Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5035
Tipo do documento: Dissertação
Título: Relações de aminoácidos sulfurados: lisina digestíveis e diferentes fontes de betaína nas dietas pré-inicial e inicial de frangos
Título(s) alternativo(s): Sulfur amino acids relations: lysine and different sources betaine in pre-starter and starter diets of broilers
Autor: Rezende, Pedro Moraes
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/9509519460397883
Primeiro orientador: Stringhini, Jose Henrique
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8505634095383289
Primeiro coorientador: Andrade, Maria Auxiliadora
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/9441751521255467
Segundo Coorientador: Café, Marcos Barcellos
Currículo Lattes do segundo coorientador: http://lattes.cnpq.br/9860968235125158
Primeiro membro da banca: Stringhini, José Henrique
Segundo membro da banca: Laboissiere, Michele
Terceiro membro da banca: Carvalho, Fabyola Barros de
Resumo: Pesquisas com a utilização da betaína em dietas de frango têm evidenciado seu papel de osmorregulador intestinal em situações de estresse, aumentando a retenção hídrica celular e seu papel como doador de grupo metil nos processos metabólicos.A utilização de aditivos como a betaína vem sendo uma boa alternativa econômica na alimentação de frangos. Objetivou-se com o presente trabalho avaliar crescentes relações de aminoácidos sulfurados:lisina digestíveis em associação com duasfontes de betaína na dieta de frangos nas fases pré-inicial e inicial. O experimento foi conduzido no aviário experimental da Escola de Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal de Goiás, em Goiânia, O protocolo experimental foi aprovado pela Comissão de Ética no Uso de Animais/CEUA, inscrito sob número 068/13. Foram alojados504 pintos machos Cobb 500® com um dia de idade,em baterias de aço galvanizado, com cinco andares, bebedouros e comedouros lineares por divisão e lâmpadas incandescentes para aquecimento.O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados e esquema fatorial 3x4 correspondentes a dietas contendo betaína (sintética e natural) comparadas à testemunha, sem utilização do composto, e diferentes relações de metionina+cistina:lisina digestíveis (57%, 65%, 73% e 81%), com 12 tratamentos, 6 repetições,de 7 aves. As dietas experimentais a base de milho e farelo de soja, isentas de promotores de crescimento e anticoccidianoforam formuladas com exceção dos níveis de metionina+cistina nos devidos tratamentos e a DL-metionina adicionada em substituição ao amido. Foram realizadas medidas de desempenho com a pesagem das aves e das dietas no dia do alojamento e com 7, 14 e 21 dias de idade determinando o peso médio final, ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar.Foi coletado o sangue das aves para o perfil bioquímico sanguíneo dos níveis séricos de Na+, K+, Cl-, albumina, proteínas totais, colesterol, triglicerídeos, HDL, VLDL, LDL e ácido úrico. Para a metabilizabilidade de nutrientes foi utilizado a coleta total de excretas de 4 a 7 dias e de 17 a 21 dias de idade, determinando os coeficientes de matéria-seca, nitrogênio e nitrogênio retido e balanço de nitrogênio.Foram realizadas necropsias em pintos com 7 e 21 dias de idade, período em que foram coletadas amostras do intestino delgado (duodeno, jejuno e íleo) para montagem de lâminas histológicas e pesagem dos órgãos do trato gastrointestinal (TGI). Na histomorfometria foi verificada a altura de vilo, a profundidade de cripta e a relação vilo:cripta de duodeno, jejuno e íleo. Os dados foram submetidos à análise de variância (P<0,10) e aplicada a análise de regressão polinomial para as relações de metionina+cistina:lisina digestíveis.Embora não havendo diferença expressiva na utilização das fontes de betaína, pode-se verificar o efeito poupador de metionina, pois as aves alimentadas com as menores relações de metionina+cistina:lisina digestíveis apresentaram pesos superiores quando suplementadas com betaína, em especial a fonte de betaína natural. Verificou-se interação positiva da betaína sobre as relações Met+Cis:Lys digestíveis para perfil bioquímico sanguíneo, altura de vilo e metabolizabilidade de nutrientes.
Abstract: Researches with the use of betaine in broiler diets have shown its role inintestinal osmoregulator under stress, increasing cell water retention and its role as a methyl group donor in metabolic processes.The use of additives as betaine is a good economical alternative to feed chickens. The objective of this study was to evaluate growing relations of sulfur amino acids: lysine in combination with two sources of betaine in broiler diet in pre-starter and starter phases.The experiment was conducted at experimental poultry of School Veterinary and Animal Science of Federal University of Goiás in Goiânia, The experimental protocol was approved by the Ethics Committee on Animal Use / CEUA registered under protocol. 068/13. 504 chicks Cobb 500® males with a day old were housed, in galvanized steel batteries with five floors, troughs and linear feeders Division and incandescent lamps for heating.The experimental designused was randomized block in a 3x4 factorial design, corresponding to diets containing betaine (synthetic and natural) compared to the control with out use of the compound, and different relations of methionine+cystine: digestible lysine (57%, 65%, 73% and 81%), with 12 treatments, 6 replicates of 7 birds.The experimental diets of corn and soybean meal, free from growth promoters and anticoccidial, were formulated with the exception of methionine and cystine levels in the appropriate treatments, and the DLmethionine added to replace the starch. Performance was measured with the weighing of birds and diets on the accommodation and 7, 14 and 21 days of age, determining the average final weight, weight gain, feed intake and feed conversion, For the blood biochemical profile, blood was collected for determination of serum Na+, K+, Cl-, albumin, globulin, albumin:globulin, protein, cholesterol, triglycerides, HDL, VLDL, LDL and uric acid. Formetabolizability of nutrients was used the total excreta collection 4-7 days and 17-21 days of age, determining the coefficients of raw dry, nitrogen and nitrogen retained and nitrogen balance. Necropsies were done on chicks with 7 and 21 days of age, during which time samples were collected from the small intestine (duodenum, jejunum and ileum) for mounting histological slides and weighing the organs of the gastrointestinal tract (GIT). For histomorphometry, was checked villus height, crypt depth and villous:crypt duodenum, jejunum and ileum. Data were subjected to analysis of variance (P <0,10) and applied to polynomial regression analysis for methionine+ cystine: lysine. Al though there was no expressive difference in the use of betaine sources, you can check the sparing effect of methionine, as the birds fed the lower methionine+ cystine: lysine showed higher weights when supplemented with betaine, in particular the source of natural betaine. There was a positive interaction of betaine on the Met+Cys relations: Lys digestible for blood biochemistry profile, villus height and metabolization of nutrients.
Palavras-chave: Aditivo alimentar
Avicultura
Desempenho
Nutrição
Food additive
Performance
Poultry
Nutrition
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Zootecnia (EVZ)
Citação: REZENDE, P. M. Relações de aminoácidos sulfurados: lisina digestíveis e diferentes fontes de betaína nas dietas pré-inicial e inicial de frangos. 2015. 60 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5035
Data de defesa: 7-Mai-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Zootecnia (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Pedro Moraes Rezende - 2015.pdf1,07 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons