, the patients were identified, and their HIV, HBV and HCV condition ignored in 93.6% of records. Among the accidents in which the victim must return to the intitution for the post-exposure follow up (264, 37.7%), only 20.8% returned and 3.8% were discharged. Accidents by percutaneous exposures showed a high prevalence for all variables analysed. It was observed that the higher is the demand for the service the less is the individual chance to undergo a percutaneous exposure (p = 0.000). The occurrence of accidents among dental auxiliaries was significant (p = 0.016) compared to dentists. The lack of data in the records of the institution reveals the need for greater disclosure of ministerial protocols for caring the victims of occupational accidents by BM among professionals responsible for this service. The integration of biosafety, infection control procedures for dental care practice and prevention and prophylaxis for BM accidents issues with undergraduate, graduate courses should develop and provide effective behavior changes.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Marlene Santos (marlene.bc.ufg@gmail.com) on 2014-11-06T20:32:32Z No. of bitstreams: 2 Dissertação- Liwcy Keller de Oliveira Lopes Lima- 2012.pdf: 870422 bytes, checksum: 431b648a9e85b9fc37769b57a0dc46e8 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Jaqueline Silva (jtas29@gmail.com) on 2014-11-10T20:09:55Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Dissertação- Liwcy Keller de Oliveira Lopes Lima- 2012.pdf: 870422 bytes, checksum: 431b648a9e85b9fc37769b57a0dc46e8 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2014-11-10T20:09:55Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação- Liwcy Keller de Oliveira Lopes Lima- 2012.pdf: 870422 bytes, checksum: 431b648a9e85b9fc37769b57a0dc46e8 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Previous issue date: 2012-05-07eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPqpor
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás - FAPEGpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://repositorio.bc.ufg.br/tede/retrieve/12058/Disserta%c3%a7%c3%a3o-%20Liwcy%20Keller%20de%20Oliveira%20Lopes%20Lima-%202012.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Goiáspor
dc.publisher.departmentFaculdade de Enfermagem - FEN (RG)por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFGpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Enfermagem (FEN)por
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/-
dc.subjectExposição Ocupacionalpor
dc.subjectOdontologiapor
dc.subjectExposição a agentes biológicospor
dc.subjectNotificação de acidentes de trabalhopor
dc.subjectFerimentos penetrantes produzidos por agulhapor
dc.subjectPatógenos transmitidos pelo sanguepor
dc.subjectOccupational exposureeng
dc.subjectDentistryeng
dc.subjectExposure to biological agentseng
dc.subjectOccupational accidents registryeng
dc.subjectNeedlestick injurieseng
dc.subjectBlood-borne pathogenseng
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEMpor
dc.titleRegistros de Acidentes com Material Biológico na Prática Odontológica no Estado de Goiás, 1996-2010por
dc.title.alternativeRecords of accidents with biological material in professional dental care practice in the state of Goias, 1996-2010eng
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Mestrado em Enfermagem (FEN)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação- Liwcy Keller de Oliveira Lopes Lima- 2012.pdf850,02 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons