Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4010
Tipo do documento: Dissertação
Título: A cultura nas representações argentinas sobre o Brasil (1889-1922)
Título(s) alternativo(s): Culture in the argentinian representations about Brazil (1889-1922)
Autor: Carvalho, Lyanna Costa
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3495748498877333
Primeiro orientador: Quintela, Antonio Corbacho
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/7063605085376774
Primeiro membro da banca: Quintela, Antonio Corbacho
Segundo membro da banca: Costa, Alexandre
Terceiro membro da banca: Pinto, João Alberto
Resumo: Embora a produção acadêmica nos últimos 50 anos tenha gerado vários estudos sobre a relação entre Brasil e Argentina a partir do reconhecimento de um desenvolvimento histórico similar e da importância estratégica da vizinhança, as trocas imateriais tiveram um papel secundário nesses estudos, conforme tiveram também na história da relação bilateral. O trabalho, sob o diagnóstico de que a cultura como modelo de integração não depende somente de políticas governamentais, mas de todo um campo onde transitam as ideias de uma sociedade, objetiva verificar como se deram as trocas culturais no período de 1889 a 1922 no seio das relações bilaterais. Consideramos que as relações entre Brasil e Argentina evidenciam nas mais diversas perspectivas – históricas, diplomáticas, econômicas, estratégicas – um movimento histórico de tensão e distensão reconhecido sob um paradigma de rivalidade que, pelo menos desde a queda da monarquia no Brasil, caminha conjuntamente com a defesa discursiva dos benefícios mútuos da cooperação e da amizade, seja como projeto para o desenvolvimento interno, seja para a inserção internacional. Procuramos verificar, nesse sentido, por que essa vontade nunca se solidificou em projetos contínuos, permanecendo apenas nos discursos da teoria. Para isso, pretendemos a constituição de um acervo de obras impressas de editores, de autores e de tradutores argentinos interessados em remediar um pressuposto desconhecimento mútuo a dificultar os laços de amizade. Partindo de uma abordagem arqueológica, reunimos e analisamos um conjunto de crônicas de viagem, estudos, homenagens, a fim de caracterizar o domínio próprio de impressões e representações de viajantes, jornalistas, diplomatas, isto é, de um grupo de intelectuais interessados nos mais diversos aspectos do Brasil. Objetivamos, com isso, compreender os processos de emergência, permanência, transformação de percepções sobre o outro, evidenciando e questionando pressupostos, silêncios, rupturas que possam explicar e definir por que a cultura foi relegada a segundo plano no conjunto das relações bilaterais.
Abstract: Although the academic production in the past 50 years has generated many studies about the relationship between Brazil and Argentina from the recognition of a similar historical development and of the strategic importance of the neighbourhood, intangible exchanges had a supporting role in these studies, as they also had in the history of bilateral relations. The work, under the diagnosis of culture as a model of integration not only depends on Government policies, but on an entire field where the society ideas transit, aims to verify how cultural exchanges have taken place during the period from 1889 to 1922 within bilateral relations. We believe that relations between Brazil and Argentina put on evidence in several perspectives – historical, diplomatic, economic, strategic – a historical movement of tension and distension recognized under a paradigm of rivalry that, at least since the fall of the monarchy in Brazil, goes with the discursive defence of the mutual benefits of cooperation and friendship, for an internal development project or for the international insertion. We intend to assure, on this mean, why this will had never solidified on continuous projects, remaining only in theory. For this purpose, we intend to establish a collection of printed works of argentine publishers, lead-writers and translators interested into solve a mutual unacknowledged assumption that hinders the bonds of friendship. From an archaeological approach, we gathered and analyzed a set of travel chronicles, studies, tributes, in order to characterize the dominance of prints and representations of travellers, journalists, diplomats, in other words, of a group of intellectuals who were interested in several aspects of Brazil. By doing so, we aim to understand the processes of emergency, abidance, transformation of perceptions about each-other, indicating and questioning assumptions, silences, ruptures that can explain and define why the culture was relegated to the background in the set of bilateral relations.
Palavras-chave: Brasil
Argentina
Cultura
Representações
Intelectuais
Argentina
Brazil
Culture
Representations
Intellectuals
Área(s) do CNPq: LETRAS::OUTRAS LITERATURAS VERNACULAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: CARVALHO, Lyanna Costa. A cultura nas representações argentinas sobre o Brasil (1889-1922). 2014. 191 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4010
Data de defesa: 26-Fev-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao - Lyanna Costa Carvalho - 2014.pdfDissertação - Lyanna Costa Carvalho - 20145,87 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons