Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3882
Tipo do documento: Dissertação
Título: “As coisa lá da minha mudernage”: entre-lugar, modernidade e sertão na obra artística de Elomar Figueira Mello
Autor: Oliveira, Helder Canal de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7487755215728884
Primeiro orientador: Alencar, Maria Amélia Garcia de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/7665566532275199
Primeiro membro da banca: Alencar, Maria Amélia Garcia de
Segundo membro da banca: Berbet Júnior, Carlos Oiti
Terceiro membro da banca: Nunes, Jordão Horta
Quarto membro da banca: Araújo, Alexandre Martins de
Resumo: A obra de Elomar Figueira Mello surgiu no final dos anos 1960. Os temas de suas canções e poesias focam a valorização do sertão e da cultura sertaneja. Faz isso contrastando os ethos e visões de mundo tradicionais e modernos. Ao fazer esse contraste, o artista observa que o sertão é tachado por um discurso moderno hegemônico de atrasado, ermo, bárbaro, dentre outros. Com isso, esse discurso moderno rejeita e silencia outros discursos-explicativos que não estão dentro de seus pressupostos como o filosófico, o teológico e o popular. De acordo com Boaventura de Sousa Santos (2010), esse silenciamento pode ser designado como epistemicídio. Assim, o músico denuncia em sua arte esse processo de modernização e o epistemício engendrado pela modernidade. Todavia, ao mesmo tempo em que Elomar faz essa denúncia, não consegue se desgarrar da racionalidade moderna, pois mantém o dualismo cartesiano ao fazer, por exemplo, uma separação entre cidade e campo, caracterizando a primeira como o local da desumanidade, da prevalência dos preceitos demoníacos e a segunda como o local da redenção, do encontro com Deus. Além disso, apesar do músico rejeitar em seu discurso a modernidade, é possível observarmos várias influências modernas em sua vida e obra como sua orientação protestante e seu gosto pela ópera. Por isso é que pensamos que a obra de Elomar Figueira Mello pode ser caracterizada como estando em uma fronteira cultural, em um entre-lugar.
Abstract: The work of Elomar Figueira Mello emerged in the late 1960s. The topics of his songs and poems focus on the appreciation of the backwoods and country culture. He does this contrasting ethos and vision of traditional and modern world. By making this contrast, the artist notes that the interior is modern branded by a hegemonic discourse of late, wilderness, barbarian, among others. Thus, this modern discourse rejects and silences other discourses-explanatory that are not within their assumptions as the philosophical, theological and popular. According to Boaventura de Sousa Santos (2010), this silencing can be designated as epistemicide. Thus, the musician denounces in his art this process of modernization and epistemício engendered by modernity. However, while Elomar makes this complaint he cannot stray of modern rationality, because he keeps the Cartesian dualism as he keeps, for example, a separation between town and country, featuring the first as the site of inhumanity, the prevalence of demonic precepts and the second as the place of redemption, the encounter with God. Moreover, despite the musician in his speech reject modernity, it is possible to observe several modern influences in his life and work as a Protestant orientation and his taste for opera. That is why we think that the work of Elomar Figueira Mello can be characterized as being in a cultural border, in a place in-between.
Palavras-chave: Elomar
Modernidade
Sertão
Entre-lugar
Elomar
Modernity
Sertão
In-between
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Historia (FH)
Citação: OLIVEIRA, Helder Canal de. “As coisa lá da minha mudernage”: entre-lugar, modernidade e sertão na obra artística de Elomar Figueira Mello. 2014. 141 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3882
Data de defesa: 28-Mar-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Helder Canal de Oliveira - 2014.pdf894,38 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons