Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3669
Tipo do documento: Dissertação
Título: Recorrelações de gênero em contos da antologia do conto goiano II
Título(s) alternativo(s): Gender recorrelations in tales from antologia do conto goiano II
Autor: Pimenta, Vanda Ambrósia
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0988982910235309
Primeiro orientador: Santana, Jorge Alves
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/2812435500901945
Primeiro membro da banca: Santana, Jorge Alves
Segundo membro da banca: Ribeiro, Renata Rocha
Terceiro membro da banca: Ferreira, Alice Maria Araújo
Resumo: O objeto teórico deste estudo são as relações de gênero, que se delinearam nas sociedades a partir da organização das civilizações por meio dos contatos. À proporção que elas se organizavam, distinguiam-se os atributos e papéis de homens e mulheres. O propósito da pesquisa é verificar o modo pelo qual, no interior dessas relações, o homem veio a adquirir primazia sobre a mulher, e, em seguida, examinar a presença das relações de gênero em cinco contos goianos. O foco da análise literária é a violência dos personagens masculinos contra os femininos e o grau de adesão ou de resistência ao fenômeno. Os contos analisados fazem parte do segundo volume da Antologia do conto goiano, organizada por Vera Maria Tietzmann Silva e Maria Zaira Turchi (1994). Em decorrência do objeto literário, abordamos a evolução do sistema de gêneros desde o desenvolvimento das civilizações até o século XX, mostrando o surgimento e a perpetuação da estrutura de dominação masculina, mesmo após o amadurecimento das lutas feministas. Essas lutas, entretanto, não são estudadas sistematicamente, aparecendo apenas em referências esparsas. No concernente à adesão e à resistência, chamamos a atenção para o fato de que as identidades são construídas social e politicamente, de forma a estabelecer grupos de dominantes e dominados, e a gerar o reconhecimento dessa divisão como algo natural e, portanto, inevitável. A interiorização das identidades construídas demanda um trabalho constante de agentes situados, e, no caso das identidades genéricas, este é desempenhado pelas instituições e pelos homens, com suas práticas violentas. O efeito contínuo dessas práticas é que leva à adesão do dominado ao dominante, como acontece na quase totalidade dos contos analisados. Apesar disso, as personagens exploradas oferecem também certo grau de resistência, adotando atitudes defensivas, que, entretanto, não solucionam de vez o problema. Nenhuma delas consegue transpor radicalmente a condição negativa, enfrentada em comum pelo gênero feminino.
Abstract: The purpose of this research is to examine the presence of gender relations in five goianos tales, especially the violence of male characters against female characters and the degree of acceptance or resistance to the phenomenon. The stories analyzed are part of the second volume of the Antologia do conto goiano, organized by Vera Maria Tietzmann Silva and Maria Zaira Turchi (1994). As a result of the literary object, we address the evolution of the gender system from the development of civilization until the twentieth century, showing the emergence and perpetuation of the structure of male domination, even after the maturity of feminist struggles. These struggles, however, are not systematically studied, appearingonly in scattered references. With regard to adhesion and to the resistance, we call attention to the fact that identities are socially and politically constructed, in order to establish dominant and dominated groups, and generated cognition of this division as natural and therefore inevitable. The internalization of constructed identities demand constant work of situated agents and, in the case of generic identities, this is played by the institutions and men, with their violent practices. The continuous effect of these practices is leading to adhesion of dominated to dominant, as in almost all of the stories analyzed. Nevertheless, the characters explored also offer a degree of resistance, adopting defensive attitudes, which, however, does not solve the problem. Neither can transpose radically negative condition, usually faced by females.
Palavras-chave: Antologia do conto goiano II
Lliteratura goiana
Relações de gênero
Violência
Dominação masculina
Antologia do conto goiano II
Literature from Goiás
Gender relations
Violence
Male domination
Área(s) do CNPq: LETRAS::LITERATURA COMPARADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: PIMENTA, Vanda Ambrósia. Recorrelações de gênero em contos da antologia do conto goiano II. 2013. 142 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3669
Data de defesa: 5-Nov-2012
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Vanda Ambrósia Pimenta - 2013.pdf1,02 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons