Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5305
Tipo do documento: Tese
Título: Goiânia, a metrópole periférica: fantasmagoria, experiências e viveres urbanos – Real Conquista e Jardins Madri
Título(s) alternativo(s): Goiânia, a peripheral metropolis: phantasmagoria, and food urban experience - Real Madrid Conquest and Gardens
Autor: Soares, Rodrigo de Oliveira
Primeiro orientador: Menezes, Marcos Antônio de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/5906542748941462
Primeiro membro da banca: Menezes, Marcos Antônio de
Segundo membro da banca: Reinato, Eduardo José
Terceiro membro da banca: Gomes, Aguinaldo Rodrigues
Quarto membro da banca: Silva, Thiago Fernando Sant' Anna e
Quinto membro da banca: Alencar, Maria Amélia
Resumo: Nas portas do século XXI, Goiânia se estabeleceu como metrópole no sertão brasileiro, ainda sobre rastros de discursos modernos. Nesta pesquisa objetiva-se estudar como esse processo criou formas de viver na metrópole, principalmente na periferia. Nossos estudos foram desenvolvidos na região sudoeste de Goiânia, onde, para os mais pobres, a periferia é a única forma de pertencer à metrópole e, para os grupos mais elitizados, é uma maneira de se afastar do caos da metrópole incompleta. Ao focarmos nossa investigação no assentamento popular Real Conquista e no condomínio horizontal de luxo Jardins Madri, concluímos que eles são objetos privilegiados de como essas novas formas de viver se estabeleceram na periferia. Com as contribuições do materialismo histórico de Walter Benjamin e de seus leitores e intérpretes, procuramos historiar a dinâmica de metropolização de Goiânia e construir uma leitura crítica desse processo e compreender como a metrópole goianiense se constrói e se desenvolve no século XXI.
Abstract: In XXI century, Goiânia established itself as a metropolis in the brazilian backlands, even on modern discourses trails. The capital of Goiás has established itself as a urban phantasmagoria to become a commodity under control of real state capital and so, designed as an incomplete metropolis In this research we try to peer how this process created ways of living in the city and how these differences and how they solidified in its suburbs. Our case study was developed in the Southwestern region where, for the poorest, the suburbs is the only way to belong to the city and for the more affluent groups it's a way to get away from the city caos. By focusing our research on popular nesting Real Conquista and luxury horizontal condomonium called Jardins Madri, we conclude that they were born of a ghostly project of modernity wich Goiânia is and expression. With the contributions of historical materialism of Walter Benjamin, his readers and interpreters, we seek to historicizing the dynamic metropolization of Goiânia and buil a critical reading of this process. Seek, from the perspective monadological not to issue a closed story or another document of barbarism, but show real scenarios to help you understand how goianiense metropolis was formed and deployed in the XXI century.
Palavras-chave: Goiânia
Metropolização
Fantasmagoria
Periferia
Goiânia
Metropolization
Phantasmagoria
Suburbs
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Historia (FH)
Citação: SOARES, Rodrigo de Oliveira. Goiânia, a metrópole periférica: fantasmagoria, experiências e viveres urbanos – Real Conquista e Jardins Madri. 2015. 209 f. Tese (Doutorado em Historia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5305
Data de defesa: 27-Ago-2015
Aparece nas coleções:Doutorado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Rodrigo de Oliveira Soares - 2015.pdf3,19 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons