Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5360
Tipo do documento: Dissertação
Título: “Senhor dono da casa, se não for muito custoso, vem abrir a vossa porta que nós viemos de pouso”: as territorialidades produzidas pelos Grupos das Folias de Reis em Goiânia
Título(s) alternativo(s): "Sir, the owner of the house, if it is not too much to ask for it, come and open the door of your house to us, because we came here for a sleepover": the territorialities produced by groups of “Folias de Reis” in Goiania
Autor: Mota, Rosiane Dias
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7469530662970864
Primeiro orientador: Almeida, Maria Geralda de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4465452999284335
Primeiro membro da banca: Almeida, Maria Geralda de
Segundo membro da banca: Tuma Filho, Fadel David Antônio
Terceiro membro da banca: Maia, Carlos Eduardo Santos
Resumo: permeada de ritos, crenças e lembranças. A presente investigação, apoiada na abordagem da geografia cultural, tem como objetivo analisar as territorialidades que emergem pelas relações estabelecidas nos “giros”, apresentações e encontros de Folias de Reis na cidade de Goiânia, bem como obter uma leitura dos significados destas como manifestação e expressão da cultura popular. As Folias de Reis produzem “marcas” no espaço-tempo (território, territorialidades, identidades) que se configuram em paisagens simbólicas. As relações territoriais e as paisagens simbólicas produzidas pelas Folias de Reis, mesmo em diferentes realidades, não modificam sua essência de devoção e tradição. Esses grupos se adaptam ou sofrem modificações físicas e estruturais de acordo com a situação em que se inserem, mas o sentido devocional se mantém e se fortalece a cada cantoria. Os aspectos teórico-metodológicos utilizados no desenvolvimento desta têm como base, entre outras, às contribuições de Almeida (2005; 2006; 2010), que discute relações territoriais no âmbito da geografia cultural; de Geertz (2001), o qual aborda questões conceituais referentes à cultura; de Hobsbawn (1997), com uma reflexão acerca da tradição genuína e inventada; e de Cosgrove (2004), que discute as paisagens simbólicas e sua leitura. Utilizou-se, como procedimentos metodológicos, levantamento bibliográfico, pesquisa documental, trabalho de campo, tratamento de dados, produção de mapas, entre outros. Conclui-se que a Folia de Reis consiste em uma festa permeada de relações sociais que evidenciam, durante os “giros”, um universo simbólico dotado de elementos rurais no meio urbano da Capital. São nas celebrações, cantorias e na hospitalidade dos foliões, que são produzidas pelas folias, as territorialidades e as paisagens culturais presentes no calendário festivo do ciclo natalino da cidade.
Abstract: This current research examines the territorialities which emerge from the relations established in the presentations and meetings of the ‘Giros of Folias de Reis’ in Goiânia. This binomial cultural-religious manifestation consists of an after Christmas seasonal Catholic popular festivity, which is permeated with Christian rites, beliefs and memories. ‘Giros of Folias’ are, therefore, collective walks practiced by specific fancily-dressed festive groups. Symbolically, ‘giros’ means the Christ walks, and ‘Folias’ represents the ‘Three Kings celebration’. The research has its conceptual and theoretical approaches within the Cultural Geography realm. It seeks to have readings on the meanings of these expressions of popular culture. The ‘Folias de Reis’ produce "inscriptions" in space and time (territory, territoriality, identity), which become part of symbolic landscapes. The territorial relations and symbolic landscapes produced by the ‘Folias de Reis’, even within different realities and contexts, do not have their essence, such as devotion and tradition, changed. These festive groups adapt themselves, or have physical and structural modifications, depending on the situation in which they become part of, but their devotion gets strengthened every time they practice the ‘Giros’. The theoretical and methodological aspects used in the research are based, but not limited to, on the contributions of Adams (2005, 2006, 2010) who debates the territorial relations within the Cultural Geography domain; on the work of Geertz (2001), who addresses conceptual approaches related to ‘culture’; on the insights of Hobsbawm (1997) who provides a reflection on two types of tradition: real and invented one; and, on the work of Cosgrove (2004), who discusses the symbolic landscapes and its reading. For this investigation, the used methodological procedures and tools were: literature review, documented material, fieldwork, maps production, and data analysis. The findings reveal that the “Folia de Reis” entails a festivity replete with social relations which, per se, put in evidence – during the “Giros” - , a symbolic universe composed of rural elements, but, in this particular case, celebrated in an urban environment. The territorialities and cultural landscapes are then produced during the festival with the songs and the hospitality of the festive groups, and it is an event which takes place cyclically according to a Christmas event calendar of Goiania.
Palavras-chave: Folia de Reis
Cultura
Território
Paisagem Cultural
Goiânia
Identidade
Folia de Reis
Culture
Territory
Identity
Cultural Landscape
Goiania
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA)
Citação: MOTA, R. D. “Senhor dono da casa, se não for muito custoso, vem abrir a vossa porta que nós viemos de pouso”: as territorialidades produzidas pelos Grupos das Folias de Reis em Goiânia. 2011. 211 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5360
Data de defesa: 1-Jul-2011
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Rosiane Dias Mota - 2011 (1).pdf19,17 MBAdobe PDFBaixar/Abrir
Dissertação - Rosiane Dias Mota - 2011 (2).pdf6,7 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons