Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5090
Tipo do documento: Dissertação
Título: O drama como método de investigação de linguagem: uma interpretação do dramatismo de Kenneth Burke
Título(s) alternativo(s): Drama as a method of investigation of linguage: an interpretation of Kenneth Burke's dramatism
Autor: Gonzaga, Deusimar
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5603348880843598
Primeiro orientador: Camargo, Robson Corrêa de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9964594962008164
Primeiro coorientador: Christino, Daniel
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/1395742383165403
Primeiro membro da banca: Camargo, Robson Corrêa de
Segundo membro da banca: Hartmann, Luciana
Terceiro membro da banca: Christino, Daniel
Resumo: Este estudo tem o objetivo de apresentar e discutir alguns aspectos do dramatismo, método de análise das relações humanas e principalmente dos atos da linguagem e de pensamento, tal como apresentado pelo filósofo e crítico literário norte-americano Kenneth Burke (1897- 1993), entre os anos de 1930 a 1960. Praticamente desconhecido em nossa língua, o nome de Kenneth Burke e seu dramatismo são presenças obrigatórias nos recentes compêndios que abordam os estudos da performance e das performances culturais, pela comparação e relação que estabelecem entre a vida cotidiana e o drama e necessitam ser melhor conhecidos. Entre tantos teóricos, seus trabalhos influenciaram os críticos literários Harold Bloom (1930) e Susan Sontag (1933-2004), sua aluna na Universidade de Chicago, e principalmente a fundamentação do sociólogo Erving Goffman (1922-1982), seja em seus estudos da vida cotidiana como em sua “abordagem dramatúrgica” (dramaturgical approach). Como se infere, a partir do dramatismo, não somos apenas utilizadores da linguagem, somos também utilizados por ela, ela determina nossas ações. O dramatismo se estabelece como um instrumento de análise da linguagem como ação simbólica a partir de cinco termos chave (pentad dramatístico): o ato em si, o que foi feito; o agente do ato, o ator, quem realizou o ato; a cena (o lugar, o onde); a agência, os meios/instrumentos ou como se realiza a ação, ou ainda a capacidade autônoma das pessoas fazerem suas próprias escolhas; e o propósito. O ato é o termo central em torno do qual se organizam as cinco categorias de análise (pentad) e a investigação dos motivos da ação é a estratégia fundamental da análise dramatística. Burke propõe que o campo de observação da ação humana e de suas incontáveis combinações, as transposições e as transformações entre os termos do citado pentad, possibilitem uma análise da ação humana que tem o drama como termo central. O dramatismo procura responder as questões de como podem ser explicadas as ações humanas e, principalmente, como estas ações são determinadas pela capacidade simbólica. O dramatismo torna-se elemento central na análise da teatralidade humana, do ser humano em performance.
Abstract: This study aims at presenting and discussing some of the aspects of dramatism, method of analysis of human relations and mainly of the acts of the language and of the thinking, as it is presented by the North American philosopher and literary critic Kenneth Burke (1897-1993), from the years 1930 to 1960. Practically unknown in our language, Kenneth Burke‟s name and of his dramatism are compulsory presences in the recent compendiums which deal with the studies of performance and of cultural performances, for the comparison and the relation they establish between everyday life and the drama and thus require be better known. Among many theorists, Burke‟s works have influenced the literary critics Harold Bloom (1930) and Susan Sontag (1933-2004), his student at the University of Chicago, and mainly the theoretical founding of the sociologist Erving Goffman (1922-1982), being that in his studies of everyday life as well as in his “dramaturgical approach”. As it is implied from dramatism, we are not only language users, we are also used by it and language determines our actions. Dramatism is established as an instrument of analysis of language as symbolic action from five key terms (dramatistic pentad): the act in itself, what has been done; the agent of the act, the actor, who performed the act; the scene (the place, the where); the agency, the means/instruments or how the action is performed, or even the autonomous capability of people to make their own choices; and the purpose. The act is the central term around which the five categories of analyses are organized (pentad) and the investigation of the motives of the action is the fundamental strategy of the dramatistic analyses. Burke proposes that the field of observation of the human action and of its innumerable combinations, the transpositions and the transformations among the terms of the cited pentad, makes it possible for an analysis of the human action that has drama as its central term. Dramatism attempts to answer the questions of how human actions can be explained, and mainly how these actions are determined by the symbolic capability. Dramatism becomes a central element in the analysis of human theatricality, of the human being in performance.
Palavras-chave: Dramatismo
Teatralidade
Drama
Linguagem
Ação simbólica
Dramatism
Theatricality
Drama
Language
Symbolic action
Área(s) do CNPq: TEATRO::DRAMATURGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Música e Artes Cênicas - EMAC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Performance Cultural (EMAC)
Citação: GONZAGA, D. O drama como método de investigação de linguagem: uma interpretação do dramatismo de Kenneth Burke. 2015. 121 f. Dissertação (Mestrado em Performance Cultural) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5090
Data de defesa: 8-Jun-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Performances Culturais (EMAC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Deusimar Gonzaga - 2015.pdf2,71 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons