Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5165
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorRibeiro, Bruna Vanessa Dantas-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1415546306371581por
dc.contributor.advisor1Temer, Ana Carolina Rocha Pessôa-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2424054335258827por
dc.contributor.referee1Temer, Ana Carolina Rocha Pessoa-
dc.contributor.referee2Braga, Claudomilson Fernandes-
dc.contributor.referee3Assis, Francisco de-
dc.date.accessioned2016-01-29T11:25:04Z-
dc.date.issued2015-08-17-
dc.identifier.citationRIBEIRO, B. V. D. Saúde mental, cidadania e televisão: representações da loucura no programa “A Liga”. 2015. 186 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5165-
dc.description.resumoEsta pesquisa busca contribuir com os estudos de comunicação acerca da representação da saúde mental através da mídia. Tendo como objeto central a televisão, percorremos as definições e ideias acerca de saúde mental, loucura, cidadania, televisão e gêneros televisivos a fim de desenvolver uma estrutura teórica que dê suporte à análise de conteúdo que foi realizada em seguida. A partir das ideias de Michel Foucault foi feita uma reflexão acerca da saúde mental enquanto uma questão social, política e histórica que gera representações midiáticas. Daí parte a ideia do estigma dentro da estética televisiva do grotesco, tendo como autores-guia Muniz Sodré e Raquel Paiva. Essas teorizações dão suporte a uma análise de conteúdo sobre as edições do programa “A Liga” com a temática de saúde mental. Como resultado apresentamos reflexões acerca da representação midiática não afirmativa da cidadania dos portadores de transtorno mental e a correlação entre loucura e institucionalização. No âmbito dos produtos televisivos chegamos a reflexões sobre aquilo que o programa “A Liga” apresenta como jornalismo, ou como se utiliza de seus fundamentos para apresentar um novo produto: o pseudo jornalismo espetacular.por
dc.description.abstractThis research seeks to contribute with the studies of communication about the representation of mental health. With television as a central object, we go through the definitions and ideas about mental health, madness, citizenship, television and representation in order to develop a theoretical structure that gives support to the content analysis that will be developed. From the ideas of Foucault's is done a reflection about mental health as a social, politics and historical issue, that generates midiatic representations. From that, arise the idea of stigma within the television aesthetics of grotesque, having as guide autors Muniz Sodré and Raquel Paiva. These theorizations support the content analysis of the editions with the theme of mental health in A Liga tv show. As a result we present reflections about the media not affirmative representation of citizenship of the mentally ill and the correlation between madness and institutionalization. In the scope of the television products we came to reflections about what the tv show The League presented as journalism, or how it uses its foundations to present a new product: the spectacular pseudo journalism.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Cláudia Bueno (claudiamoura18@gmail.com) on 2016-01-28T14:48:55Z No. of bitstreams: 2 Dissertação - Bruna Vanessa Dantas Ribeiro - 2015.pdf: 4857564 bytes, checksum: bd7d762d4204200468118ddf4beb75b6 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2016-01-29T11:25:04Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Dissertação - Bruna Vanessa Dantas Ribeiro - 2015.pdf: 4857564 bytes, checksum: bd7d762d4204200468118ddf4beb75b6 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-01-29T11:25:04Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação - Bruna Vanessa Dantas Ribeiro - 2015.pdf: 4857564 bytes, checksum: bd7d762d4204200468118ddf4beb75b6 (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Previous issue date: 2015-08-17eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://repositorio.bc.ufg.br/tede/retrieve/25582/Disserta%c3%a7%c3%a3o%20-%20Bruna%20Vanessa%20Dantas%20Ribeiro%20-%202015.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Goiáspor
dc.publisher.departmentFaculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFGpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Comunicação (FIC)por
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/-
dc.subjectTelevisãopor
dc.subjectSaúde mentalpor
dc.subjectCidadaniapor
dc.subjectGrotescopor
dc.subjectRepresentaçãopor
dc.subjectTelevisioneng
dc.subjectMental healtheng
dc.subjectCitizenshipeng
dc.subjectGrotesqueeng
dc.subjectRepresentationeng
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAOpor
dc.titleSaúde mental, cidadania e televisão: representações da loucura no programa “A Liga”por
dc.title.alternativeMental health, citizenship and television: madness representations on "The League" tv showeng
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Bruna Vanessa Dantas Ribeiro - 2015.pdf4,74 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons