Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4096
Tipo do documento: Dissertação
Título: Nas redes dos alternativos – mercado, sexualidade e produção de diferenças na cidade de Goiânia
Título(s) alternativo(s): In the nets of the alternatives - market sexuality and production of difference in the city of Goiania
Autor: Neiva, Giórgia de Aquino
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8448586105087334
Primeiro orientador: Braz, Camilo Albuquerque de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4883038594618199
Primeiro membro da banca: Braz, Camilo Albuquerque de
Segundo membro da banca: França, Isadora Lins
Terceiro membro da banca: Tamaso, Izabela Maria
Quarto membro da banca: Souza, Maria Luiza Rodrigues
Resumo: A presente dissertação de mestrado é um estudo etnográfico realizado em duas casas noturnas alternativas, no Setor Sul da cidade de Goiânia, no estado de Goiás. Trata-se de lugares que comportam sujeitos alternativos (categoria êmica), ou seja, que não se bastam em definições estanques quanto à identidade e à sexualidade, e se encontram em ambientes de lazer onde há maior fluidez sexual, abarcando desde sujeitos heterossexuais, bissexuais, ou homossexuais, até os que se dizem “sem rótulos”. Desta maneira, o entendimento da categoria alternativo se amplia para os lugares, posto que estes não fazem parte do circuito hegemônico de lazeres noturnos. Ademais, estes lugares não são identificados como “GLS” (gays, lésbicas e simpatizantes) – mas também não são heterossexuais. Tais estabelecimentos comportam jovens de 18 a 30 anos, com certa incidência de pessoas mais velhas, sem distinção de sexo e que apreciam também música alternativa, que demarca a “cena underground” por estar fora do eixo musical mainstream. Por conseguinte, esta sociabilidade juvenil visa construir um estilo próprio buscando escapar das imposições da indústria da moda e dos rótulos identitários sexuais, o que coaduna com o atual dinamismo dos movimentos sociais relacionados à diversidade sexual e de gênero, que questionam as dicotomias, as dualidades e os binarismos, assim como a naturalização da heterossexualidade compulsória. Desta forma, as redes de sujeitos alternativos mostram que não há atos de gênero verdadeiros ou falsos, levando a indagar se a heterossexualidade é uma ficção reguladora.
Abstract: This Master’s dissertation is an ethnographic study about two alternative nightclubs at Setor Sul, in the city of Goiania, Goiás. These are places that host alternative people (emic category), ie, subjects that are not suffice in unbending definitions as to the identity and sexuality. At such leisure environments, there is greater sexual fluidity, covering subjects from heterosexual, bisexual or homosexual, to those who don’t define their sexuality and selfdeclare as “unlabeled”. Thus, the understanding of the category alternative is also expanded to the places, since they are not part of the hegemonic circuit of night leisure. Moreover, these places are not identified as "GLS" (gays, lesbians and friendly) although they are not strictly heterosexual too. Such establishments admit 18-to-30-year-old people – with some incidence of older people – irrespective of sex and who also enjoy alternative music, which lines off the "underground scene" as to be outside of the mainstream musical axis. Therefore, this youth sociability aims to build his own style in order to escape of the fashion industry impositions and sexual identity labels. This attitude is consistent with the current dynamism of sexual and gender social movements that question the dichotomies, dualities and binarisms, as well as the naturalization of compulsory heterosexuality. Thus, the networks of alternative subjects show that there are no true or false acts of gender, bringing to question whether heterosexuality is a regulatory fiction.
Palavras-chave: Mercado
Sexualidades
Identidades
Música
Antropologia urbana
Market
Sexualities
Identities
Music
Urban anthropology
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Antropologia Social (FCS)
Citação: NEIVA, Giórgia de Aquino. Nas redes dos alternativos – mercado, sexualidade e produção de diferenças na cidade de Goiânia. 2014. 129 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4096
Data de defesa: 13-Mar-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Antropologia Social (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Giorgia de Aquino Neiva - 2014.pdf1,73 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons