Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4719
Tipo do documento: Dissertação
Título: Comunicação, cultura e biblioteca: uma reflexão sobre o modelo de comunicação do Sistema de Bibliotecas da UFG
Título(s) alternativo(s): Comunication, culture and library: a reflection on the communication model of University Federal of Goiás Library System
Autor: Silva, Rose Mendes da
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5105576663628701
Primeiro orientador: Nogueira, Maria Francisca Magalhães
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9135557122852980
Primeiro membro da banca: Nogueira, Maria Francisca Magalhães
Segundo membro da banca: Limena, Maria Margarida Carvalcanti
Terceiro membro da banca: Signates, Luiz
Resumo: Este trabalho é uma reflexão sobre a comunicação do Sistema de Bibliotecas (Sibi) da Universidade Federal de Goiás (UFG). A introdução de ações planejadas de comunicação nas bibliotecas no Brasil, de modo geral, é recente. No caso específico do objeto desta pesquisa esta realidade não é diferente, pois somente após 19 anos de criação do órgão biblioteca na UFG ela teve seu primeiro trabalho planejado de comunicação. A ausência de estudos específicos sobre o processo de comunicação em bibliotecas motivou a realização deste projeto, cuja efetivação se deu na busca por aprofundar o conhecimento sobre o modelo de comunicação do Sibi/UFG. Propôs-se, como problema para esta pesquisa, analisar a comunicação emitida pelo Sibi/UFG, tendo como parâmetro e representação a Seção de Referência, a Gerência de Circulação e o Setor de Comunicação, os três instalados na Biblioteca Central, a partir dos quais se buscou projetar ângulos e facetas da comunicação do Sibi/UFG se valendo da dimensão institucional da comunicação administrativa, interna e institucional. Estes departamentos foram selecionados por serem emissores de informações que são de interesse direto da comunidade UFG. A Seção de Referência e a Gerência de Circulação, além disso, também atendem as principais necessidades do público que busca a biblioteca. São o que se pode chamar de centro nervoso do órgão. Além da análise em si da comunicação emitida pelo Sibi/UFG, teve-se, como objetivos desta pesquisa: verificar se a cultura (filosofia, valores, política, objetivos) da instituição está realmente sendo expressa através da comunicação que ela emite; levantar meios, fluxos e redes de comunicação nos setores selecionados; verificar quais meios, dentre os utilizados, são mais eficazes no quesito alcance dos públicos do Sibi/UFG; identificar se a linguagem e as estratégias utilizadas para emitir a comunicação estão adequadas a este público, tendo como parâmetros a Seção de Referência, a Gerência de Circulação e o Setor de Comunicação, todos na Biblioteca Central, no Campus 2 da UFG. O objeto foi observado, com base nos estudos de Morin (2005a) e de Wolton (2010), como um sistema rico de ideias, em que os sujeitos pesquisados são indivíduos pertencentes a uma cultura – a do Sibi/UFG, que produz seu modo de conhecimento sobre o fazer comunicação. A biblioteca foi compreendida no ambiente onde ela está inserida, que é a UFG, e ela própria em sua cultura. O que significa que a biblioteca e a comunicação emitida por ela foram observadas de forma multidimensional, comungando do pensamento sobre complexidade de Morin (2005a). O método escolhido foi o estudo de caso e foram utilizadas entrevistas para a pesquisa empírica. A população foi dividida em dois grupos: colaboradores da Biblioteca Central, efetivos e terceirizados (GRUPO 1); e usuários desta biblioteca, composto por estudantes e servidores da UFG (GRUPO 2). Foi construído um questionário para cada grupo e ambos foram pré-testados antes da aplicação efetiva. Para o GRUPO 1 o questionário foi aplicado pessoalmente pela pesquisadora, um a um, totalizando 25 respondentes. Para o GRUPO 2 o questionário foi enviado por e-mail através da ferramenta Formulários, do Google Drive, tendo em vista que a amostra inicial deste grupo continha 316 sujeitos. No entanto, obtiveram-se apenas 165 respostas durante os dois meses em que a pesquisa ficou aberta na internet. Assim, a análise dos resultados do GRUPO 2 foi feita a partir dos 165 questionários recebidos. Observou-se que o Sibi/UFG possui um modelo de comunicação próprio que é baseado em sua cultura organizacional, bem como em seus valores, missão, visão e filosofia; e que também é coerente com o modelo de gestão do Sibi, que é o da corresponsabilidade.
Abstract: This work is a reflection on the communication of the Library System (Sibi) of the Federal University Federal of Goiás (UFG). The introduction of planned communication activities in libraries in Brazil, in general, is recent. In the specific case of the object of this research this reality is no different, because only after 19 years of creation of the library organ in UFG she had her first planned work communication. The absence of specific studies on the process of communication in libraries motivated this project, whose execution took place in the search for further knowledge about the communication model Sibi/UFG. It was proposed, as a problem for this research, analyze the communication issued by Sibi/UFG, having as parameter and representing the Reference Section, the Circulation Management and the Communication Sector, the three installed in the Central Library, from which he sought to design angles and facets of communication Sibi/UFG taking advantage of the institutional dimension of administrative communication, internal and institutional. These departments were selected because they are transmitters of information that is of direct interest of UFG community. The Reference Section and Circulation Management, moreover, also meet the main needs of the public to search the library. They are what might be called the nerve center of the body. In addition to the analysis itself communication issued by Sibi/UFG, took up as objectives of this research: check if the culture (philosophy, values, policies, goals) the institution is actually being expressed through communication that it issues; up means, flows and communication networks in selected sectors; check which means, among those used, are most effective in the question of the scope of public Sibi/UFG; identify the language and the strategies used to send communication are suitable for this audience, having as parameters the Reference Section, the Circulation Management and the Communication Sector, all in the Central Library, Campus 2 of UFG. The object was observed, based on studies Morin (2005a) and Wolton (2010), as a rich system of ideas, in which the research subjects are individuals belonging to a culture ─ the Sibi/UFG, which produces its own way knowledge about doing communication. The library was comprised in the environment where it is inserted, which is the UFG itself and its culture. This means that the library and the communication issued by it have been observed in a multidimensional way, communing thinking about complexity of Morin (2005a). The chosen method was the case study and interviews were used for empirical research. The population was divided into two groups: employees of the Central Library, effective and contractors (GROUP 1); and users of this library, composed of students and servants of UFG (GROUP 2). A questionnaire was constructed for each group and both were pre-tested before actual use. For GROUP 1 the questionnaire was administered personally by the researcher, one by one, totaling 25 respondents. For GROUP 2, the questionnaire was sent by e-mail through the Forms tool, Google Drive, given that the initial sample of this group contained 316 subjects. However, they got only 165 responses during the two months that the survey was open on the internet. Thus, the analysis of the GROUP 2 results was made from the 165 questionnaires received. It was observed that the Sibi/UFG has its own communication model that is based on your organizational culture and its values, mission, vision and philosophy; and that is also consistent with the Sibi management model, which is the co-responsibility.
Palavras-chave: Comunicacao
Comunicacao organizacional
Cultura organizacional
Biblioteca
Communication
Organizational communication
Organizational culture
Library
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC)
Citação: SILVA, R. M. Comunicação, cultura e biblioteca: uma reflexão sobre o modelo de comunicação do Sistema de Bibliotecas da UFG. 2015. 312 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4719
Data de defesa: 19-Ago-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Rose Mendes da Silva - 2015.pdf4,59 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons