Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5461
Tipo do documento: Dissertação
Título: Motivação dos profissionais enfermeiros das unidades pré-hospitalares fixas de urgência do município de Goiânia, Goiás
Título(s) alternativo(s): Motivation of professional nurses of pre- hospital unit fixed of urgency, Goiânia, Goiás
Autor: Roldão, Karla Alves
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/1948343856092712
Primeiro orientador: Pereira, Edsaura Maria
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8820722314388248
Primeiro membro da banca: Pereira, Edsaura Maria
Segundo membro da banca: Freitag, Maria Salete Batista
Terceiro membro da banca: Almeida, Nilza Alves Marques
Quarto membro da banca: França, Cristiana Marinho de Jesus
Resumo: As condições oferecidas para o desenvolvimento do trabalho na área da saúde, a motivação dos profissionais e suas inter-relações impactam de forma significativa a melhoria da qualidade da atenção à saúde. Considerando esse cenário, o presente estudo tem como objetivo investigar a motivação para o trabalho dos (as) profissionais enfermeiros (as) que prestam serviços de atendimento pré-hospitalar fixo de urgência nas Unidades não Hospitalares de Atenção às Urgências (UNHAU) do município de Goiânia. Conhecer o perfil dessa categoria profissional, as condições de trabalho dos serviços de atendimento pré-hospitalar fixo de urgência e interpretar parte do universo motivacional desse público específico pode contribuir com a gestão municipal de saúde de Goiânia no aprimoramento da construção de gestões democráticas e dinamizadoras nos serviços de atendimento às urgências e, ainda, sugerir abordagens para capacitações e para educação permanente nesses serviços. Dessa forma, esta pesquisa busca descrever as condições laborais nessas unidades, na perspectiva desses profissionais. Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória realizada com enfermeiros (as) de 11 unidades de atendimento pré-hospitalar fixo de urgência do município de Goiânia. Participaram do estudo 22 profissionais, representados por 2 enfermeiros de cada unidade. Os sujeitos da pesquisa responderam a um questionário estruturado em dois instrumentos, sendo o Instrumento 1 elaborado pela autora, com o objetivo de caracterizar o perfil dos profissionais entrevistados e o instrumento 2, que trata-se de uma escala já validada por Porto e Tamayo (2003) e adaptada pela autora desta pesquisa. Este último instrumento é composto por dois blocos: Bloco 1- Avaliação das condições de trabalho e Bloco 2- Avaliação dos valores relativos ao trabalho. Os resultados demonstraram que a maioria da categoria profissional é composta por mulheres (95,5%) e que 54,5% dos (as) entrevistados (as) são casados. Identificou-se a multiplicidade de vínculos entre 63,6% dos (as) enfermeiros (as) e o mesmo percentual possui qualificação específica para exercer a função. Em relação às condições de trabalho oferecidas pelas unidades de saúde, tem-se como a pior avaliação a disponibilidade de equipamentos e insumos (62,1%), seguida do conforto proporcionado aos trabalhadores (52,3%). A melhor avaliação relativa foi conferida ao gerenciamento e organização do trabalho (28,7%). No que se refere à avaliação geral dos profissionais quanto aos serviços prestados, 45,5% acreditam ser regular. A avaliação geral dos valores relativos ao trabalho mostrou que a estabilidade representa o fator de maior importância para os profissionais, apresentando maior média em relação aos demais (4,34). A Realização no trabalho vem em seguida, com média 4,19. Assim, pode-se inferir, de modo geral, que os enfermeiros sujeitos da pesquisa desempenham suas atividades com motivação, mesmo diante dos desafios relacionados às condições de trabalho. A categoria valoriza a segurança (estabilidade) obtida por meio do labor, o que possibilita a subsistência e a satisfação das necessidades pessoais de cada indivíduo. Os participantes também valorizam a independência de pensamento e ação no trabalho por meio da autonomia intelectual e da criativade.
Abstract: The conditions offered for work development in health setting, the professionals motivation and their interrelations have significantly impact on improving healthcare quality. Regarding this, this paper aimed at studying motivation for professional nurse workers who provide emergency fixed pre-hospital services in No Hospital Units to Emergencies in Goiania city. knowing this professional category profile, working conditions in fixed pre hospital emergency services and understand part of this particular motivational public can contribute to health municipal management in Goiania, by improving democratic management and pro-active in fixed pre-hospital emergency services and also suggests approaches to training and continuing education in these services. Thus, this research describes the working conditions in these units, on point of view of these professionals. This is an exploratory descriptive study with nurses from 11 fixed pre hospital care units of emergency in Goiânia city. It included 22 professionals, represented by two nurses from each unit. To collect the data, a structured questionnaire that had two instruments was presented to subjects’ research, Instrument 1: elaborated by the author, in order to characterize the professionals interviewed profile; Instrument 2: an instrument already validated by Porto and Tamayo (2003) and adapted by this research author. This instrument was made of two blocks: Block 1 working conditions evaluation and Block 2 work values evaluation. The results showed that most of the professional are women (95.5%) and 54.5% of respondents are married. It identified the links multiplicity among 63.6% of the nurses and the same percentage has specific qualification to perform the function. Regarding the working conditions offered by health facilities, the worst evaluation was equipment availability and supplies (62.1%), followed by the comfort offered to workers (52.3%). The best evaluation was work management and organization (28.7%). About the professionals and services provided general evaluation, 45.5% believe it is regular. The overall result on work values showed that stability is the most important factor for professionals, with higher average than all the others (4.34). The Fulfillment at Work comes next, averaging 4.19. Thus, it can be inferred, in general, that the subjects of the research nurses perform their activities with motivation, even in the face of the challenges related to working conditions. The category values safety (stability) obtained through labor, which allows the livelihoods and the satisfaction of personal needs of each. Participants also value the independence of thought and action in trabalhopor through intellectual autonomy and criativade.
Palavras-chave: Motivação
Urgência
Enfermagem
Motivation
Urgency
Nursing
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PRPG)
Citação: ROLDÃO, K. A. Motivação dos profissionais enfermeiros das unidades pré-hospitalares fixas de urgência do município de Goiânia, Goiás. 2014. 140 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5461
Data de defesa: 8-Dez-2014
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Saúde Coletiva (PRPG)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Karla Alves Roldão - 2014.pdf2,87 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons