Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5240
Tipo do documento: Tese
Título: As representações discursivas sobre o sujeito-professor: entrelaçamento do saber e do poder no trajeto temático da missão, da culpabilização e da incompetência
Título(s) alternativo(s): Discursive representations about the subjetct teacher: knowledge and power interlacing in the thematic path of mission, guilty and incomptence
Autor: Morgado, Valdoméria Neves de Moraes
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8473177129158948
Primeiro orientador: Fernandes, Eliane Marquez da Fonseca
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6909779518031618
Primeiro membro da banca: Fernandes, Eliane Marquez da Fonseca
Segundo membro da banca: Duarte, Pedro David Russi
Terceiro membro da banca: Leone, Ilse
Quarto membro da banca: Souza, Kátia Menezes de
Quinto membro da banca: Souza, Agostinho Potenciano de
Resumo: Esta tese, intitulada, As representações discursivas sobre o sujeito-professor: entrelaçamento do saber e do poder no trajeto temático da missão, da culpabilização e da incompetência, tem o objetivo de descrever a imagem construída do sujeito-professor em textos dos gestores da educação, da mídia e de outros sujeitos dispersos na sociedade, inclusive do próprio professor. A metodologia do estudo é de cunho qualitativo documental numa investigação que seleciona, na dispersão histórica, enunciados retirados de documentos-monumentos, desde os meados do século XVIII até o início da segunda década do século XXI. Numa opção pelo conceito de trajeto temático, faz-se uma ancoragem em Guilhaumou e Maldidier como ferramenta teórico-metodológica para discutir as relações discursivas sobre as representações que se tem do sujeito-professor. Destacam-se três eixos temáticos que desenham o sujeitodocente como missionário, como culpado e como incompetente no processo educacional. Em estudo da Linguística, o construto teórico toma as postulações da Análise do Discurso de linha francesa e são usados os aportes teóricos de Foucault sobre o enunciado, o sujeito, o saber e o poder que sustentam as análises. No levantamento dos enunciados, detectou-se a repetição reiterada das representações que desqualificam o sujeito professor e promovem o exercício do poder nessas relações discursivas, mediante o controle desse discurso para mantê-lo funcionando como mecanismo legitimador do sujeito que enuncia e como justificativa que apaga a corresponsabilidade no processo educacional. Dessa maneira, é por meio dessas formulações discursivas que o docente é apontado como um dos principais responsáveis pelo suposto fracasso do ensino. Os enunciados-monumentos do complexo movimento discursivo permitem verificar como procedimentos discursivos promovem saberes que se tornam verdades e verdades que se tornam saberes, via historicidade e materialidade repetível. Nesse sentido, implicam-se mutuamente as relações de poder e saber, enunciados e representações que asseveram imagens disfóricas a partir das práticas discursivas presas a um tipo específico de discurso que põe em xeque a atuação docente. Nesse aspecto, por intermédio da paráfrase discursiva da negatividade, observou-se que embora os discursos pareçam simples repetições, trazem, em cada circunstância de retomada discursiva, outros sujeitos e novos objetos que fazem com que a cada irrupção seja percebida como novidade, é por intermédio desse novo acontecimento que faz com que a sociedade considere esses saberes como verdadeiros. Este trabalho, portanto, divide-se em três capítulos: no primeiro, estão os conceitos embasadores da engrenagem discursiva e os pressupostos foucaultianos; no segundo, expõem-se os três trajetos temáticos sobre o professor, profissão do entremeio, e as análises específicas; no terceiro, verifica-se o levantamento analítico de um discurso saudosista sobre o ensino e o controle discursivo que se estabelece a partir das posiçõessujeito e das relações de poder que procuram desacreditar o docente. Assim, todo esse trânsito discursivo na história não quer mostrar apenas a ineficácia da instituição escola, mas a relação do sujeito-professor frente à sociedade que o discursiviza. A visibilidade dada à imagem do professor, séculos após séculos, não teve força suficiente para modificar essas representações disfóricas retomadas há tempos. Os rastros são visíveis e permanecem em nossos dias.
Abstract: This thesis entitled , Discursive representations about the subject teacher: knowledge and power interlacing in the thematic path of mission, guilty and incompetence , aims to describe the image that was built in relation to the subject teacher in texts coming from education managers , media and other individual subjects spred in society, including the teacher himself. The method of this research is qualitative documentary in an investigation that selects, in the historical dispersal, statements taken from documents, monuments, from the mid-eighteenth century to the beginning of the second decade of this century. An option by the concept of thematic path, it is an anchor in Guilhaumou and Maldidier as a theoretical and methodological tool in order to discuss the discursive relations about representations that people have about the subject-teacher. There are three remarkable themes that draw the subject-teacher as a missionary, as guilty and as incompetent in the educational process. In a study of linguistics, the theoretical construct takes the postulations of French Discourse Analysis and used Foucault's theoretical contributions about the statement, the subject, the knowledge and the power that support the analysis. Along survey of statements, it was detected reiterated repetition of representations that disqualify the subject teacher and promote the exercise of power around these discursive relations, by controling these speech in order to keep it working as legitimizing mechanism of the subject that states and as a justify that erases the responsibility along the educational process. This way, it is through these discursive formulations that teacher is identified as one of the main responsbible for the supposed failure of education. The listed monuments, the complex discursive movement allow you to verify how discursive procedures promote knowledge that become truths and truths which make knowledge, via historicity and repeatable materiality. This way, it implies mutual power and knowledge relations, statements and representations that assert dysphoric images starting from discursive practices tied to a specific type of discourse that puts into question the teaching performance. Through this aspect, using the discourse paraphrase of negativity, it was observed that although the speech seems simple repeatitions, they bring in each circumstance in wich they turn up, other subjects and new objects that make, in each perceived outburst as a new happening,and it is through this new happening that society consider this knowledge as true ones. So, this research is divided into three chapters: the first brings the concepts of discursive gear and Foucault presuppositions; the second, the three thematic paths about the teacher, inset profession, and specific analyzes; the third, shows the analytical survey of a nostalgic discourse about teaching and discursive control that is established from subject-positions and power relations that seek to discredit the teacher. So, all this discourse in history, doesn't intend to show the ineffectiveness of school institution, but the relation of the subject teacher along society that discursiviza him. The visibility given to the teacher's image, centuries after centuries wasn't poweful enough to modify these dysphoric representations taken up long time ago. The tracks are visible and remain throuhout nowadays.
Palavras-chave: Discurso
Sujeito-professor
Imagem negativa
Saber/poder
Discourse
Subject teacher
Negative image
Knowledge/power
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: MORGADO, V. N. M. As representações discursivas sobre o sujeito-professor: entrelaçamento do saber e do poder no trajeto temático da missão, da culpabilização e da incompetência. 2015. 218 f. Tese (Doutorado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5240
Data de defesa: 19-Jun-2015
Aparece nas coleções:Doutorado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Valdomeria Neves de Moraes Morgado - 2015.pdf2,99 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons