Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3646
Tipo do documento: Tese
Título: Infecção pelo vírus da hepatite B em pacientes com tuberculose em hospital de referência em Goiânia-GO
Autor: Aires, Rodrigo Sebba
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3555693890451968
Primeiro orientador: Martins, Regina Maria Bringel
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/2582896795892370
Resumo: A hepatite B e a tuberculose (TB) são importantes problemas de saúde pública. Este estudo teve como objetivo investigar o perfil epidemiológico e molecular da infecção pelo vírus da hepatite B (HBV) em pacientes com tuberculose atendidos no hospital de referência para doenças infecciosas em Goiânia, Goiás. Um total de 402 pacientes com TB foi entrevistado sobre características sóciodemográficas, fatores de risco para infecção pelo HBV e vacinação prévia contra hepatite B. Amostras de sangue foram coletadas e os soros testados para detecção dos marcadores HBsAg, anti-HBc total e anti-HBs por ensaio imunoenzimático (ELISA). Nas amostras HBsAg reagentes, foi realizada a pesquisa do HBeAg e anti-HBe por ELISA. O HBV-DNA foi pesquisado nas amostras HBsAg e anti-HBc reagentes pela reação em cadeia pela polimerase (PCR), e as amostras positivas foram genotipadas pela análise do polimorfismo de comprimento dos fragmentos de restrição (RFLP) e seqüenciamento da região Pré-S/S. A prevalência global da infecção pelo HBV foi de 25,6% (IC 95%: 21,5-30,2). Idade maior ou igual a 50 anos e uso de drogas injetáveis ou não injetáveis foram fatores de risco associados à infecção pelo HBV. O DNA viral foi detectado em 10 (76,9%) amostras HBsAg reagentes, sendo oito genotipadas como dos genótipos A (n = 7) e D (n = 1). Foi encontrado um índice de infecção oculta pelo HBV de 14,4% nos pacientes anti- HBc reagentes. Apenas 10,9% dos pacientes apresentaram evidência sorológica de vacinação prévia contra hepatite B. A prevalência elevada e os fatores de risco como uso de drogas injetáveis ou não injetáveis, somados a baixa cobertura vacinal contra hepatite B verificada, indicam a necessidade de intervenções que visem à prevenção e controle da hepatite B em pacientes com tuberculose.
Abstract: Hepatitis B and tuberculosis (TB) are important public health problems. This study aimed to investigate the epidemiological and molecular profile of the hepatitis B virus (HBV) infection among patients with TB who were attended at the reference hospital for infectious diseases in Goiânia, Goiás. A total of 402 patients were interviewed for socio-demographic characteristics, risk factors for HBV infection and previous hepatitis B vaccination. Blood samples were collected and sera were tested for HBsAg, anti-HBc, and anti-HBs markers by an enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA). HBsAg reactive samples were tested for HBeAg e anti-HBe markers by ELISA. HBV DNA was detected in HBsAg and anti-HBc reactive samples by polymerase chain reaction (PCR). HBV DNA positive samples were genotyped by restriction fragment length polymorphism (RFLP) and sequencing of the Pre-S/S region. The overall HBV prevalence infection was 25.6% (95% CI: 21.5-30.2). Age higher or equal 50 years old and injecting or non-injecting drug use were risk factors associated with HBV infection. HBV DNA was detected in ten (76.9%) HBsAg reactive samples. Of these, eight were genotyped as genotypes A (n = 7) and D (n=1). HBV occult infection rate of 14.4% was found among anti-HBc reactive patients. Only 10.9% had serological evidence of previous HBV vaccination. The high prevalence and risk factors such as injecting or non-injecting drug use, in addition to the low HBV vaccine coverage found, should indicate that there is a need for interventions aimed at improving hepatitis B prevention and control in patients with tuberculosis.
Palavras-chave: Hepatite B (vírus)
Tuberculose
Pacientes
Goiânia
Área(s) do CNPq: CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Pública (IPTSP)
Citação: AIRES, Rodrigo Sebba. Infecção pelo vírus da hepatite B em pacientes com tuberculose em hospital de referência em Goiânia-GO. 2011. 101 f. Tese (Doutorado em Medicina Tropical e Saúde Pública) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3646
Data de defesa: 28-Nov-2011
Aparece nas coleções:Doutorado em Medicina Tropical e Saúde Pública (IPTSP)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Rodrigo Sebba Aires - 2011.pdf1,58 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons