Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5746
Tipo do documento: Tese
Título: Identidade haitiana na história, na literatura e em discursos midiáticos do Haiti, da República Dominicana e dos Estados Unidos (2004-2014)
Título(s) alternativo(s): Haitian identities in history, in literature and in media discourses of the Haiti, Dominican Republic and the United States (2004-2014)
Autor: Vasconcelos, Alex Donizete
Currículo Lattes do Autor: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4272904P3
Primeiro orientador: Carvalho, Eugênio Rezende de
Primeiro membro da banca: Carvalho, Eugênio Rezende de
Segundo membro da banca: Rosa, Renata de Melo
Terceiro membro da banca: Couto, Kátia Cilene do
Quarto membro da banca: Bittencourt, Libertad Borges
Quinto membro da banca: Scaramal, Eliesse
Resumo: Este trabalho de pesquisa foi dedicado, em linhas gerais, a estabelecer os contornos de dada identidade, ou, com mais acerto, de uma longa tradição de identidade, que, engendrada nos idos coloniais, caracterizada por um conteúdo predominantemente negativo e depreciativo do “ser haitiano”, estrutura-se e se estabelece ao longo da história do país, influenciando, ainda hoje, na conformação de suas identidades. Busca-se, portanto, perscrutar o processo de construção e atribuição dessas identidades por meio da produção e da disseminação de uma discursividade e de uma ideologia anti-haitianistas. Para tanto, procede-se a um ‘mapeamento’ discursivo/ideológico, procurando, por um lado, delinear os contornos dessa tradição de identidade haitiana na historiografia e na literatura dedicadas ao tema, e, por outro, perceber e identificar sua manifestação nos discursos midiáticos produzidos e disseminados por meio de jornais haitianos, dominicanos e estadunidenses, ao longo dos dez primeiros anos de intervenção da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH), ou seja, no período de 2004 a 2014. Nossas pesquisas evidenciaram, dessa forma – a partir de um mapeamento realizado na historiografia e na literatura afeta ao tema, produzida e reproduzida na longa duração –, a retomada e a apropriação dessa tradição – de seus estigmas, estereótipos e práticas – por parte dos discursos midiáticos contemporâneos que abordam a realidade histórica, social, cultural, política ou econômica do Haiti, bem como a influência dessa na conformação das identidades haitianas contemporâneas.
Abstract: This research was dedicated, in general terms, to establish the contours of certain identity, or, more precisely, of a long tradition of identity, that, engendered in the colonial period, characterized by a mainly negative and derogatory content of "being Haitian", that was structured and established throughout the country's history and, even today, influences in shaping the Haitians’ identities. Therefore, we look for scrutinizing the process of construction and assignment of such identities by means of the production and dissemination of an anti-Haitian discourse and ideology. For that, we carried out a discursive/ideological 'mapping' procedure, seeking, at first, to outline the contours of that Haitian identity tradition in its historiography and literature devoted to the theme, and secondly, to understand and to identify its manifestation in the media discourse produced and disseminated through the Haitian, Dominican and American newspapers, over the first ten years of the United Nations Mission for the Stabilization of Haiti (MINUSTAH) intervention, i.e., from 2004 to 2014. That way, our researches to showed, from a mapping process carried out in the nation´s historiography and literature linked to the subject, produced and reproduced in the long term - the recovery and appropriation of this tradition - their stigmas, stereotypes and practices – by the contemporary media discourse that addresses the historical, social, cultural, political or economic reality in Haiti, as well as the influence of that reality in shaping the contemporary Haitian identity.
Palavras-chave: Haiti
Identidades haitianas
Representações haitianas
Discursos midiáticos
Haitian identities
Haitian representations
Media discourse
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Historia (FH)
Citação: VASCONCELOS, Alex D. Identidade haitiana na história, na literatura e em discursos midiáticos do Haiti, da República Dominicana e dos Estados Unidos (2004-2014). 2016. 355 f. Tese (Doutorado em Historia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5746
Data de defesa: 8-Jul-2016
Aparece nas coleções:Doutorado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Alex Donizete Vasconcelos - 2016.pdf3,47 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons