Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3963
Tipo do documento: Dissertação
Título: Níveis de valina digestível nas dietas pré-inicial e inicial com redução dos níveis de proteína bruta para frangos
Título(s) alternativo(s): Levels in diets valina digestible pre-initial initial and with reduced levels of crude protein for chickens
Autor: Silva, Guilherme Xavier da
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5463687913070308
Primeiro orientador: Stringhini, José Henrique
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8505634095383289
Primeiro coorientador: Andrade, Maria Auxiliadora
Segundo Coorientador: Carvalho, Fabyola Barros de
Primeiro membro da banca: Stringhini, José Henrique
Segundo membro da banca: Rocha, Fernanda Rodrigues Taveira
Terceiro membro da banca: Café, Marcos Barcellos
Resumo: Foram realizados dois experimentos para avaliar a suplementação de valina digestível na ração para as fases pré-inicial e inicial de criação de frangos. As variáveis avaliadas foram desempenho, metabolização de nutrientes, desenvolvimento de órgãos digestórios e órgãos linfoides, e contagem de linfócitos de órgãos linfóides de frangos de corte oriundos de matrizes de duas idades. No Experimento I e II foram avaliadas as suplementações de valina digestível para pintos de corte na fase pré-inicial e inicial utilizando em cada fase 400 pintos de um dia de idade da linhagem comercial Cobb, machos, provenientes de matrizes de 37 e 52 semanas de idade, respectivamente, alojados em baterias experimentais até 21 dias de idade, alimentados com diferentes níveis de valina digestível: 0,92%, 1,02%, 1,12%, 1,22% e 0,83%, 0,93%, 1,03% e 1,13% na ração pré-inicial e inicial, respectivamente. O delineamento experimental em ambos os experimentos foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 4 (idades das matrizes x níveis de valina) totalizando 8 tratamentos com 5 repetições (10 aves por repetição). Os dados foram submetidos à análise de variância e para os níveis de valina digestível foi aplicada a regressão polinomial. Na fase pré-inicial, aves provenientes de matrizes de 52 semanas apresentaram peso de chegada superior quando comparadas as aves provenientes de matrizes de 37 semanas. Na fase inicial, foi observado efeito da suplementação de valina para consumo de ração, que apresentou redução na quantidade de ração consumida com inclusão de 1,03% de valina digestível. Para os dados de metabolização dos nutrientes, de quatro a sete dias de idade da ave, foi verificado efeito quadrático negativo ao avaliar os níveis de aminoácido na ração pré-inicial quanto ao balanço do nitrogênio, coeficiente de metabolização do nitrogênio e nitrogênio retido com ponto de máxima de 1,156; 1,114 e 1,172 % de valina digestível na ração, respectivamente. A idade da matriz influenciou significativamente o coeficiente de metabolização do nitrogênio com maiores valores para pintos provenientes de matrizes de 37 semanas. Na análise da histomorfometria do duodeno, jejuno e íleo, foi observado efeito da idade da matriz de forma isolada, para altura de vilo e relação vilo: cripta no duodeno com maiores valores para aves provenientes de matrizes de 52 semanas aos sete dias de idade. Ao analisar os diferentes níveis de valina digestível foi observado efeito linear positivo na altura de vilo e relação vilo:cripta e efeito linear negativo para profundidade de cripta no duodeno aos sete dias de idade. A idade da matriz influenciou o peso do intestino total de pintos aos sete e aos 21 dias de idade, com maiores valores para pintos oriundos de matrizes de 52 semanas de idade. Da mesma forma, a maior idade da matriz influenciou positivamente na produção de linfócitos no timo aos sete dias de idade e na bursa aos 21 dias de idade. Houve interação entre a idade da matriz e os níveis de valina digestível analisado para o baço aos sete dias de idade. Quando se utiliza as recomendações das Tabelas Brasileiras, que é de 1,02% de valina digestível para a fase pré-inicial, o baço apresentou menor produção de linfócitos para matrizes mais novas. Porém foi verificado através da análise de regressão dos dados, que quando aumentados os níveis de inclusão de valina digestível na ração pré-inicial, há uma melhora linear positiva na p rodução de linfócitos.
Abstract: Two experiments were conducted to evaluate the supplementation of digestible valine in the diet for the pre-starter and starter phases of rearing chickens. The variables evaluated were performance, metabolization of nutrients, development of digestive organs and lymphoid organs, and lymphocyte count of lymphoid organs of broilers from breeders of two ages. In Experiment I and II the supplemental digestible valine for broilers were evaluated in the pre -start and early stage at each stage using 400 day-old chicks old commercial Cobb, were obtained from arrays of 37 and 52 weeks of age, respectively, housed in experimental batteries until 21 days of age, fed different levels of digestible valine 0.92%, 1.02%, 1.12%, 1.22% and 0.83%, 0.93 %, 1.03% and 1.13% in the pre-starter and starter ration, respectively. The experimental design in both experiments was a completely randomized factorial 2 x 4 (ages matrices x levels of valine) totaling eight treatments with 5 replicates (10 birds per replicate). Data were subjected to analysis of variance and levels of digestible valine polynomial regression was applied. In the pre-starter phase, birds from arrays of 52 weeks showed greater weight of arrival compared the birds from arrays of 37 weeks. In the initial phase, effect of dietary valine for feed intake, which decreased the amount of feed consumed with inclusion of 1.03% digestible valine was observed. For the data of metabolism of nutrients, four to seven days of age of the bird, negative quadratic effect was seen when evaluating the levels of amino acid in the pre-starter diet as the nitrogen balance, coefficient of metabolism of nitrogen and retained nitrogen with point maximum of 1,156; 1.114 and 1.172% digestible valine in the diet, respectively. Breeder age significantly influenced the coefficient of nitrogen metabolism with higher values for chicks from arrays of 37 weeks. In the analysis of the morphology of the duodenum, jejunum and ileum, the effect of age in isolation matrix was observed for villus height and villus: crypt in the duodenum with higher values for birds from arrays of 52 weeks to seven days old. By analyzing the different levels of digestible valine positive linear effect was observed in villus height and villus: crypt ratio and negative linear effect on crypt depth in the duodenum to seven days old. The age of the matrix effect on weight of total gut of chickens after seven and 21 days old, with higher values for arrays chicks from 52 week-old. Likewise, the higher age of the matrix positively influenced in the production of lymphocytes in the thymus at seven days old and the bursa at 21 days of age. There was interaction between breeder age and levels of digestible valine analyzed for spleen at seven days of age. When using the recommendations of the Brazilian Tables, which is 1.02% digestible valine to the pre-starter phase, the spleen showed lower lymphocyte production for younger mothers. But was verified by regression analysis of data, which when increased levels of digestible valine inclusion in the pre -starter diet, there is a positive linear improvement in the production of lymphocytes.
Palavras-chave: Aminoácidos
Desempenho
Idade da matriz
Órgãos digestórios
Amino acids
Breeder age
Digestive organs
Performance
Área(s) do CNPq: PRODUCAO ANIMAL::CRIACAO DE ANIMAIS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ)
Citação: SILVA, Guilherme Xavier da. Níveis de valina digestível nas dietas pré-inicial e inicial com redução dos níveis de proteína bruta para frangos. 2014. 66 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3963
Data de defesa: 29-Ago-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciência Animal (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao - Guilherme Xavier da Silva - 2014.pdfDissertação - Guilherme Xavier da Silva - 20141,32 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.