Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5250
Tipo do documento: Dissertação
Título: Deslocamento do trabalho feminino e os novos contornos da divisão sexual do trabalho na construção civil em Anápolis e Goiânia
Título(s) alternativo(s): Shift work fem and new profiles of sexual division of labour in construction in Anápolis and Goiânia
Autor: Jorge, Maria Aparecida Sanches Silva
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7723996638555438
Primeiro orientador: Santos, Cleito Pereira dos
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3370362170279127
Primeiro membro da banca: Santos, Cleito Pereira dos
Segundo membro da banca: Tosta, Tânia Ludmila Dias
Terceiro membro da banca: Lobo, Sônia Aparecida
Resumo: A pesquisa volta-se para o trabalho feminino na construção civil, nas funções de pedreira, ceramista, azulejista, rejuntadora. Com foco nas questões sobre trabalho feminino e os novos contornos da divisão sexual do trabalho, este estudo verifica e analisa os motivos do deslocamento das mulheres para este setor, a precarização, intensificação, delegação do trabalho doméstico, as habilidades manuais, a polarização, a escolaridade nos canteiros de obra em Anápolis e Goiânia. A pesquisa está orientada para a busca e verificação dos novos contornos da divisão sexual do trabalho, no sentido de identificar elementos que evidenciam mudanças que rompem com as desigualdades ou promovem formas de exploração do trabalho feminino. O objetivo do estudo volta-se para a análise do comportamento da força de trabalho feminina, diante das questões da sexualização das ocupações que regem a divisão sexual do trabalho, no setor da construção civil; Analisa, se este deslocamento estabelece uma maior desqualificação, precarização e intensificação do trabalho feminino ou rompe com o sistema hierárquico de gênero em uma profissão tradicionalmente masculina. A pesquisa foi realizada nos canteiros de obras, com entrevistas, observações e descrição do cotidiano do trabalho feminino no setor de acabamento. Verificou-se que o deslocamento é promovido pela escassez de mão de obra masculina, pelos cursos de qualificação profissional, pelo atrativo da carteira assinada, dos salários e estas mulheres estão saindo majoritariamente do trabalho doméstico e são inseridas no setor de acabamento, local de trabalho exclusivamente manual, onde “produzir e limpar” possuem a mesma dimensão. A pesquisa revelou que o trabalho no setor de acabamento passa por uma reclassificação promovida pelas habilidades manuais. Assim, é possível levantar o pressuposto da provável feminização do setor de acabamento da construção civil nas empresas pesquisadas.
Abstract: The search turns to women's work in construction, quarries functions, ceramist, tiler, rejuntadora. Focusing on the issues of women's work and the new format of the sexual division of labor, this study verifies and analyzes the women's movement of the reasons for this sector, the precariousness, intensification of domestic work delegation, the craftsmanship, polarization, education at the construction sites in Anapolis and Goiania. The research is focused on the search and verification of the new format of the sexual division of labor, to identify elements that show changes that break with inequalities or promote forms of exploitation of women's work. The objective of the study turns to the analysis of the behavior of the female labor force, on the issues of sexualization of occupations governing the sexual division of labor in the construction industry; Checks whether this shift providing further disqualification, insecurity and intensification of women's work or breaks the hierarchical system of gender in a traditionally male profession. The survey was conducted on construction sites, with interviews, observations and description of the female work everyday in the finishing sector. It was found that the displacement is promoted by male labor shortage, by professional training courses, the appeal of a formal contract, wages and these women are mostly out of domestic work and are inserted into the finishing sector, workplace exclusively manual, which "produce and clean" have the same dimension. The research revealed that work in the finishing sector has been a reclassification promoted by manual skills. Thus, it is possible to raise the presumption of likely feminization of construction finishing sector in the companies surveyed.
Palavras-chave: Trabalho feminino
Divisão sexual
Construção civil.
Novos contornos
Deslocamento do trabalho
Women's work
Sexual division
Construction
New possibilities
Job displacement
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS)
Citação: JORGE, Maria Aparecida Sanches Silva. Deslocamento do trabalho feminino e os novos contornos da divisão sexual do trabalho na construção civil em Anápolis e Goiânia. 2015. 166 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5250
Data de defesa: 8-Mai-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Maria Aparecida Sanches Silva Jorge - 2015.pdf3,57 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons