Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5144
Tipo do documento: Dissertação
Título: Abordagem diagnóstica e terapêutica de cães com doença renal crônica com ênfase na hiperfosfatemia
Título(s) alternativo(s): Diagnostic and therapeuticapproachin dogs with chronic kidney disease focused onhyperphosphatemia
Autor: Queiroz, Layla Livia de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8203607720883985
Primeiro orientador: Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8772502020076257
Primeiro coorientador: Damasceno, Adilson Donizeti
Segundo Coorientador: Duque, Celine Tie Nishimori
Primeiro membro da banca: Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Segundo membro da banca: Castro, Maria Cristina Nobre e
Terceiro membro da banca: Carvalho, Rosangela de Oliveira Alves
Resumo: A doença renal crônica (DRC) é uma alteração degenerativa que acomete principalmente cães idosos. De caráter progressivo, não tem cura e seu diagnóstico, na maioria das vezes, é realizado tardiamente, quando o tratamento é ineficaz e o tempo de sobrevida curto. Com o objetivo de padronização, a Sociedade Internacional de Interesse Renal (IRIS), propôs um sistema de classificação, baseado nas concentrações séricas de creatinina. Uma das principais complicações da DRC é a hiperfosfatemia, a qual está comprovadamente ligada à mortalidade de pacientes humanos portadores da doença. O presente estudo acompanhou 65 cães com DRC, com os retornos realizados mensalmente. A taxa de mortalidade foi de 55% e a idade média superior a sete anos. O tempo de acompanhamento dos animais que não vieram a óbito variou entre 46 e 225 dias. Quanto ao estadiamento IRIS, 6,2% dos cães encontravam-se no estádio 1, 13,8% no estádio 2, 38,5% no estádio 3 e 41,5% no estádio 4. Com o agravamento do quadro aproteinúria e a pressão arterial aumentaram,enquanto a densidade urinária reduziu. No exame ultrassonográfico a maior parte dos cães apresentou aumento da ecogenicidade renal e alteração na definição do limite córtico-medular. A hiperfosfatemia ocorreu principalmente nos estádios 3 e 4 e esteve relacionada ao agravamento da doença, alta mortalidade, hipoalbuminemia, hipertensão arterial e proteinúria. O uso continuado da dieta renal foi eficiente no controle da hiperfosfatemia e no aumento da sobrevida dos cães com DRC.
Abstract: Chronic kidney disease (CKD) is a degenerative condition that mainly affects older dogs. It has a progressive character, no cure, and in most cases is diagnosed late, when treatment becomes ineffective and survival timeshorter. With the objective of diagnosis’ standardization, the International Renal Interest Society (IRIS) proposed a staging system based on serum creatinine. One of the major complications of CKD is hyperphosphatemia, which is demonstrably linked to mortality inhuman patients. The presentstudy used 65 dogs with CKD, followed upmonthly. The mortality rate was 55% and the average age was seven years. The follow-up time ranged from 46 to 225 days. As for the IRIS staging, 6.2% of dogs were in stage 1, 13.8% in stage 2, 38.5% in stage 3 and 41.5% in stage 4. With the progression of disease, proteinuria and arterial blood pressureincreased while urine specific gravity reduced. Most of the dogs showed increased renal echogenicity and changes in cortico-medullary definition,in ultrasonographic examinations. Hyperphosphatemia occurred mainly in stages 3 and 4 and was related to progression of the disease, hypoalbuminemia, proteinuria, hypertension and increased mortality. Renal diet given continuously was effective in controlling hyperphosphatemia and increased survival time of dogs with CKD.
Palavras-chave: Azotemia
Caninos
Estadiamento IRIS
Nefropatia
Tratamento
Azotemia
Canine
IRIS staging
Nephropathy
Treatment
Área(s) do CNPq: CLINICA E CIRURGIA ANIMAL::CLINICA CIRURGICA ANIMAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ)
Citação: QUEIROZ, L. L. Abordagem diagnóstica e terapêutica de cães com doença renal crônica com ênfase na hiperfosfatemia. 2016. 85 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5144
Data de defesa: 25-Fev-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciência Animal (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Layla Livia de Queiroz - 2015.pdf1,69 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons