Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4094
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPaula, Pollyana Nascimento de-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7235388105459552eng
dc.contributor.advisor1Dias, Cleber Augusto Gonçalves-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0555305086018280eng
dc.contributor.referee1Dias, Cleber Augusto Gonçalves-
dc.contributor.referee2Silva, Luciano Pereira da-
dc.contributor.referee3Lima, Ricardo Barbosa de-
dc.date.accessioned2015-02-05T11:06:57Z-
dc.date.issued2014-07-29-
dc.identifier.citationPAULA, Pollyana Nascimento de. (Des) Construções históricas do é “ser mulher”: um olhar sobre as goianas e sobre os momentos iniciais da presença delas no esporte. 2014. 110 f. Dissertação (Mestrado em Direitos Humanos) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.eng
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4094-
dc.description.resumoAs primeiras décadas do século XX passaram por grandes mudanças sociais, econômicas e culturais. Em nome da modernidade, novas práticas e locais de sociabilidade possibilitaram, também, questionamentos do que até então era tido como “verdade” única. Para as goianas memoradas na imprensa, ser mãe e esposa era algo inquestionável como a única forma de “ser mulher”. No entanto, a crescente urbanização, o teatro, o cinema, o feminismo, a política, a moda, as práticas corporais e o esporte abriram novos lugares de lutas cotidianas, relações de poder e resistências a tais “verdades”. Este estudo historiográfico tem como principal objetivo historicizar a presença, inserção e participação das mulheres goianas nos lugares de sociabilidade e, principalmente, a presença delas momentos iniciais do esporte, no estado de Goiás, observando e analisando como as “verdades” socialmente construídas, por meio de relações e poder e resistência, perpassaram pelo cotidiano, bem como se refletiram e/ou influenciaram na presença e na participação das mulheres nesses novos lugares. Esta análise situa-se, interdisciplinarmente, nas áreas da Educação Física, Direitos Humanos e História. Tem-se como fonte de pesquisa a imprensa periódica escrita, publicada durante as primeiras décadas do século XX, especificamente até o ano de 1936, quando acontece a mudança da capital do estado de Goiás para Goiânia. É importante ressaltar que as mulheres memoradas na imprensa goiana representam apenas parte de um grupo bem mais amplo de mulheres goianas e que as análises centram nas mulheres retratadas na imprensa, em que é possível perceber nas entrelinhas dos noticiários, onde é possível perceber suas lutas cotidianas, relações de poder e resistências para se inserir em lugares além do ambiente doméstico. Nas entrelinhas, elas questionam a única forma de “ser mulher”, até então considerada. As análises permitiram estabelecer quatro eixos de resultados: 1) Ser mãe era aparentemente considerado como a verdadeira e única forma de “ser mulher”; 2) A única forma de “ser mulher” era de algum modo, forjada por diferentes saberes; 3) As entrelinhas da imprensa goiana mostram que a modernidade trouxe, também, novas possibilidades, quebras de paradigmas e questionamentos sobre tal “verdade”; 4) O esporte goiano possibilitou novos lugares de sociabilidade, bem como o cinema, a moda e o feminismo.eng
dc.description.abstractThe first decades of the twentieth century have big social, economic and cultural changes. In the name of modernity, new practices and places of sociability also allowed questions of what was considered only "truth." For goianas portrayed in the press, being a mother was unquestioned as the only way of "being a woman". However, increasing urbanization, theater, cinema, feminism, politics, fashion, bodily practices and the sport have opened up new places daily struggles, power relations and resistance to such "truths". This historiographical study aims to historicize the presence, participation and inclusion of women in Goiás places of sociability and especially their presence early moments of the sport in the state of Goiás, observing and analyzing how the "truths" socially constructed through relations of power and resistance, permeate the everyday as well as reflected and / or influenced the presence and participation of women in these new places. Located, across disciplines, in the areas of Physical Education, Human Rights and History. Has as a research writing periodic press, published during the first decades of the twentieth century, specifically by the year 1936, when the change happens from the state capital of Goiás to Goiânia. Is important to highlight, women in Goiás portrayed in the press release represent only part of a much broader group goianas women. Our analysis focuses, in particular, the women portrayed in the press, in particular between the lines of news, where you can see their daily struggles, power relations and resistance to insert in places beyond the home environment. Between the lines, they question the only way to "be a woman", hitherto considered. The analysis allows to establish four axes of results: 1) Being a mother was apparently regarded as the true and only way to "be a woman"; 2) The only way to "be a woman" was somehow forged by different knowledge; 3) The lines of Goiás press show that modernity also brought new opportunities, breaks paradigms and questions about such "truth"; 4) The Goiás sport possible new places of sociability, as well as film, fashion and feminism.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Cássia Santos (cassia.bcufg@gmail.com) on 2015-02-05T09:58:28Z No. of bitstreams: 2 Dissertação - Pollyana Nascimento de Paula - 2014.pdf: 2075460 bytes, checksum: d3de146583890ce13b338cc691893248 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2015-02-05T11:06:57Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Dissertação - Pollyana Nascimento de Paula - 2014.pdf: 2075460 bytes, checksum: d3de146583890ce13b338cc691893248 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-02-05T11:06:57Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação - Pollyana Nascimento de Paula - 2014.pdf: 2075460 bytes, checksum: d3de146583890ce13b338cc691893248 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Previous issue date: 2014-07-29eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESeng
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://repositorio.bc.ufg.br/tede/retrieve/16499/Disserta%c3%a7%c3%a3o%20%20-%20Pollyana%20Nascimento%20de%20Paula%20-%202014.pdf.jpg*
dc.languageporeng
dc.publisherUniversidade Federal de Goiáseng
dc.publisher.departmentPró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)eng
dc.publisher.countryBrasileng
dc.publisher.initialsUFGeng
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Direitos Humanos (PRPG)eng
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/-
dc.subjectDireitos humanospor
dc.subjectEsportepor
dc.subjectEsporte femininopor
dc.subjectEstado de Goiáspor
dc.subjectMulherespor
dc.subjectHistória e memóriapor
dc.subjectRelações de poderpor
dc.subjectHuman rightseng
dc.subjectSporteng
dc.subjectWomen's sportseng
dc.subjectState of Goiáseng
dc.subjectHistory and memoryeng
dc.subjectRelations of powereng
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITOeng
dc.title(Des) Construções históricas do é “ser mulher”: um olhar sobre as goianas e sobre os momentos iniciais da presença delas no esporteeng
dc.title.alternativeHistorical (de) constructions of what "being a woman" means: a look upon Goianas and the beginning of their presence in sporteng
dc.typeDissertaçãoeng
Aparece nas coleções:Mestrado em Direitos Humanos (PRPG)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Pollyana Nascimento de Paula - 2014.pdf2,03 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons