Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4387
Tipo do documento: Tese
Título: Comportamento morfológico, químico e físico-hídrico dos solos de área cultivada com morango em Alfredo Vasconcelos, MG
Título(s) alternativo(s): Morphological, chemical and hydro-physica behavior of the soil in an area cultivated with strawberries in Alfredo Vasconcelos, state of Minas Gerais
Autor: Silva, Marcelo Zózimo da
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2812702090482742
Primeiro orientador: Castro, Selma Simões de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4460827622247417
Primeiro membro da banca: Castro, Selma Simões de
Segundo membro da banca: Oliveira, José Emílio Zanzirolani de
Terceiro membro da banca: Paula, José Roberto de
Quarto membro da banca: Momoli, Renata Santos
Quinto membro da banca: Faria, Karla Maria Silva de
Resumo: O município de Alfredo Vasconcelos está localizado no sudeste do estado de Minas Gerais e cerca de 80% de sua população – atualmente composta por 6.000 habitantes – dedica-se às atividades agrícolas, com destaque para a produção de horti, flori e fruticultura. Destaque especial deve ser feito ao cultivo do morango, praticado nos topos do relevo conhecido como Mar de Morros, onde as condições edafoclimáticas são adequadas. O morango ocupa o segundo lugar em produção no Estado e em Alfredo Vasconcelos, mas vem registrando problemas como diferenças de desempenho entre canteiros e safras, com ocorrência de erosão hídrica das encostas, perda de insumos fertirrigados, além de turbidez, assoreamento e diminuição da fauna piscícola no córrego a jusante, conforme relato dos proprietários e observações preliminares no local durante a realização do trabalho. A hipótese testada é de que o uso e manejo do solo podem induzir mudanças no comportamento morfológico, físico-hídrico e de fertilidade da fruta, podendo interferir na produção e na produtividade. O objetivo deste estudo é avaliar o comportamento morfológico e físico-hídrico dos solos cultivados com morango no referido município, de modo a deduzir as rotas de fluxos hídricos verticais e laterais e entender as causas das diferenças observadas e, assim, fornecer alternativas de manejo aos agricultores familiares. O estudo dividiu-se em três etapas: (1) na caracterização macro e micromorfológica e analítica dos solos; (2) em ensaios de infiltração e de resistência à infiltração e de resistência à penetração dos solos ao longo de uma topossequência representativa da área, composta de sucessão lateral descendente de solos com textura média: Latossolos Vermelho Amarelo, Latossolo Câmbico e Gleissolos Háplicos. (3) Foram avaliados quatro perfis de solos, o P1, no topo; o P2, na vertente superior; o P3, na vertente média, todos cultivados com morango; e o P4, na base da encosta, utilizada com pastagem plantada com Brachiaria decumbens. Os resultados revelaram aumento de argila, de densidade do solo e de resistência à penetração em subsuperfície dos perfis e para jusante, paralelamente à diminuição de porosidade total e das taxas de infiltração. Estes dados foram corroborados por avaliação micromorfológica e micromorfométrica dos poros, com auxílio de análise de imagens binárias. Concluiu-se que há moderado impedimento ao desenvolvimento do sistema radicular em superfície e mais acentuado em subsuperfície. Pode-se interpretar como compactação de fraca a moderada, respectivamente, a qual seria capaz de induzir rotas de fluxos hídricos laterais, que causam a perda de nutrientes e de finos acima da camada subsuperficial compactada. Isso ocorrerá, principalmente, durante episódios de chuva ou fertirrigação acima da taxa de infiltração, o que explicaria as diferenças observadas neste rumo e que demanda ajustes no manejo, de modo a promover alternativas de sustentabilidade agrícola da atividade para a região.
Abstract: Over 80% of the 6,000 inhabitants of Alfredo Vasconcelos, a municipality in the southern state of Minas Gerais, Brazil, is involved in agricultural activities, mainly horticulture, floriculture and fruit culture, which is characterized by strawberry cultivation on top of a relief known as ‘mar de morros’, predominant in the region, with edaphoclimatic conditions adequate to this type of cultivation. Strawberry cultivation ranks second in state production; however, it has been presenting differences in planting and crop performances, slope hydric erosion, fertigated input losses, as well as turbidity, leaching, and downstream fish fauna decrease, according to farm proprietors and preliminary observations. The hypothesis tested is that the use and management of soil may induce changes in its morphological, physical- hydric behavior, as well as in its fertility, leading to decreased production and yield and soil and slope instability. The aim of this work was to evaluate the morphological and physical- hydric behavior of strawberry-cultivated soils in the aforementioned municipality so as to identify the vertical and lateral hydric flux routes and understand the causes of the differences found to provide management alternatives to family farmers. The study was based on the macro- and micro-morphological and analytical characterization of soils through infiltration and resistance to soil penetration assays, along a representative toposequence of the area, constituted of the descendent lateral succession of medium texture soils as Red Yelow Latosol Cambic Latossol and Haplic Gleisol. Four soil profiles were evaluated: P1, on the top; P2, on the upper slope; P3, on the medium slope, cultivated with strawberry; and P4, on the slope base, used as pasture planted with Brachiaria decumbens. The results showed increased clay, soil density and resistance to penetration in the subsurface of the profiles and downstream, concomitantly with a decrease in total porosity and infiltration rate. Such data were corroborated by micro-morphological and micro- morphometric evaluation of the pores with the help of binary image analyses. It was concluded that there is a moderate impediment to the development of the surface radicular system, and more marked on the subsurface, interpreted as weak to moderate compaction, respectively, which would be capable to induce lateral hydric flux routes that cause nutrient loss above the compacted subsurface layer, mainly during rain or fertigation periods above the infiltration rate, what would explain the differences observed in this direction, demanding management adjustments so as not to compromise the agricultural sustainability of this activity.
Palavras-chave: Fragaria x ananassa
Impactos ambientais
Sustentabilidade
Topossequência
Environmental impacts
Sustainability
Toposequence
Área(s) do CNPq: FITOTECNIA::FISIOLOGIA DE PLANTAS CULTIVADAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais (PRPG)
Citação: SILVA, M. Z. Comportamento morfológico, químico e físico-hídrico dos solos de área cultivada com morango em Alfredo Vasconcelos, MG. 2014. 126 f. Tese (Doutorado em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4387
Data de defesa: 15-Out-2014
Aparece nas coleções:Doutorado em Ciências Ambientais (PRPG)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Marcelo Zózimo da Silva - 2014.pdf6,24 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons