Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5010
Tipo do documento: Tese
Título: Reação de genótipos de soja, milho e arroz de terras altas a Pratylenchus brachyurus
Título(s) alternativo(s): Reaction of soybean, corn and upland rice genotypes Pratylenchus brachyurus
Autor: Rios, Anderli Divina Ferreira
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7408413323831461
Primeiro orientador: Rocha, Mara Rúbia da
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4660306671671575
Primeiro membro da banca: Rocha, Mara Rúbia da
Segundo membro da banca: Melo, Patrícia Guimarães Santos
Terceiro membro da banca: Lobo Júnior , Murillo
Quarto membro da banca: Faleiro, Valéria de Oliveira
Quinto membro da banca: Inomoto, Mario Massayuki
Resumo: A estimativa nacional de grãos para a safra 2013/2014 é de 193,9 milhões de toneladas. A área a ser colhida em 2014, de 55 milhões de hectares, apresenta acréscimo de 4,2% frente à de 2013 que foi de 52,8 milhões de hectares. O arroz, o milho e a soja são os três principais produtos em volume deste grupo, que somados representam 92,5% da produção e respondem por 85,5% da área colhida na safra 2013/2014. Juntas essas três culturas produzirão em torno de 177 milhões de toneladas na safra 2013/2014. Dentre as principais doenças da cultura da soja atualmente na região dos Cerrados, destacam-se aquelas causadas por nematoides, principalmente Heterodera glycines e Pratylenchus brachyurus. O milho e o arroz são utilizados em rotação ou sucessão com a cultura da soja e são culturas hospedeiras de P. brachyurus dificultando o manejo das áreas infestadas com esse patógeno. A utilização de resistência é uma das estratégias de controle mais importantes devido à sua compatibilidade com outras práticas de manejo e por não ser prejudicial ao meio ambiente. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a reação de genótipos de soja, milho e arroz ao nematoide das lesões radiculares P. brachyurus a fim de obter fontes de resistência, que possam ser usadas em programas de melhoramento genético ou imediatamente por agricultores em áreas infestadas pelo nematoide. Foram realizados nove experimentos no presente estudo. Para a cultura da soja foram realizados três experimentos, o primeiro (Experimento I) em condições de campo com setenta cultivares (tratamentos) em delineamento inteiramente casualizado e seis repetições. O segundo experimento (experimento II) foi realizado em condições semi-controladas, com delineamento inteiramente casualizado, com 26 cultivares e sete repetições, e avaliação aos 60 dias após inoculação (DAI). O terceiro experimento (Experimento III) foi realizado em campo naturalmente infestado, em delineamento inteiramente casualizado com 12 tratamentos (cultivares) e seis repetições, com avaliações aos 30, 60 e 90 dias após semeadura (DAS), e colheita dos grãos aos 131 DAS. Para o milho foram conduzidos dois experimentos, sendo o primeiro em condições semi-controladas, com 30 tratamentos (genótipos), sete repetições e avaliação aos 60 DAI. O segundo (experimento II) foi conduzido em condições de campo com dez tratamentos (genótipos), seis repetições e avaliação aos 30, 60 e 90 DAS e a colheita dos grãos foi realizada aos 119 DAS. Para a cultura do arroz foram conduzidos quatro experimentos, sendo três em condições controladas (experimentos I, II e III) e um em condição de campo (experimento IV) todos em delineamento inteiramente casualizado e seis repetições. Nos experimentos I, II e III as avaliações foram realizados aos 45, 55 e 76 DAI. No experimento IV avaliou-se aos 86 DAS. No presente estudo, não foram encontrados genótipos de soja, milho e arroz resistentes a P. brachyurus, mas, encontrou-se resultados promissores. As cultivares de soja TMG 132 RR, Emgopa 313 RR, M-Soy 8360 RR e CD 237 RR, as cultivares de arroz BRS 01600, BRS Primavera e BRS Monarca e os híbridos de milho, P 30K75 e P 30S31 foram promissores por apresentarem menores densidades populacionais ou FR para o nematoide. As cultivares de soja P 98Y11, BRSGO 8560 RR e P 98Y51e os híbridos de milho AG 1051, P 3862H e SHS 3031 apresentaram tolerância a P. brachyurus. Diante dos resultados aqui apresentados, é necessário que os estudos sejam continuados com o intuito de se obter genótipos resistentes e também identificar outras culturas promissoras que possam ser usadas em rotação ou sucessão com a soja, em áreas com alta infestação por P. brachyurus, além de ser importante o estudo do comportamento desse nematoide nos ecossistemas onde essas culturas são produzidas. Os genótipos que proporcionaram menores densidades populacionais devem ser preferidos para investigações futuras visando à identificação de genótipos que possuam resistência a P. brachyurus.
Abstract: The Brazilian production of grain crop is 193.9 million tonnes. The area harvested in 2014, was 55 million hectares, which represents in increase of 4.2 % compared to 2013 (52.8 million hectares). Rice, corn and soybean crops are the three main products that together accounted for 92.5 % of the grain production and accounted for 85.5 % of the harvested. Together these three crops produced around 177 million tonnes in the 2013/2014 season . Among the major diseases of soybean currently in the Cerrado region, we highlight those caused by nematodes, especially Heterodera glycines and Pratylenchus brachyurus. The maize and rice are used in rotation succession withis soybean crops and are host to the nematode making the management of areas infested with this pathogen more complex. The use of resistance is one of the most important strategies for plant disease control due to its compatibility with other management practices and for not being harmful to the environment. The objective of this study was to evaluate the reaction of of soybean, corn and rice genotypes to the root lesion nematode in order to obtain sources of resistance that could be included in plant breedind or be readily used by the farmers. Nine experiments were performed in the present study. Three experiments were conducted with soybeans in a completely randomized design. The first (experiment I) was conducted in field conditions with seventy cultivars (treatments) and six replications. The second experiment (experiment II) was conducted under controlled with 26 cultivars and seven replications. The third experiment (experiment III) was conducted in naturally infested field with 12 cultivars and six replications with assessments at 30, 60 and 90 DAS and harvest at 131 DAS. For corn, two experiments were conducted, the first with 30 genotypes and seven replications. The second (experiment II) was conducted in field conditions with ten genotypes and six replications evaluated at 30, 60 and 90 DAS and harvest at 119 DAS. For the rice crop, four experiments were conducted, three under controlled conditions (experiments I, II and III) and one in the field (experiment IV). All four experiments were set as a completely randomized design with six replications. In the present study no genotypes of soybean, corn or rice were found as resistant to P. brachyurus but some had promising results. The soybean cultivars TMG 132 RR, Emgopa 313 RR, M-Soy 8360 RR and CD 237 RR, rice cultivars BRS 01600, BRS Primavera and BRS Monarca and the corn hybrids, P30K75 and P30S31 presented lower nematode population densities or reproduction factors (RF). The soybean cultivars P 98Y11, BRSGO 8560 RR and P 98Y51 and the corn hybrids AG 1051, P3862H and SHS 3031 showed tolerance to the nematode. Given the results presented here, it is necessary for the studies to be continued in order to obtain resistant genotypes and to identify other promising crops that can be used in rotation with soybeans in areas with high infestation by the nematode. Also its important to study the behavior of this nematode in ecosystems where these crops are cultivated. Genotypes that provided lower nematode population densities should be preferred for future research in order to identify resistance.
Palavras-chave: Glycine max
Zea mays
Oryza sativa
Resistência
Glycine max
Zea mays
Oryza sativa
Resistance
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Agronomia (EAEA)
Citação: RIOS, A. D. F. Reação de genótipos de soja, milho e arroz de terras altas a Pratylenchus brachyurus. 2014. 87 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5010
Data de defesa: 28-Set-2014
Aparece nas coleções:Doutorado em Agronomia (EA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Anderli Divina Ferreira Rios - 2014.pdf1,05 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons