Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5348
Tipo do documento: Dissertação
Título: Fatores associados à não adesão e à não aceitação da alimentação escolar por alunos de escolas públicas de tempo integral
Título(s) alternativo(s): Factors associated with non-adherence and non-acceptance of school meals for students in public schools full time
Autor: Carvalho, Nágila Araújo de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8790511995983282
Primeiro orientador: Martins, Karine Anusca
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8697079749159115
Primeiro coorientador: Sousa, Lucilene Maria de
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/3991646903823700
Segundo Coorientador: Díaz, Mário Ernesto Piscoya
Currículo Lattes do segundo coorientador: http://lattes.cnpq.br/8921949936090276
Primeiro membro da banca: Martins, Karine Anusca
Segundo membro da banca: Peixoto, Maria do Rosário Gondim
Terceiro membro da banca: Correia, Márcia Helena Sacchi
Resumo: O ensino fundamental tem avançado rumo à educação em tempo integral, com permanência do aluno por mais tempo na escola, aumento do número de refeições servidas e a necessidade de adequação das instituições à nova realidade. O objetivo do estudo foi identificar a adesão e a aceitação à alimentação nas escolas e analisar os fatores associados à não adesão e à não aceitação por alunos de escolas públicas municipais de tempo integral de Goiânia. Estudo transversal realizado com alunos de seis a 14 anos de escolas públicas de tempo integral. Foram investigadas questões sobre o consumo das refeições, refeições servidas, distribuição de alimentos, alimentos externos à escola, dados socioeconômicos e a avaliação nutricional dos alunos. A adesão às refeições (lanches da manhã e da tarde e almoço) foi definida como o consumo de quatro a cinco vezes/semana, e a aceitação, isto é, a aprovação das refeições, avaliada pela escala hedônica facial de cinco pontos, estabelecendo-se ponto de corte de 85,0%. Realizou-se a regressão de Poisson para verificar os fatores associados à não adesão e à não aceitação das refeições. Participaram 359 alunos, a maioria era eutrófica, tinha de seis a 10 anos de idade, pertencente à classe C e as mães tinham nove anos ou mais de estudo. A adesão foi alta para o almoço e lanche da tarde e baixa para o lanche da manhã e para as três refeições em conjunto. A aceitação não alcançou 85,0% em nenhuma das refeições, sendo menor no lanche da manhã. Os fatores associados à não adesão foram: número de pessoas acima de quatro no domicílio, realização da refeição no refeitório, o local de consumo considerado desconfortável e a avaliação negativa dos utensílios. Aqueles associados à não aceitação foram: idade >10 anos, sexo feminino, avaliação negativa dos utensílios e inadequação da temperatura dos alimentos. A maioria dos alunos aderiu ao almoço e ao lanche da tarde, mas não ao lanche da manhã. A não adesão e não aceitação associaram-se aos aspectos demográficos, sociais e relacionados à alimentação nas escolas. Um monitoramento da execução do programa é fundamental para que os recursos públicos sejam investidos de forma adequada, direcionados às necessidades do público alvo. Os testes de aceitabilidade devem ser realizados periodicamente incluindo a adesão.
Abstract: The basic education has advanced towards full-time education, the student staying longer in school, increasing the number of meals served and the need to adapt the institutions to the new reality of school meals. The aim of the study was to identify adherence and acceptance to food and analyze the factors associated with non-adherence and non-acceptance of students from public schools full-time Goiânia. Cross-sectional study with students from six to 14 years in public school full-time. The consumption of meals on issues were investigated, served preparations, food distribution, food external to school and socioeconomic data, including nutritional assessment of students. Adherence to meals (snacks in the morning and afternoon and lunch) was defined as the effective consumption of four to five times / week and acceptance, this is the approval meals, by means of hedonic face five-point scale with cutoff 85.0%, being lower in mid-morning snack. Poisson regression performed to identify factors associated with non-adherence and non-acceptance of meals. Attended by 359 students, most were eutrophic, had six to 10 years old, belonging to the class C and mothers had nine years or more of study. Adherence was high for lunch and afternoon snack and low for a snack in the morning and for three meals together. The acceptance did not reach 85.0% in any of the meals. Factors associated with nonadherence were number of persons above four at home, consumer place the refectory, and the same uncomfortable and the negative evaluation of utensils. Factors associated with non-acceptance were age >10 years, female gender, the negative evaluation of utensils and inadequate food temperature. Most students adhered for lunch and afternoon snack, but not at the morning snack. Non-adherence and rejection were associated to demographic, social and related to food in schools. A monitoring of the program is essential if public resources invested appropriately, directed to public needs to which they relate. Acceptability tests are needed periodically including the assessment of adherence.
Palavras-chave: Alimentação escolar
Política nutricional
Saúde escolar
School feeding
Nutrition policy
School health
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Nutrição - FANUT (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Nutrição e Saúde (FANUT)
Citação: CARVALHO, N. A. Fatores associados à não adesão e à não aceitação da alimentação escolar por alunos de escolas públicas de tempo integral. 2015. 114 f. Dissertação (Mestrado em Nutrição e Saúde) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5348
Data de defesa: 7-Dez-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Nutrição e Saúde (FANUT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Nágila Araújo de Carvalho - 2015.pdf1,65 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons